RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 19 de setembro de 2010

PADORENSE NA PRÓXIMA RONDA DA TAÇA DE PORTUGAL

Estádio do Padroens FC, 2ª eliminatória da taça de Portugal.
Tarde de sol e muito calor em Padrão da légua-Matosinhos, o jogo foi-se desenrolando com muita "sorna" nos jogadores de ambas as equipas, motivado pelo forte calor que se fez sentir e sem saber muito como a equipa de Sousense adiantou-se no marcador logo aos 6m. A partir do golo a equipa do Sousense organizou-se muito bem defensivamente e partia para o conta ataque desinibido, incisivo tanto na direita como na esquerda criando algum perigo. A equipa do Padroense muito lenta e algo sonolenta mais parecia a equipa do escalão inferior. No segundo Tempo, Augusto Mata mexe no seu onze e faz entrar Orriça logo no inicio, mas viria a ser com a entrada de Bruno aos 60m que o cariz do jogo se transformou, a partir daí só deu Padroense, que tanto porfiou que consegui o tão almejado golo por Mariano através de uma grande penalidade indiscutível aos 69m. No prolongamento já com Rui em campo o Padroense foi dono e senhor do encontro, conseguindo o golo (que lhe dá direito à próxima ronda da Taça de Portugal)por Rui 104m, o jogo não acabou sem que o Arbitro tirasse do jogo Marcão por acumulação de amarelos( cartão vermelho) aos 115m. Um jogo que o Padroense entrou muito adormecido e que depois de acordar foi manifestamente superior ao seu adversário, tanto tempo a jogar futebol que não era necessário, é caso para se dizer: NÃO HAVIA NECESSIDADE...zzzzzzz.EQUIPA DO PADROENSE: Marco, Paulinho, Daniel, Armando e Lobo, André Simões, Alcino( Oriça 45m),Mariano, Marcão, Silva e Mário Costa( Bruno 60m)TREINADOR: Augusto Mata. Vitória do Padroense por duas bolas a uma após prolongamento.

RUI PADROENSE FC
Avançado de excelente qualidade
foi o autor do momento mais esperado
pelos adeptos do Padroense
o golo da vitória

1ª DIVISÃO DA AF PORTO UD LAVRENSE 0 LEÇA DO BALIO 0...VALEU SÃO DINÍS.


Complexo Desportivo De Lavra
Bancada bem composta de publico para assistir a um derbi Matosinhense para a 3ª jornada da A F Porto. O jogo começou em toada de parada e resposta mas aos poucos a equipa do Lavrense se assenhorou do mesmo, jogando sempre no meio campo ofensivo criando várias oportunidades para abrir o activo , desperdiçando mesmo uma grande penalidade aos 35m por Machado. A primeira parte foi com predominançia atacante do do Lavrense ao qual respondeu bem, com boa organização defensiva a equipa do Leça do Balio. Os primeiros 45m não acabaram sem que Rui Gomes Treinador do Leça do Balio fizesse duas substituições ambas por lesão. No segundo tempo, Miguel Martinho mexe no seu onze, fazendo entrar Laranjeira para o lugar de Vitor Carneiro(algo apagado),optando por um avançado mais fixo e forte no jogo aéreo. O jogo continuou com um só sentido( a baliza do Leça do Balio) com as oportunidades a surgirem com frequência junto á baliza do Leça do Balio, Machado e seus companheiros bem tentaram o golo mas não conseguiram, esbarravam sempre na defensiva baliense, com um guarda redes inspirado e intransponivel o Leça do Balio teve uma excelente oportunidade para marcar quando Hugo Almeida que jogou sózinho entre a defensiva Lavrense, atirou a trave num forte e colocado remate de fora da área aos 60m. Em suma resultado de 0-0 foi bastante positivo para o Leça do Balio, pois os seus objectivos fora conseguidos, para a equipa do Lavrense nem tanto assim pois é o segundo empate consecutivo em casa e começa a dar ares de preocupaçaõ, pois um candidato têm de arrepiar caminho na conquista dos pontos que são preciosos na contagem final deste campeonato. AS EQUIPAS, UD LAVRENSE: Bruno Beleza, Filipe Sousa, Renato( Marco 67m), Nuno Ribeiro, Postiga( Ribeiro 78m), Artur, Machado, Tiago Pulga, Vitor Carneiro( Laranjeira 46),Álvaro e Pisco. TREINADOR: Miguel Martinho. LEÇA DO BALIO: Dinis, Nunes, Saraiva, Virgilio Moreiras, Barros( Grilo 41m), Magalhaes, Ismael( César 44m), André, Cristiano( Flávio 89m) e Hugo Almeida. TREINADOR: Rui Gomes. Uma palavra para a equipa de Arbitragem com duas senhoras, simplesmente impecável, Ana Aguiar chefe de equipa, mostrou que sabe do que faz.

MACHADO UD LAVRENSE
foi a figura do jogo, pois
apesar de desperdiçar uma
grande penalidade, nunca
se deu por vencido e foi
dos que mais remou contra a maré.


DINÍS LEÇA DO BALIO
ao contrário do seu colega de posição
(Beleza pois foi mero espectador) Dinís
cotou-se com uma grande exibição, felino
e concentrado foi evitando que o Lavrense
se adianta-se no marcador

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC