RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

LEÇA LUTA DESESPERADO NA FUGA À DESPROMOÇÃO


III DIVISÃO SERIE B- 16ª JORNADA
Estádio do Sta Eulália- Vizela
Árbitro, Roberto Rebelo (Madeira)
STA EULÁLIA 1 LEÇA FC 0
Ao intervalo, 0-0, golos Filipe Magalhães (68`)
 
LEÇA FC: Castro, César (João Pires), Cláudio, Serginho e Ruca; João M. Santos, Mário e Domingos, Rafa (Pilé), Pisco (Telmo) e Pedras. Treinador Vítor Leal.
 
Um golo a meio do segundo tempo, bastou para que os leceiros averbassem a sua 9ª derrota na prova, continuando assim a luta desenfreada na fuga á despromoção Num jogo com pouca história, jogado muito sobre o meio do campo, em que as oportunidades escassearam, sendo os visitados mais felizes e eficazes na finalização.
 
Próxima jornada os leceiros recebem no seu estádio o Serzedelo.

TRIUNFO TRANQUILO DOS PERAFITENSES QUE PERSEGUEM A LIDERANÇA

Divisão de Honra da AF Porto- 19ª jornada
Estádio do FC Perafita- Matosinhos
Árbitro, Nuno Lopes
PERAFITA 2 VALONGUENSE
0 Ao intervalo, 1-0, golos Cheta (17`) e Viana (65`)
 
PERAFITA: Mata, Magalhães, Madalena, Raimundo e Nuno Ribeiro, Hélder, Viana (Rafa) e Tinaia, Paulinho, Cheta (Sérgio Soberano) e Lutchindo (João Rodrigues). Treinador António Gaiteiro
 
VALONGUENSE: Menezes, Ferreira, José, Tiago, Santos, Igor, Queirós e Pereira, Silva (Rodrigues) Luís Gonçalves (Ferreira) e Litos. Treinador José Cunha.
 
O Perafita voltou às vitórias diante do Valonguense (2-0), mantendo assim a diferença de quatro pontos que o separa do líder Lixa. Com dois golos, um em cada parte, a equipa matosinhense deu expressão ao futebol mais prático frente a um opositor que lutou muito, mas pecou pelo jogo algo embrulhado e pouco objetivo ao nível da finalização. Para tal, muito também terá contribuído o golo madrugador do Perafita, que ao minuto 17 se colocou em vantagem sobre o Valonguense. Um desvio oportuno de Cheta, à boca da baliza, deu o melhor caminho ao livre apontado pelo capitão Paulinho, no lado direito do ataque da equipa da casa. Pouco antes do intervalo, o mesmo Cheta poderia ter ampliado a vantagem – cabeceou ao lado da baliza, na sequência de um canto. Na segunda parte, foi só aos 65 minutos que equipa de António Gaiteiro deu maior expressão à sua reconhecida superioridade, Viana aproveitou uma defesa incompleta do guarda-redes valonguense a um primeiro remate de Lutchindo e atirou vitoriosamente para o fundo da baliza desguarnecida. A equipa de Valongo ainda procurou reduzir a desvantagem no marcador. Primeiro Queirós, com um tiro frontal, e pouco depois Amaro, quando foi servido na marca de grande penalidade. Ambos falharam na pontaria.

vai jogar na próxima jornada na casa do comandante Lixa

Fonte Correio da Manhã

PADROENSE MARCA PASSO.

ESTREIA DE DUDU FOI INSUFICIENTE
II Divisão, Zona Norte- 17ª Jornada
Estádio do Padroense FC- Padrão da Légua- Matosinhos
Árbitro Sílvio Gouveia (Bragança)
PADROENSE 0 AMARANTE 2
Ao intervalo, 0-1, Golos: Gil (aos 23′ e 54′)
 
 
PADROENSE: Marco, Paulinho, Vítor Lobo, Ricardo e Miguel; Manel Cordeiro, Chico, Davi (Nuno Paulo 81`), Gazela, Fabú (Mário Costa 74) e João Amaral (Dudu 52`). Treinador Augusto Mata
 
AMARANTE FC: Sérgio, Tiago Silva, César, Carlos Castro, Bispo, Vítor Borges (André Campos, aos 82′), André Marqueiro, Landinho, Joel (Nuno Cerqueira, aos 84′), Gil (João Paulo, aos 71′), Vítor Hugo. Treinador Adalberto Ribeiro
 
 
O Padroense F.C. organizou, ontem pela primeira vez, um jogo do Campeonato Nacional da 2ª Divisão, em Futebol Sénior, sem policiamento, recorrendo como a lei prevê, a segurança própria. As equipas sentiram bastantes dificuldades para se adaptarem a um terreno muito pesado. Mesmo assim foi a equipa forasteira que melhor se adaptou, dominando praticamente durante 70 minutos de jogo, período em que marcaram por duas vezes e pelo mesmo jogador, Gil marcou aos 23 e 53`minutos. A partir deste momento e com uma desvantagem bem acentuada, a equipa de Matosinhos, já com DUDO em campo, tentou amenizar os estragos, criando bastante perigo junto à baliza amarantina, mas sem resultados práticos. Com este resultado os Bravos de Matosinhos, não conseguem livrar-se dos lugares muito próximos de descida, o que começa a ser bastante preocupante para as bandas do Padrão da Légua.
 
Na próxima jornada o Padroense visita o Boavista FC, no Bessa XI.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC