RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

SEABRA FOI O HERÓI QUE SURPREENDEU O BALIO

 
1ª DIVISÃO SERIE 1 A F PORTO, JORNADA 21 
 Complexo Desportivo de Leça do Balio, em Matosinhos. 
 Arbitro: Nelson Pascoal. 
 Vermelho: Duarte (23). 
LEÇA DO BALIO 0 SPORTING S VÍTOR 1 
Ao intervalo: 0-0. Marcadores: Filipe(68). 

LEÇA DO BALIO: Miguel Mota; Carlitos (Braga, 58), Duarte, Cardigos e João Pinto; Guil, Quaresma (Grade, 71), Gonçalo (Félix, 71) e Pedro Gomes; Rafa e Hugo. Treinador: Mário Heitor. 

SP S VÍTOR: Seabra; Rola, Futi, Avelino e Cristiano (Tiago Monteiro, 71); Coelho, Nando (João Nogueira, 62) e Berto; João Fonseca, Caracol e Serginho (Filipe, 62). Treinador: João Coelho. 

 

Surpresa no Complexo do Desportivo Leça do Balio com o líder a perder em casa com o S. Vítor que luta desesperadamente por pontos para fugir aos últimos lugares. A equipa visitante apresentou-se em Leça do Balio, utilizando um sistema ultradefensivo, de futebol de retranca, que se traduz em meter o autocarro à frente da baliza. A estratégia visitante resultou, porque os comandados de Mário Heitor sentiram dificuldades para penetrar no último reduto adversário. Para complicar mais a tarefa aos Balienses aos 23 minutos Duarte foi mal expulso por acumulação de amarelos. Mesmo a jogar com dez elementos o líder do campeonato teve sempre mais bola mas sem criar perigo verdadeiro junto da baliza visitante.

   

No segundo tempo a história do jogo manteve-se entrando o Leça do Balio, mesmo em inferioridade numérica, determinado em chegar à vantagem no marcador, mas aos 68 minutos o golo do entrado Filipe do S. Vítor foi uma machadada nas aspirações Balienses. Os da casa arriscaram tudo no ataque, mas foram esbarrando na organizada muralha defensiva dos portuenses. Aos 94 minutos, já nos descontos Braga que esteve em bom plano, é derrubado claramente na área e na marcação da grande penalidade Rafa permitiu a defesa do guarda redes visitante que se tornou no herói da partida. Resultado injusto para os comandados do técnico Mário Heitor, que apesar da derrota continua no primeiro posto da classificação com mais 5 pontos que o segundo classificado estando a fazer uma época notável. Na próxima jornada os Balienses deslocam-se a Custoias num jogo que se prevê bastante emotivo pela rivalidade existente entre as duas freguesias vizinhas.

EM LAVRA HÁ UM CANDIDATO!

Dani fez o único golo da partida 

AF Porto Divisão Honra-Jornada 21 
Complexo Desportivo de Lavra 
Árbitro Armando Mendes
Cartão Vermelho a Zé Ferreira (90) 
UD LAVRENSE 1 SC CANIDELO 0 
Ao intervalo, 1-0 golo Dani (35) 

UD LAVRENSE: Bruno Monteiro, Fradinho, João Campos, Palheira, Nuno Costa, Gonçalo (João Luís 68/Amílcar 87), André Grilo, Tiago Carvalho, Dani, Postiga (Kaká 62) e Abílio. Treinador Leandro Cunha. 

SC CANIDELO: Lima, Rui Sousa, Hélder, Amaral (Fábio 85), Ivo (Joel 46), Medeiros, Gustavo (Cardoso 78), Nuno Sousa (Rui Gomes 46) Zé Ferreira, Luís e Azevedo. Treinador Ricardo Jorge. 

Melhor na primeira parte a equipa Lavrense dominou em todos os capítulos do jogo, desperdiçando soberanas oportunidades de marcar, Fradinho e Dani estiveram em destaque neste particular. Mas ao 35 minutos Dani redimiu-se e conseguiu bater o guarda redes Lima com o pleno de oportunidade. 

Na etapa complementar os gaienses equilibraram a partida, com tudo não criaram grande sobressaltos ao último reduto Lavrense, excelentemente comandado pelo seu guarda redes Bruno monteiro. 

Com esta vitória a equipa matosinhense posiciona-se no 3º posto, a apenas três pontos do 2º Gondim-Maia, último lugar de acesso à Divisão d´Elite. A verdade é que a equipa orientada por Leandro Cunha, tem vindo a fazer um campeonato de trás para frente e paulatinamente tem vindo a aproximar-se dos lugares cimeiros, passando a ser muito justamente um sério candidato.

PADROENSE COM DEZ CEDE NOS DESCONTOS

AF Porto Divisão de Elite - Jornada 25 
Estádio do Azevido – Rebordosa Paredes Árbitro: João Gonçalves 
REBORDOSA 2 PADROENSE 0 
Ao intervalo, 0-0, Marcadores Ricardo Teixeira (90, e 90+7) 

REBORDOSA: Vasco Viana, Rui Alves, Ramalho, Dani (Raul Leão 46 ) Paulo Monteiro, Bruno Amaro(Oliveira 46) João Dias (Raji 80) Hélder, Bruno Almeida, Silvério e Ricardo Teixeira. Treinador Calica. 

PADROENSE: Matos, Pedro, Pereira, Miranda, Rui Carvalho (Jonas 86), Káká (Chico 79) Renato (Simão 46), André, Paulinho e Taipa. Treinador Augusto Mata. 

Num jogo bastante equilibrado, com oportunidades repartidas por ambos os conjuntos, foi preciso esperar 90 minutos para se encontrar o vencedor do encontro. 
Uma grande penalidade que deixou bastantes duvidas, em cima do minuto 90, valeu o primeiro golo do encontro e consequente expulsão do jovem guarda redes Matos. Tendo esgotadas as substituições, o técnico Augusto Mata teve de recorrer a um jogador de campo, e foi já com Pereira defesa central do Padroense, na baliza que a equipa de Matosinhos sofreu o 1º e 2º golo, marcado aos 90+7 outra vez por Ricardo Teixeira (Camião) que outrora vestiu as cores do Leça FC.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC