RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 27 de outubro de 2013

LEÇA EXIGE E MERECE MAIS RESPEITO


Leça Futebol Clube = a 100 anos de história

7ª Jornada - AF Porto Divisão de Elite - Pro-nacional 2013/14 
Estádio do Leça Futebol Clube Árbitro – João Martins 
Ao intervalo, 0-0, golo leceiro Mitchel Adzic 

 LEÇA: Marco, César, Cuca, Meneses, Cláudio, João Miguel, Miguel Pinto (Wendell), Kazeem (Bruno Freitas), Mimba, Hélder Borges e Michell (Ruca). Treinador Vítor Leal 

 Primeira parte em que o Leça entra muito bem e, com naturalidade, chega à vantagem através de uma ótima jogada bem concluída por Michell. Após o golo, a equipa do Leça baixou as linhas e deu o controlo do jogo ao Vila Meã. O maior caudal ofensivo do Vila Meã não lhe trouxe oportunidades de golo, apenas alguns cantos e livres laterais. Nos últimos minutos da primeira parte, num dos cantos, o Vila Meã acaba por chegar ao empate. 

 Na segunda parte, logo nos primeiros segundos, o Helder Borges é expulso com segundo amarelo por, supostamente, ter simulado uma falta num lance em que é claramente derrubado por um defesa contrário. O Leça ficou com 10 jogadores mas continuou a disputar o jogo pelo jogo só que, passados alguns minutos, o trio de arbitragem voltou e entrar em cena. Num lance em que estão dois jogadores claramente em fora de jogo, o Vila Meã chega ao segundo golo. Passados poucos minutos, numa falta normalíssima o Cláudio é expulso e a equipa leceira fica a jogar com 9 elementos. Ainda assim, os jogadores foram fantásticos e de uma entrega total. Lutaram até ao final do jogo e poderiam ter chegado ao empate. Um jogo onde tudo o que há de feio no futebol veio ao de cima e onde, claramente, não deixaram o Leça disputar o jogo com as mesmas armas do adversário.

SENHORA DA HORA PERDE EM RIO TINTO

 
AF Porto - 1ª Divisão Série 1 2013/14 Jornada 5 
Campo do Clube Atlético Rio Tinto 
Árbitro – Mónica Melo 
AT. RIO TINTO 2 SENHORA DA HORA 0 
Ao intervalo, 0-0, marcadores Teixeira (53 gp) e Hugo (79) 

 AT. RIO TINTO: Micael, Pedro Costa, Costa, Tiago Peixoto, Emanuel, Teixeira (Paulo Almeida 85), Hugo, Fábinho, Gil (Tiago Pinto 85), Simão (Tiago Bessa 64) e Alex (Diogo 68) 

 SENHORA DA HORA: Dinis, Fábinho, Virgílio, Bruno, André; Isaías, Dias (Gandarela 60), Nando (Piasca 68), Bessa, Serrão (Joãozinho 68) e Renan. Treinador Nuno Gonçalves  

Jogo em que na primeira parte a equipa senhorense foi mais equipa que o adversário, mais ofensivo e com boas oportunidades de marcar, 1º por Serrão que completamente isolado pela direita, já dento da área desperdiça acertando nas orelhas da bola, e depois Bessa que aparece na cara do guarda-redes permite que este defenda com mestria. No segundo tempo, a equipa senhorense caiu a pique, depois do golo sofrido aos 53 minutos, nunca mais se encontrou, praticando um futebol desgarrado e deserto de ideias, que culminou com o segundo golo caseiro, nos últimos minutos a equipa do Senhora da Hora, ainda esboçou uma reacção positiva na procura de amenizar os estragos. Arbitragem (Trio feminino) bem conduzida por Mónica Melo

O SC Senhora da Hora, volta a jogar na próxima quarta-feira, os 20 minutos que faltam frente ao Canelas- Gaia, para a Taça Brali. Recorde-se que este jogo foi interrompido aos 70`quando o resultado se encontrava em 3-1 para os senhorenses 

CUSTÓIAS NÃO ENCONTRA O CAMINHO DAS VITÓRIAS


 AF Porto - 1ª Divisão Série 1 2013/14 Jornada 5 
Estádio Custóias Futebol Clube 
Árbitro – Sérgio Ferreira.
CUSTÓIAS 0 ARCOZELO 0

CUSTÓIAS: Márcio, Danny, Manu, Flávio, Rochinha Mazola, Dias (Ricardo 40"), Estrela (Oliveira 68") Santa Cruz, Ferrer e Alan (Heldinho 68") 

 Jogo, que no computo geral foi equilibrado, com tudo foi a equipa do Custóias que mais perto esteve de vencer o jogo, pois foi quem mais procurou o golo. Nota negativa a lesão de João Dias médio do Custóias aos 40 minutos Arbitragem actuou em bom plano

 Próxima jornada, segue-se a deslocação à Senhora da Hora, para a realização do derbi…

INFESTA EMPATA EM CASA FRENTE AO ALIADOS

7ª Jornada - AF Porto Divisão de Elite - Pro-nacional 2013/14 
Parque de Jogos Manuel Ramos 
INFESTA 1 ALIADOS LORDELO 1 
Ao intervalo, 1-0, marcadores Maia (27) João Lindo 

 A equipa do Infesta empatou a uma bola esta tarde de domingo, com a equipa do Aliados de Lordelo. Um empate a uma bola que acaba por ser penalizador para o Infesta pois foi mais equipa que o visitante. 

INFESTA: Zé Pedro, Rui Pedro (Guido Simões 55) Jorginho, Pedro Martins e Galego (Pedro Oliveira 72); Amaral, João (João Rodrigues 55) e Vitinha; Nuno Barbosa, Maia (Sousa 55)e Rivaldo (Kájá 72). Treinador António Fromoso 

 O Infesta entrou bem na partida, logo aos 3 minutos, Maia ganha a bola a um defesa mas perante o guarda-redes César, atirou contra o mesmo. Aos 11 minutos, Rivaldo dentro da área, ganha espaço para um remate que saiu muito por cima. Aos 27 minutos, o Infesta chega ao golo, canto da direita de Vitinha e Maia num pontapé acrobático, faz a bola entrar na baliza do Aliados de Lordelo. O Infesta estava melhor que o seu adversário que ao ver-se em desvantagem, aos poucos começou a cercar a baliza do Infesta com mais perigo. Aos 37 minutos, boa jogada de entendimento entre Chiquinho e Piquet, com este último a rematar com perigo ao lado da baliza de Zé Pedro. 

 Na segunda parte, o Infesta baixou um pouco o ritmo, mas o Aliados só de bola parada é que criava perigo. Aos 49 minutos, Chiquinho bate um livre da esquerda para a área onde surge Pedro Silva que de cabeça atirou ao lado. O jogo entrou numa toada morna e só aos 76 minutos é que ocorreu nova oportunidade quando surge um cruzamento da direita e Piquet atira de cabeça à figura do guarda-redes do Infesta, Zé Pedro. O Infesta na jogada seguinte quase chega ao golo num contra-ataque rápido onde Sousa pela direita, ganha em velocidade a um defesa, cruza rasteiro para a zona central, a bola ressalta num defesa, fica à mercê novamente de Sousa que deixa para Vitinha que remata mas por cima da baliza do Aliados. Pouco depois, o Aliados de Lordelo chega ao empate. Num livre inexistente assinalado pela direita, João Lindo cruza para a área e a bola acaba por entrar directamente, junto ao ângulo superior direito da baliza de Zé Pedro. 

Com este empate, o Infesta soma mais um ponto, indo já na terceira partida consecutiva sem perder. Quanto ao árbitro da partida, o mesmo esteve bem, mas foi muito mal auxiliado principalmente pelo árbitro assistente do lado da bancada que assinalou alguns fora-de-jogo mal assinalados em prejuízo do Infesta. Na próxima jornada, o Infesta desloca-se ao terreno do Pedras Rubras. FC INFESTA

RUI COENTRÃO GARANTE TRÊS PONTOS

 
 12.ª jornada da Liga Cabovisão 
 Jogo no Estádio da Tapadinha, em Lisboa. 
 Árbitro: Paulo Baptista (Portalegre). 
ATLÉTICO 0 LEIXÕES 1 Ao intervalo: 0-0. Marcadores: 0-1, Rui Coentrão, 75 minutos. 
Ação disciplinar: Cartão amarelo para João Viana (21), Fábio Marinheiro (25), Zé Pedro (43), Rúben Saldanha (50), João Pedro (55) e Nuno Silva (90+4). 

 ATLÉTICO: Leão, Pedro Caipiro, Fábio Marinheiro, Hugo Carreira, Raúl Martins (Tiago Cerveira, 87), Hugo Pina, Afonso Taira, Marco Bicho (João Mário, 70), Mauro Antunes, Bacar e Rui Varela. Treinador: Gorka Etxeberría. 

 LEIXÕES: Jorge Baptista, João Viana (Pedro Pinto, 46), Nuno Silva, Zé Pedro, João Pedro, Anderson, Cadinha, Moreira, Rúben Saldanha, Rui Coentrão (João Novais, 79) e Anderson Grafite (Fábio Zola, 57). Treinador: Pedro Correia

.  

Pouco público em Lisboa (pouco mais de 200 espetadores) no jogo desta tarde no Estádio da Tapadinha. A casa do Atlético recebeu o jogo da LIGA2 Cabovisão e o primeiro sinal de perigo apareceu por parte do Leixões SC com Ruben Saldanha, logo nos primeiros instantes da partida, a obrigar o guardião da casa a aplicar-se para evitar o golo dos forasteiros. Depois de uns minutos iniciais com maior pendor leixonense, a formação de Alcântara equilibrou a partida e o encontro começou a ser dividido entre ambas as formações. O Leixões tentava sempre através de passes longos surpreender e colocar em jogo Moreira e Rui Coentrão. Já o Atlético teve a sua melhor oportunidade aos 13’ com Marco Bicho a enviar a bola ao poste da baliza leixonense defendida por Jorge Baptista. No início da segunda metade, Pedro Correia fez entrar Pedro Pinto para o lugar de João Viana e lançava assim mais um bebé formado no Leixões. O pontapé no marasmo viria a ser dado aos 74’ com Rui Coentrão a apontar o golo (o primeiro com a camisola leixonense) que viria a dar a vitória. Na jogada Ruben Saldanha a isolar o médio cedido pelo Gil Vicente e este a colocar a bola no fundo das redes do Estádio da Tapadinha! Três importantes pontos que colocam o Leixões novamente no sentido das vitórias no campeonato da LIGA2 Cabovisão 

Na próxima jornada o Leixões desloca-se às Aves com o encontro diante do CD Aves a estar marcado para as 15h00 de sábado, 2 de novembro. 

 VITÓRIA DEDICADA A NUNO SILVA 

Pedro Correia "Estamos muito contentes com este triunfo, muito valorizado pelo Atlético, um adversário excelente. O intervalo fez-nos bem, porque fizemos uma segunda parte muito consistente, com grande critério. Em nome do grupo de trabalho, quero dedicar esta vitória ao Nuno Silva, que faz hoje 38 anos e cumpriu, na quarta-feira, 400 jogos com a camisola do Leixões. Queríamos ter-lhe oferecido os três pontos com o Portimonense, mas não conseguimos e, hoje, o triunfo vai para ele. O nosso objectivo? Continua a ser ganhar todos os jogos, porque neste clube só se pensa em ganhar, e atingir rapidamente a manutenção." 

BLOG LEIXÕES

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC