RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

EM DIA DE CARNAVAL- OS LUSITANOS VENCE FORA

AF Porto - 2ª Divisão Série 1 2011/12 Jornada 23
Complexo Desportivo Montes da Costa - Ermesinde – Valongo
FORMIGA 0 OS LUSITANOS 1
GOLO de Nuno silva, na segunda parte do encontro.

LUSITANOS com dez elementos, durante, quase toda a segunda parte, vence na Formiga por uma bola a zero, com golo de Nuno Silva. ALBINO GUERRA, desde que assumiu o comando técnico da equipa de Santa Cruz do Bispo, ainda não perdeu, e está numa sequencia de jogos muito positivos, em seis jogos realizados, três vitórias e três empates.

O Lusitanos jogou com Rui Sergio na Baliza, Sergio Coelho, Sergio Guerra, Sergio Teixeira e Xuxa na defesa, um meio campo com Carveli (expulso) Ricardinho, Meneses, Fabio e Ricardo Sousa e na frente Paulo.
Substituicoes, Miguel por Fabio, Nuno por Ricardo Sousa e Kiko por Ricardinho

Os Lusitanos mantêm o quinto posto na tabela com 36 pontos.

SEMPRE QUE DIEGO MOURÃO MARCA, LEIXÕES VENCE !

Diego Mourão como talismã

Diego Mourão apontou o quarto golo da temporada e sempre que marca o Leixões vence. O brasileiro assinou o tento da vitória em Moreira de Cónegos e já o tinha feito com Arouca e Aljustrelense, para a Taça Fez também o gosto ao pé em Oliveira de Azeméis, aqui para o campeonato.

O JOGO

PERAFITA PASSEIA CLASSE NO DERBI (é mais primeiro!)


Estádio do FC Perafita
Árbitro Rui Folha Oliveira
PERAFITA 4 LAVRENSE 0
Ao intervalo, 2-0, marcadores, Cheta (8), Tinaia (40), Ivo (70) e Seninho( 88)

PEERAFITA: Artur, Marco, Trajano, Hélder Maia e Alex; Marco Moreira (Carinhas), soberano e Tinaia (Ivo), Cheta (Seninho), Paulinho eÁlvaro. Treinador António Gaiteiro

LAVRENSE: Miguel Mota, Daniel, Filipe Sousa, Ribeiro (Ivo), Grilo II, Wilson, Grilo I Pedrinho, Tiago (Paulo) Quim Ferreira (Hugo Almeida)e José. Treinador Hugo Reis

Com o inicio da partida logo se verificou que o jogo iria ser muito difícil para os visitantes, pois os visitados entraram a mandar no encontro e a construir jogadas de perigo, que esbarravam na defensiva do Lavrense. Contudo aos 8 minutos, numa insistência da defesa do FC Perafita, a bola é colocada de novo na área dos visitantes, onde Trajano com um desvio, assiste Cheta, que remata com o pé esquerdo sem a qualquer hipótese para o guarda redes visitante. O caudal ofensivo dos locais era avassalador, ora em transições ofensivas muito rápidas, ora em trocas de bola sucessivas que acabavam sempre por descompensar o meio campo e defesa dos visitantes.Os locais comandavam o encontro a seu belo prazer, sempre na busca do golo que pudesse dar o descanso. Antes do apito para o intervalo, Dany vê o segundo amarelo provocando a expulsão do jogador do Lavrense, de seguida o árbitro apita para intervalo.


Com o reatar do encontro viu-se mais do mesmo, um FC Perafita a construir lances de golo, e logo aos 47 minutos, após jogada de insistência pela esquerda, Álvaro cruza para o centro da área, onde Tinaia desfere um primeiro remate que sobra para Paulinho, que de primeira assiste o mesmo Tinaia, este, já junto da linha de fundo dribla um adversário e já com o guarda redes a cobrir o angulo endossa o esférico para Hélder Maia, que se limita a encostar num golo muito bem trabalhado. O desejado golo do descanso aconteceu muito cedo, o Lavrense, que pouco ou nada tinha feito até ao momento pareceu entregar a partida, no entanto o FC Perafita continuou a praticar o seu futebol característico e as jogadas de perigo continuaram a suceder-se na baliza do Lavrense, à passagem dos 75 minutos, num lançamento lateral do lado esquerdo, efectuado por Alex, que coloca a bola perto da linha da pequena área, onde Cheta penteia para o coração da área, onde surge Paulinho a amortecer para o remate acrobático por parte de Ivo. Estava definitivamente encontrado o vencedor, diga-se a única equipa que procurou vencer o encontro, já com muitas mexidas nos onzes, fruto das necessidades da partida, uma coisa era certa, somente o FC Perafita jogava e procurava, aqui e ali ampliar a vantagem, o que veio a acontecer por intermédio de Seninho, recém entrado, á passagem dos 83 minutos, em mais uma jogada de insistência do ataque do FC Perafita, a bola é disputada por Seninho, este consegue driblar um adversário e com o guarda redes pela frente, na tentativa de fechar o angulo, desvia magistralmente para um golo de belo efeito.
A equipa de arbitragem realizou uma boa exibição.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC