RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

terça-feira, 7 de abril de 2015

UD LAVRENSE VAI TER DE PROCURAR SITIO PARA JOGAR NA PRÓXIMA ÉPOCA, DIZ O EDIL MATOSINHENSE

Câmara de Matosinhos vai cessar relações com Lavrense por "roubo" de terreno 

O presidente da Câmara de Matosinhos anunciou esta terça-feira que a autarquia vai cessar relações com a União Desportiva Lavrense e revogar o contrato de cedência do seu complexo desportivo por "roubo" do terreno do antigo campo, ao registá-lo por usucapião. 

O independente Guilherme Pinto transmitiu à agência Lusa a posição que defendeu hoje na reunião privada do executivo, explicando que "a União Desportiva Lavrense registou por usucapião o terreno do antigo campo de futebol tendo perfeita consciência que era da propriedade da Câmara de Matosinhos e da Segurança Social". "A partir do momento em que tomaram esta atitude inqualificável, pedi aos serviços que tomassem os procedimentos necessários para revogar o contrato de cedência do novo complexo desportivo", disse. 

O presidente da autarquia tomou por isso a posição política - a que agora se seguirão os procedimentos legais - de "cessar relações e exigir a devolução de todos os ativos que são da Câmara de Matosinhos". O novo complexo desportivo de Lavra foi inaugurado em 2007 então por Guilherme Pinto, equipamento que alberga atualmente União Desportiva Lavrense, tendo então custado cerca de três milhões de euros e comporta um campo de futebol com medidas oficiais. 

Na próxima época o clube terá assim que encontrar outro sítio para jogar, considerando o presidente da autarquia que "não há condições para manter relações com uma instituição que rouba à câmara e à segurança social um terreno que sabem que não lhes pertence". "Há dois anos que andávamos a conceber um projeto, tendo inclusivamente havido um concurso de ideias, para utilizar o antigo campo de futebol. 

A Câmara de Matosinhos estava em negociações com a Segurança Social para transformar aquele espaço numa zona de requalificação", explicou. Segundo Guilherme Pinto, a autarquia foi surpreendida "por uma atitude inconcebível", acrescentando que o clube "tinha consciência que se estava a apropriar de uma coisa que não era deles". De acordo com o independente, o processo legal relativo ao usucapião, do qual a câmara vai recorrer, será agora "complexo e longo", devendo o clube reconhecer que se apropriou de uma coisa que não era dele. 

Fonte RECORD 2015-04-07

D LEÇA DO BALIO SAI DA BRALI COM A MORAL EM ALTA


 Associação de Futebol Do Porto, Quartos de final da Taça Brali. 
Complexo Desportivo de Leça Do Balio, em Matosinhos. 
Arbitro: João Pereira 
D LEÇA DO BALIO 0 REBORDOSA 3 
Ao intervalo: 0-2. 

 LEÇA DO BALIO: Pedro (João, 80); João Pinto, Miguel Cunha, Hélder e Cardoso ; Rafa (Diogo, 45), Edú (Soberano, 80) e Quaresma, Hugo (Ivo, 45), Nandinho (Shev, 80) e Pedro Gomes. Treinador: Mário Heitor. 

 O Desportivo de Leça do Balio, despediu-se da Taça Brali, caindo aos pés de um Rebordosa da divisão de Elite com um excelente plantel, que luta pela subida ao campeonato nacional de Seniores. Apesar da diferença de duas divisões entre as equipas, os Balienses tiveram uma enorme postura, apresentando uma boa qualidade dominando o jogo na maior parte do tempo, deixando uma imagem fantástica elogiada no final pelo seu técnico Mário Heitor.

 
 No primeiro tempo os da casa tiveram uma boa entrada no jogo, andando sempre perto da área visitante, mas na primeira vez que o Rebordosa desceu à área Baliense, aos dez minutos fez o primeiro golo contra a corrente do jogo com alguma sorte. Mesmo a perder os Balienses continuaram a desenvolver um bom futebol, bem estruturado, perante um Rebordosa que em vantagem no marcador defendia serenamente, aproveitando o contra ataque para criar perigo, aproveitando a qualidade individual dos seus jogadores. Em cima do intervalo numa bola perdida pelo meio campo Baliense, o experiente avançado Cafú ao serviço do Rebordosa, fez o segundo golo com classe, dando ao intervalo a vantagem aos visitantes por duas bolas. Resultado injusto para a equipa Baliense que viu o Rebordosa a rematar duas vezes à sua baliza fazendo dois golos, quando dominou claramente as operações neste primeiro tempo.

   
No segundo tempo nada mudou na história do jogo, em relação à primeira parte com o Leça do Balio a entrar bem no jogo a desenvolver um futebol de qualidade de pé para pé, mas a sofrer novamente um golo contra a corrente do jogo, novamente marcado por Cafú, num remate excelente de fora de área, não dando hipótese de defesa ao guardião Pedro. Continuou a não baixar os braços a equipa orientada por Mário Heitor e até criou várias oportunidades para marcar, levando duas bolas à barra e encontrando no guarda redes visitante um forte obstáculos com uma bela exibição. Caiu de pé a equipa de Matosinhos na Taça Brali nos quartos de final, onde desenvolveu um futebol de qualidade, onde apenas as falhas na finalização, alguma imaturidade dos seus jovens e a qualidade individual e eficácia do Rebordosa fez a diferença a seu favor. 

O QUE ELES DISSERAM...

 Declarações do técnico Baliense Mário Heitor no final da partida: "Que Orgulho na minha equipa, nos adeptos e no clube que eu sinto. Quem não esteve presente no nosso jogo pode pensar que estou maluco... Aqueles que foram ao nosso estádio hoje viram um jogo de grande personalidade da minha equipa. Viram uma equipa que está duas divisões abaixo do Rebordosa a dominar 90m num futebol de grande qualidade onde apenas a grande classe individual do nosso adversário e alguma imaturidade nossa fez a diferença. Tivemos oportunidades suficientes, entre duas bolas aos postes e outras para o resultado ter sido bem diferente. Foi um enorne prazer reencontrar o meu amigo Bock e a idade parece que não passa por ele. Por fim e repetindo o que já disse antes, foi da maneira mais nobre que hoje deixamos a taça Bralli. Estou muito mas muito orgulhoso da minha equipa! Parabéns a todos eles!" 

 Declarações do experiente avançado Bock do Rebordosa no final da partida: "É sempre bom reencontrar amigos como o Mário Heitor, que foram importantes na minha carreira e dividimos várias vezes o mesmo balneário. Realmente quero dar os parabéns pela prestação do Leça do Balio, empenho e qualidade. Mostraram que no distrital há excelentes jogadores e com muita qualidade. Parabéns ao Mário Heitor porque a equipa é o espelho do treinador."

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC