RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 3 de fevereiro de 2013

LAVRENSE VENCE NA ESTREIA DO NOVO TÉCNICO


 AF Porto - 1ª Divisão Série 1 2012/13 | Jornada 20

Complexo Desportivo de Lavra

Árbitro- Sílvia Pereira

LAVRENSE 2 VILA CHÃ 0

Ao intervalo, 0-0, golos Káká e Tiago Carvalho

LAVRENSE: Telmo, Dany, Leandro, João Jesus, Tiago Pinto, Ricardo, Grilo. Couto, Nandinho, Amaral e Tiago Carvalho. Jogaram ainda; Joel, Cardoso, Kaká e Silva. Treinador Prof. Pacheco

Pairava no ar alguma curiosidade nas hostes lavrense, depois da semana conturbada que se viveu em Lavra, com o despedimento do treinador Eduardo Paixão, facto que não foi muito bem aceite no plantel lavrense.

A equipa entrou algo intranquila, e o futebol apresentado na I parte não foi de facto melhor, contando também, com um adversário que se revelou particularmente difícil de transpor.

Na segunda metade, o futebol apresentado melhorou bastante ( fez bem o intervalo) e a equipa Lavrense começa a aparecer com bastante perigo junto à área forasteira e, mais ou menos a meio da etapa complementar o Lavrense chega ao golo, através de Kaká, na sequência de um pontapé de canto. O golo da tranquilidade foi apontado pelos suspeito do costume (11 golos), pouco tempo depois, TIAGO CARVALHO, que finaliza com um remate acrobático, um cruzamento do central Jesus, depois foi um controlar das operações, até ao fim, revelando-se a equipa de Lavra um vencedor justo!

SCS HORA - A SOLUÇÃO ESTAVA NO BANCO


 AF Porto - 1ª Divisão Série 1 2012/13 | Jornada 20
Complexo Desportivo de Leça do Balio
Árbitro- Fábio Melo
SP PROGRESSO 0 SCS HORA 1
Ao intervalo, 0-0, golo João V Pinto (84)
SCS HORA: Tiago Oliveira, Joel, Ramalho, Tiago Costa e Figueiredo (Bruno Pereira), Kennedy, Marcos (Martins), Jordan, Gandarela (Rafael Rezende), Ivo e Cruz (João V. Pinto). Treinador Joca.
Jogo muito equilibrado no decorrer da I Parte, em que a fraca produtividade ofensiva de ambas as equipas, fez com que se chega-se ao intervalo como o resultado a zero.
Na II parte o equilibriu foi também a nota dominante, embora o SCS Hora, tivesse mais ascendente ofensivo, fez por merecer o golo do triunfo que aconteceu aos 86 minutos; Rafael Rezende com um passe soberbo, que define a categoria de um jogador (recorde-se que o brasileiro chegou esta semana do Brasil), isola Martins que na cara do guarda-redes, toca para o lado esquerdo onde vinha João Vieira Pinto (que acompanhou todo o movimento ofensivo), que encosta para o golo.
Vitória justa! Com uma boa arbitragem.

INFESTA CEDE EMPATE CASEIRO FRENTE AO FAFE


Infesta e Fafe, repetiram o resultado de 2009.

O Infesta empatou a uma bola com o Fafe, naquele que é o primeiro empate conquistado pelo Infesta nesta temporada. Pela primeira vez, desde o encontro da 12ª jornada, com o Vilaverdense, o Infesta apresentou-se com 18 elementos na ficha de jogo. José Manuel Ribeiro pôde assim mexer com a partida na segunda parte, quando o Infesta se encontrava a perder, empatou a partida e esteve mais perto da vitoria do que a equipa visitante.

INFESTA: Ricardo, Jorginho, Rui Jorge, Correia, Pedro Pereira, Dany (Pedro Nuno, 64'), João Reis, Vitinha I, Serge (Digas, 59'), Vitinha II (Bruno Pereira, 87') e Ricardinho.

A primeira parte desta partida, foi bem disputada mas sem grandes ocasiões de golo. Tanto o Infesta como o Fafe, encararam o jogo com cautelas, não dando espaços na defesa. Por isso, o primeiro sinal de algum perigo foi do Infesta aos 17 minutos, num remate de Ricardinho que saiu por cima. Aos 25 minutos, o Infesta esteve perto de chegar ao golo quando Correia cabeceia pouco por cima da baliza de Pedro Freitas, após canto batido por Vitinha I. O Fafe deu um ar da sua graça à passagem da meia hora, quando num cruzamento de Primo pela direita, João Carneiro isolado na esquerda atira para boa defesa de Ricardo. O Infesta era a equipa mais afoita e aos 35 minutos, o irrequieto Ricardinho aparece isolado pela direita e remata para defesa do guardião visitante para canto. Na resposta, Filipe ganha espaço à entrada da área do Infesta para o remate, mas sai muito por cima. Ainda antes do intervalo, um livre perigoso à entrada da área, descaído para a direita a favor do Fafe, causou calafrios ao Infesta quando Tiago André de primeira, atirou rente ao poste de Ricardo. Ao intervalo, o empate a zero ajustava-se.

Na segunda metade, o Infesta entrou determinado em procurar o golo e aos 51 minutos, uma boa finta de Serge pela direita, tira o defesa da frente, cruza rasteiro ao primeiro poste para Ricardinho que falha o remate, mas a bola ainda sobra para Vitinha II que incrivelmente, também falha o remate. Pouco depois e contra a corrente do jogo, o Fafe chega ao golo. Cruzamento da esquerda de Ferrinho à meia altura para a área e Filipe, aproveitando a desatenção dos centrais do Infesta, inaugurou o marcador de cabeça. Sem ter feito muito por isso, o Fafe chega à vantagem. O treinador do Infesta, pouco depois, fez entrar Digas que veio dar maior velocidade ao ataque. Digas que com apenas 4 minutos em campo, consegue arrancar uma grande penalidade a favor do Infesta, quando na luta com o defesa José Manuel, acaba por ser empurrado. Na transformação do castigo máximo, Vitinha I atira colocado para o empate, de nada valendo a estirada do guarda-redes Pedro Freitas que adivinhou o lado. Aos 73 minutos, uma boa jogada de ataque do Infesta, Pedro Nuno pela direita, deixa rasteiro para Vitinha I que com um toque, desmarca na esquerda Vitinha II e este, num remate em vólei, atira a rasar o poste da baliza da equipa do Fafe. Aos 88 minutos, Filipe ganha espaço à entrada da área do Infesta e à meia volta, atira por cima da baliza de Ricardo. A partida terminou, poucos minutos depois.

O empate acaba por se ajustar ao que se passou nos 90 minutos. O Infesta teve apenas uma desatenção que acabou por dar o golo do Fafe. O árbitro, Sr. António Moreira de Vila Real, esteve bem durante toda a partida. Com este empate, o Infesta beneficiou da derrota do Padroense no Estádio do Bessa, frente ao Boavista e subiu um lugar na tabela classificativa. Na próxima jornada, o Infesta desloca-se até ao terreno do Desportivo de Chaves.

in FC INFESTA

RESULTADOS DE 3 DE FEVEREIRO DE 2012


Equipas de Matosinhos

FREAMUNDE 0 LEIXÕES 2

Realizado a 31 de Janeiro

BOAVISTA 4 PADROENSE 0

INFESTA 1 AD FAFE 1

LEÇA 0 SERZEDELO 2

FC LIXA 2 PERAFITA 0

SP PROGRESSO 0 SCS HORA 1

CUSTÓIAS 0 VILA FC 2

VALADARES 4 LEÇA DO BALIO 4

LAVRENSE 2 VILA CHÃ 0

OS LUSITANOS 4 TORRÃO 1

ALDEIA NOVA 2 M GOMES DA COSTA 1

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC