RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

quinta-feira, 2 de abril de 2020

COVID-19: INFESTA DISPONIBILIZA PAVILHÃO COMO HOSPITAL DE CAMPANHA

O Infesta disponibiliza o seu pavilhão Manuel Ramos além do ginásio como hospital de campanha para combater a pandemia do COVID-19, mencionou o clube em comunicado.

"Até ao momento, duas dessas instituições, responderam, agradecendo a disponibilidade e que será uma hipótese caso haja uma evolução da situação", descreve o clube.

Três instituições do concelho já tem assim à disposição o pavilhão do Infesta e o ginásio como hospital de campanha, mas o clube abre para mais instituições do concelho a possibilidade dos casos suspeitos permanecerem ocupados à espera dos testes.


Fonte da Foto: FC Infesta


Diogo Bernardino

I LIGA E II LIGA TEM DE TERMINAR ATÉ 3 DE AGOSTO

A I Liga e a II Liga onde está o Leixões tem de terminar até 3 de agosto, como exigência da UEFA, de forma a que haja uma boa preparação para a época 2020/2021, mencionou o zerozero.

O objetivo passa assim por terminar as provas a tempo de assegurar um campeão, subidas, descidas e quais são as equipas que vão às competições europeias.

A imprensa nacional aponta que a Liga Portugal apresentou um plano de retorno ao futebol com os treinos a recomeçarem em maio e os encontros a começarem no último fim de semana de maio, isto com a possibilidade de duas jornadas serem realizadas a meio da semana.

De acordo com o Jornal O Jogo as jornadas seriam realizadas à porta fechada. O objetivo da Liga passa por realizar o campeonato até 19 de julho e a final da taça a 25 ou 26 de julho.

A proposta vai ser discutida em videoconferência com os dirigentes dos clubes profissionais e não profissionais num futuro próximo, mas isto vai depender da evolução da pandemia em Portugal que entrou a 02 de abril na segunda fase de quatro. 

Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol, reuniu-se por vídeo-conferência com os 34 presidentes dos clubes das ligas profissionais para informar das decisões da reunião que a UEFA tomou.


Fonte da Foto: Liga Portugal


Diogo Bernardino

LEIXÕES DESPENDEU 11.375 € EM COMISSÕES ENTRE ABRIL DE 2019 A MARÇO DE 2020

O Leixões SAD despendeu 11.375 euros em comissões a empresários entre abril de 2019 a março de 2020, em momentos de contratação, renovação e venda de ativos, revelou a Federação Portuguesa de Futebol.

Na época passada o Leixões gastou 2.500 euros em comissões, um aumento de 8.875 euros nesta temporadaem relação à época 2018/2019.

Em termos de clubes da Segunda Liga à frente dos 'bebés do mar' sendo o quarto classificado na Segunda Liga estão a Académica de Coimbra, SDUQ que despendeu 17.000 euros, o CD Feirense - Futebol, SAD que gastou 107.600 euros e o Estoril Praia - Futebol, SAD que foi o que gastou mais com 295.334,85 €.

Atrás da formação matosinhense estão o Académico Viseu - Futebol, SDUQ com 9.000 €, o CD Nacional - Futebol, SAD com 5.000, o mais baixo valor, o GD Chaves - Futebol, SAD com 10.250€ e o Farense - Algarve Futebol, SAD com 9.882 €.

Isto representa um aumento de 21 milhões de euros (83.650.000 €) em relação ao ano passado onde se pagou cerca de 62 milhões, entre clubes de I e II Liga.


Fonte da Foto: Liga Portugal


Diogo Bernardino

"O LAY-OFF É UMA POSSIBILIDADE MAS AS DECISÕES DEVEM SER EM CONJUNTO"

O presidente da SAD do Leixões Paulo Lopo salientou que o lay-off "é uma possibilidade mas as decisões devem ser em conjunto" mas este olha para o futuro com motivação, em declarações ao Record. 

"A nossa preocupação é semelhante à dos outros clubes. Se com jogos os clubes passam dificuldades normalmente sem eles ainda mais. Tenho a certeza de que algo será feito pelos clubes e não só, porque isto é uma fase crítica para todos. O lay-off é uma possibilidade que estamos a avaliar mas as decisões devem ser em conjunto e não individuais", mencionou.

Os eventuais casos de cortes no salário dos jogadores em toda a Europa já foi tema de conversa no Leixões.

"Houve uma pré abordagem com os capitães sobre os eventuais cortes no salário. Para já, os jogadores não mostraram disponibilidade para sim ou não e remeteram para o que resultar do Sindicato. Acho que vivemos uma fase em que todos temos de perder um bocadinho para não perdemos tudo", referiu.

A implementação do Lay Off passaria pela ajuda do estado no pagamento dos salários e no eventual corte deles.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

FPF SALIENTA QUE CAMPEONATOS DISTRITAIS SÉNIORES VÃO ATÉ AO FIM

Os campeonatos distritais séniores da AF Porto onde estão 11 clubes matosinhenses, vai manter com a mesma disposição competitiva para a próxima época, com o presidente da FPF Fernando Gomes a frisar que o objetivo passa por terminar o campeonato até julho.

O Jornal Record salienta que o objetivo passa por encontrar os clubes que possam subir ao Campeonato de Portugal e aqueles que possam descer às divisões.

A AF Porto já mencionou em comunicado que o objetivo passa por tentar terminar as competições a tempo e caso isso não aconteça ninguém desce de divisão e só podem subir os dois primeiros das divisões abaixo da Elite.

O objetivo passa por voltar ao modelo competitivo atual na época 2021/2022. No modelo atual são 16 equipas na divisão de elite, honra e 1.ª Divisão, já na 2.ª Divisão são 18.

De acordo com informações veiculadas nos meios de comunicação, caso haja a necessidade de introduzir uma liguilha que permita encurtar o calendário será realizado, mas isto em caso de máxima urgência.

Em relação aos clubes que estão nos dois primeiros lugares das duas séries da Divisão de Elite que podem subir ao Campeonato de Portugal a Federação Portuguesa vai decidir ainda como vai resolver a situação. 

Os clubes da AF Porto recebem assim a notícia de que o objetivo passa por terminar os campeonatos até julho e iniciar o mercado de verão em agosto.



Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

CAMPEONATO DE PORTUGAL SEM ALARGAMENTO OU MUDANÇAS PARA PRÓXIMA ÉPOCA

O Campeonato de Portugal onde está o Leça, vai manter com a mesma disposição competitiva, com o presidente da FPF Fernando Gomes a frisar que o objetivo é terminar o campeonato até julho, refere o Record.

O que refere o jornal Record há a possibilidade de passar pela criação de uma liguilha que permita encurtar o calendário, no máximo. 

O Jornal A Bola menciona que a descida de dois clubes da II Liga para o CP foi também um motivo.

A Federação Portuguesa de Futebol quer deixar para última hipótese dar por encerrado o campeonato anulando as classificações ou resolver a questão na secretaria. Este organismo quer que se discuta dentro do campo as decisões.

Os clubes do Campeonato de Portugal e as associações de futebol recebem assim a notícia de que o objetivo passa por terminar os campeonatos até julho e iniciar o mercado de verão em agosto.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

AMINE COM SONDAGENS DA LIGUE 1

O médio franco marroquino do Leixões Amine Oudhiri graças às boas prestações além das sondagens do principal escalão nacional tem também da liga francesa, anunciou a Bola no seu jornal.

De recordar que o Desportivo das Aves apresentou em janeiro uma proposta ao médio de 27 anos.

Amine tem uma cláusula de um milhão de euros e contrato até junho de 2021.


Fonte da Foto: Leixões SAD


Diogo Bernardino

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC