RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

SLAGALO " Diogo Pedras vai ser melhor que o tio"

Srdjan Slagalo

"Quero dar os parabéns ao Leixões pois tem uma excelente equipa, mas estou orgulhoso dos meus jogadores. Foram fantásticos, pois não viemos aqui só para defender. Perdemos com um adversário de grande valor mas saímos de cabeça levantada. Tenho um grande respeito pelo Horácio, que foi meu treinador no Varzim. Agora temos de continuar a trabalhar e concentrarmo-nos no nosso campeonato."

Sobre o seu pupilo Diogo Pedras, Slagalo referiu " Sou amigo do Pedras jogador do Leixões, ele que me perdoe, mas o seu sobrinho vai ser melhor do que ele"

PAULO TAVARES ex leixonense QUER VENCER O LEIXÕES


O médio Paulo Tavares trocou este verão o Leixões pelo V. Setúbal, mas garante que não há espaço para sentimentalismos, por isso pretende nova vitória diante do emblema de Matosinhos e seguir em frente na Taça da Liga.

«O Leixões é um clube onde tenho muitos amigos, um clube que me diz muito, mas a minha vida agora passa pelo Vitória e tudo faremos para conquistar a vitória», vincou Paulo Tavares, abordando o encontro marcado para esta quarta-feira, pelas 18 horas.

Apesar da vitória no encontro da primeira mão (1-0), o médio não espera facilidades, não fosse bom conhecedor do adversário: «Espero um Leixões aguerrido, é uma equipa forte, com qualidades, e será um jogo tão complicado como foi na primeira mão.»

«O primeiro jogo serviu para ver as dificuldades que vamos passar e vencer será muito importante», concluiu.

fonte ABOLA

DIOGO PEDRAS EM ENTREVISTA AO site zerozero.pt


«Hoje de tarde fiz a minha estreia pelos seniores a jogar com a camisola 19, agora tenho de rapar o cabelo e ganhar massa para ser parecido com o meu tio Pedras». A frase é datada de 9 de setembro e está escrita no facebook de Diogo Pedras, jogador de 18 anos do Leça que este domingo teve um dia para mais tarde recordar.

O orgulho em Pedras, avançado do Leixões, ficou bem patente nas palavras escritas por Diogo mas o comentário do tio não se fez esperar. «Os meus parabéns primeiro pela entrada na faculdade, parabéns pela estreia pelos seniores do Leça e não quero que sejas igual a mim mas sim muito melhor. Só assim fico contente e orgulhoso», respondeu Pedras.

Pela cumplicidade demonstrada, uma semana depois, o dia 16 de setembro jamais será esquecido pelos dois. Ambos naturais de Matosinhos e com o número 19 nas costas, Pedras e Diogo Pedras foram adversários na Taça de Portugal, num duelo entre dois clubes vizinhos e que não se encontravam oficialmente desde a temporada de 1993/1994.

O Leixões ganhou ao Leça por 4x1 mas foi o clã Pedras que esteve em destaque na partida. Além do encontro entre tio e sobrinho, ambos marcaram. O avançado da equipa do Estádio do Mar faturou por duas ocasiões e Diogo Pedras apontou o tento de honra dos forasteiros.

Suplente utilizado, tendo entrado ao intervalo, Diogo seguiu os conselhos de Pedras, com quem falou antes do jogo. «A única coisa que falámos antes do jogo foi para eu ter calma e não entrar nervoso. Apesar de jogar contra o meu tio, não fiquei nervoso porque sabia que era apenas um adversário dentro do campo e sempre ouvi dizer: amigos amigos, negócios à parte», afirmou Diogo Pedras ao zerozero.pt, recordando o primeiro golo como sénior.

«Eu fiz uma desmarcação e o Bruno passou-me a bola. Corri para ela até à área do Leixões e rematei», comentou, revelando a sensação que viveu na tarde de domingo. «Foi uma sensação muito boa porque ainda sou júnior e sempre sonhei jogar no Estádio do Mar. Entrei para dentro do campo para tentar ajudar a virar o resultado (ao intervalo o Leixões vencia por 1x0) mas infelizmente não consegui».

Apesar do resultado negativo e da eliminação da Taça de Portugal, o dia será para mais tarde recordar. «Foi um dia absolutamente fantástico e que um dia mais tarde vou recordar com a família», afirmou, revelando que não houve troca de camisolas entre tio e sobrinho após os 90 minutos.
«Infelizmente não foi possível porque o Leça e o Leixões não têm mais camisolas de jogo. Caso contrário, claro que trocaríamos».

Fonte site zerozero.pt

fotos Duarte Rodrigues

PADROENSE ELIMINADO DA TAÇA DE PORTUGAL


2ª ELIMINATÓRIA DA TAÇA DE PORTUGAL
Estádio Marcolino de Castro – Santa Maria da Feira
O Padroense foi eliminado na segunda ronda da Taça de Portugal, pelo GD Feirense equipa que compete nas competições profissionais (II Liga)

No jogo do passado sábado, o Feirense, só precisou de 20 minutos para acabar com as pretensões dos BRAVOS DE MATOSINHOS, Pires aos 16`m e Jorge Gonçalves aos 20`minutos, foram os autores dos golos que valeram a eliminação da prova por parte do Padroense.



A jovem equipa matosinhense, apesar da eliminação da prova, deu boas indicações para enfrentar a dura época que tem pela frente, os comandados de Augusto Mata, em nada foram inferiores aos fogaçeiros, e chegaram mesmo a espaços, apresentar o melhor futebol, apoiado e de muita posse contrapondo com o futebol mais direto da equipa do Feirense.

PADROENSE FC alinhou com o seguinte onze: Marco, Paulinho, Armando, Vítor Lobo e Miguel; Nuno Paulo, Chico, João Amaral, Fangueiro Areias e Vinícius. Treinado Augusto Mata

fotos de Domingos Lobo

AF PORTO 1ª DIVISÃO SERIE 1 2012/2013 (Custóias e Leça do Balio empataram os seus jogos)


Estádio do Custóias FC
Árbitro, Sérgio Ferreira
CUSTÓIAS 1 BOUGADENSE 1
Ao intervalo, 0-1, marcadores, Tó Maia (43) Cláudio (70)

CUSTÓIAS: Luís, Pessoa (Caramalho), Cláudio, Nuno Santa Cruz, (Volodymyr), Medeiros, Filipe, Fábio (Estrela) e Bruno, João, Vasquinho e Ivo. Treinador Pedro Fonseca

DEU EMPATE O PRIMEIRO JOGO DO CUSTÓIAS
A equipa custóiense empatou ontem em casa frente ao AT. Bougadense a uma bola, esteve a perder ao intervalo, mas Cláudio repôs a igualdade quando ia decorrido o minuto 69`´Merecia mais a equipa do CUSTÓIAS FC.
________________________________________________

Complexo Desportivo de Labruge
Árbitro, Nuno Lopes
VILA CHÃ 1 D LEÇA DO BALIO 1
Ao intervalo, 1-1, marcadores, Vítor Carneiro (35) Mário Fernandes (38)

D LEÇA DO BALIO: Dinis, Carlitos (Ismael) Stam, Virgílio e Grilo (João); Cardoso (Tiago) Cris, Vítor Barros; Marco Pereira, Vítor Carneiro e Bessa. Treinador Paulão

Não vai ser fácil sair de Vila chã com pontos na algibeira, muito por culpa da aguerrida equipa anfitriã e também do campo pelado, que muito dificulta as equipas bem apetrechadas tecnicamente, como é o caso do Desportivo Leça do Balio
O Vila Chã, equipa recentemente promovida, entrou no melhor no jogo, fruto ainda da adaptação às condições do terreno por parte do Leça do Balio, mas aos poucos a mais valia técnica dos balienses, acabaram por se impor e chegaram mesmo a adiantar-se no marcador, de penalti que vítor Carneiro se encarregou de converter.

DEU EMPATE O DÉRBI DE MATOSINHOS (com video)


1ª DIVISÃO SERIE 1 A F PORTO 2012/2013
Complexo Desportivo SCS Hora- Matosinhos
Árbitro, Pedro Paula.
SCS HORA 0 UD LAVRENSE 0

SCS HORA: Tiago Oliveira, Tiago Costa, Ramalho, Bruno Silva e Bruno Pereira; Ribeiro, Jordan e Marco; Jeremias (Piasca depois Oleg), João Vieira Pinto (Cruz Ortega) e Ivo. Treinador Joca

UD LAVRENSE: Telmo, Dany, Filipe Sousa, Leandro Isac e Tiago Pinto; Wilson, Ricardo (Grilo) e Stephen (Cardoso), Gonçalo (Diego), Amaral (Jota) e Tiago Carvalho. Treinador Paixão

DEU EMPATE O DÉRBI DE MATOSINHOS

Num Derbi bastante emotivo e muito disputado, as melhores investidas atacantes esbarravam nos guarda-redes de ambas as equipas. Marco pelo lado dos senhorenses, teve a melhor chance de desfazer o nulo verificado, pelo lado dos visitantes, pertenceu a Jota a oportunidade mais flagrante de abrir o marcador. O Jogo acabou tal e qual como começou, 0-0, resultado que espelha bem o equilibriu ao longo dos 90`minutos.


PERAFITA ARRANCA PARA A NOVA ÉPOCA COM UM RESULTADO EXPRESSIVO


DIVISÃO DE HONRA DA AF PORTO 1ª JORNADA
Estádio do FC Perafita, em Matosinhos
Árbitro, Joaquim Pinto
PERAFITA 3 SCS RIO TINTO 0
Ao intervalo, 1-0, Marcadores, Lutchindo (35), Paulinho (60 gp), Cheta (80)



PERAFITA: Mata, Álvaro (Renato), Trajano, Tiago Madalena, Nuno Ribeiro (Sérgio Soberano); Carinhas, (Rafa), Viana, Hélder Silva, Paulinho (Joel), Cheta (Alex) e Lutchindo. Treinador António Gaiteiro.

FC PERAFITA ENTRA COM O PÉ DIREITO

A vítima foi o SC RIO TINTO, que ainda deu um ar da sua graça nos primeiros 20 minutos, mas o PERAFITA expressou a sua supremacia, com uma equipa muito experiente venceu o jogo sem margem para duvidas, por 3-0 com os golos perafitense a serem apontados por LUTCHINDO, o melhor em campo, PAULINHO este de penalti e CHETA

NOTA: De referir que entrou em vigor a nova regra para as substituições, a partir desta época desportiva serão permitidas 5 substituições. 2 Substituições na 1ª parte de cada jogo e as restantes na segunda metade.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC