RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 18 de março de 2013

SENHORENSES NÃO DESAFINAM FORA DE CASA


AF Porto - 1ª Divisão Série 1 2012/13 | Jornada 26
Complexo Desportivo de S. Félix da Marinha- Gaia
S. FÉLIX 1 SENHORA DA HORA 2
Ao intervalo, 0-0, marcadores, Jordan (53`), Almeida (74`) e Martins (82`)
 
SSC HORA alinhou da seguinte forma; Cândido, Bruno Silva, Ramalho, Tiago Costa e Figueiredo; Joel, Jordan, Marcos (Oleh 75); Gandarela (Martins 79`), Andrade (Freire 46`) e Ivo. Treinador Jorge Marinho (Joca)
 
Jogo que se previa de grande dificuldade para turma senhorense, o adversário era nada mais nada menos de que o 2º classificado da prova e jogava no seu reduto, mas a equipa orienta por Joca, fez jus, à quase imaculada prestação fora de portas, neste campeonato. O jogo foi muito disputado no meio campo, sem grandes lances de perigo junto a uma e outra baliza, na primeira parte, pertenceu aos senhorenses a melhor oportunidade de golo, quando Gandarela em boa posição desperdiça a possibilidade de abrir o marcador.
 Na segunda metade, o cariz do jogo não se alterou, e de um lance de bola parada, os senhorenses chegam ao golo aos 53`minutos por Jordan, remate a trinta metros da baliza que se anichou nas redes do S. Félix. A Turma da casa responde com o empate volvidos 20`minutos. Para Martins selar a vitória senhorense, praticamente no primeiro toque que dá no esférico, Martins tinha substituído, 3`minutos antes Gandarela que saiu lesionado.
Excelente vitória do SCS Hora, que só não vai mais a cima na tabela classificativa, porque foi espoliada de pelo menos 6 pontos, por erros involuntários das equipas de arbitragem, principalmente nos jogos disputados em casa. Há que dar o mérito à equipa técnica liderada por Joca, tendo como seu adjunto Pedro Vinhas, que com poucos recursos e com uma equipa bastante jovem, oriunda da formação senhorense, e com a experiencia acrescentada por jogadores como Kennedy, Gandarela e Joel, conseguir criar um equipa coesa, unida e de qualidade acrescida.

PADROENSE VENCE CANDIDATO E SONHA COM A MANUTENÇÃO


II Divisão Zona Norte 2012/13 | Jornada 24
Estádio do Padroense FC
Árbitro – Hélder Malheiro
PADROENSE 1 CHAVES 0
Ao intervalo, 1-0, Marcador Fabú (21`)
 
PADROENSE: Marco, Armando, Vítor lobo, Nuno Paulo, Miguel, Chico (Cordeiro), João Amaral, Areias, Fabú (Vinicius), Dudu (Gazela) e Tiago Pereira. Treinador José Ferreirinha.
 
CHAVES: Paulo Ribeiro, Sagna (Ricardo Teixeira), Ricardo Chaves, Edu (Di Paula), João Fernandes (Nuninho), Eder, Kuca, Magalhães, clayton, Álvaro e Ricardo Rocha. Treinador João Pinto.
 
 
A equipa flaviense, até entrou melhor na partida, após um domínio que durou pouco tempo, a equipa do Chaves, viu a turma de Matosinhos equilibrar a contenda e num lance rápido (saída para o ataque) Fabú aproveitou da melhor forma um alívio deficiente da formação flaviense e marcou inaugurando o marcador. A equipa melhor classificada e candidata à subida, não deu tréguas e procurou empatar a partida, criando mesmo um boa oportunidade, quando Álvaro atira ao poste.
 
 
No segundo tempo a cariz do jogo não se alterou, ambas as equipas de uma forma aguerrida lutaram pelos três pontos em disputa, criando lances alternadamente sucessivos para alvejar as balizas, mas pertenceu ao Padroense a melhor oportunidade quando Tiago Pereira, aos 65`minutos, numa rápida desmarcação teve tudo para ampliara a vantagem.
Vitória justa dos matosinhenses, que denotam melhorias de produção no seu futebol, sob o comando técnico de José Ferreirinha. Com esta vitória os Bravos de Matosinhos, deixam o último lugar da tabela, trocando de posição com o vizinho Infesta. Na próxima jornada p Padroense vai até Mirandela para defrontar o líder da competição.
 
Fotos Domingos Lobo

JOGADORES DOS LUSITANOS AGREDIDOS (jogo interrompido aos 70`minutos)



Na tarde de domingo decorreu o jogo entre o segundo e terceiro classificado, S.C.Campo e o Lusitanos F.C. O jogo que se adivinhava por si só complicado para as duas formações, começou com ambas as equipas a estudarem-se mutuamente, no entanto sinal mais da equipa da casa nos primeiros dez minutos. O jogo bastante agressivo dos das da casa levaram a que o ambiente aquecesse, no entanto nada fazia prever que o primeiro a ceder à pressão fosse o que equipava de azul que num lance rápido, marca grande penalidade a favor dos da casa. Lance inacreditável por várias razões, primeiro porque não existe falta (jogador da formação da casa já corria para a defesa a pensar que tinha sido falta atacante), segundo ao marcar alguma infracção teria que ser fora da área e nunca dentro. Campo via-se na frente do marcador sem fazer muito para tal. A equipa do Lusitanos uniu-se e partiu para cima da equipa adversária e foi aí que as coisas começaram a ficar feias, os jogadores do Campo só paravam os nossos jogadores com faltas duras, agressões, e ameaças, no entanto nada fez parar o ímpeto atacante. Ao intervalo, mais que um resultado injusto, era um resultado enganador.
 
A segunda parte só deu Lusitanos, que encostou a equipa do Campo às redes, não conseguindo sair praticamente do seu meio campo, até que ao minuto 70 acaba o futebol e começa uma batalha campal. Livre a favor do Lusitanos, em que os jogadores contrários impedem a marcação da mesma ao pegar na bola com a mão, de imediato o nosso atleta tenta tirar a bola e é agredido pelo adversário. Os da casa partiram para cima dos jogadores do Lusitanos que se defenderam, no entanto os adeptos do Campo entram em campo para tentar agredir jogadores e técnicos da equipa de Santa Cruz. Com mais pessoas dento do campo do que fora dele, o árbitro deu por terminado o jogo, recolhendo ao balneário e não mais saindo dele. Não podemos deixar passar a fraca atitude por parte do treinador dos da casa, que além de ser uma pessoa de baixo nível, foi quem mais incentivou a que a batalha campal acontecesse, sendo também o primeiro a despir a camisola para fugir, com medo de ser reconhecido no meio da multidão, acto que até os próprios dirigentes do clube reprovaram.
 
 A nossa equipa jogou enquanto foi possível com o seguinte onze: ZÉ, FILIPE, GUERRA (CAP), TEIXEIRA E TARRELO, EDU, RICARDINHO, MENESES, R. SILVA, SUIÇO E PAULO. Treinador Albino Guerra

In BLOG DOS LUSITANOS

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC