RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 23 de março de 2014

PERAFITA VENCE AMARANTE COM JUSTIÇA!

 
Campeonato nacional de seniores, fase de manutenção 6ª jornada 
Estádio do FC Perafita – Perafita Matosinhos 
Árbitro – André Moreira (Leiria) 
PERAFITA 2 AMARANTE 1 Ao intervalo, 1-1, golos Paulinho (7 gp), Azevedo (38) e Lutchindo (46) 

PERAFITA: Artur, Pacheco, Madalena, Fernando, Diogo, Toninho, Viana e Tinaia (cap), Paulinho (Rui João 85), Rui Miguel (Coentrão 66) e Ruben Pedrosa (Lutchindo 36). T Manuel Matias 

AMARANTE: Celso, Carlos, Pedro (Flávio 85), César, Marquinhos, Tiago, Miguel, Marqueiro, Azevedo, Cardoso (Rudi 64) e Pimenta (João Miguel 79). T. Pedro Pinto. 

 

A equipa do Perafita, entrou neste jogo com a corda toda, e em dez minutos levou uma bola aos ferros da baliza de Célso, enviada de cabeça, por Ruben Pedrosa, para no minuto seguinte abrir o marcador, de penalti (falta dentro da área de rigor sobre Toninho), Paulinho chamado a converter não enjeitou a possibilidade e pôs a sua equipa em vantagem. Excelente exibição da turma comandada por Manuel Matias, que durou praticamente 30 minutos, futebol pratico e sempre com os olhos na baliza contrária, à passagem da meia hora, o jogo entra num equilíbrio total, a equipa amarantina chega-se com perigo à baliza de Artur e Azevedo na sequencia de um pontapé de canto empata a partida com um belo golo (remate descaído pela direita) forte e colocado. 

Já com Lutchindo em campo (substituiu Ruben Pedrosa ainda no primeiro tempo) a equipa do Perafita reentra da mesma forma e o “negrinho “que no dia anterior fez 26 anos, com um toque subtil e na cara de Celso, faz o segundo golo para a sua equipa….bola lá bola cá o Amarante revelava-se mais perigoso, mas Artur manteve a sua equipa agarrada à vitória com excelentes intervenções…Vitória justa e por números que espelham bem o que se passou no relvado, da turma do FC Perafita. 
Próxima jornada o conjunto perafitense vai viajar até Vila Flor para defrontar o clube local.

COM DOIS GOLOS DE CEREJO, CUSTÓIAS EMPATA JÁ NOS DESCONTOS


AF Porto - 1ª Divisão Série 1 Jornada 25 
Estádio Quinta da Pena em Perosinho-Gaia 
Árbitro - João Santos 
PEROSINHO 2 CUSTÓIAS 2 Cerejo foi o marcador de serviço do lado custoiense, fazendo um bis. 

CUSTÓIAS: Filgueiras , Rochinha, Manu , Zé Augusto, Batista (Flávio), Medeiros, Mazola , Estrela, Alan (Joca), Oliveira e Cerejo. T Mário Rui 

Jogo muito morno e equilibrado, praticamente jogado sobre meio campo, o Perosinhos a vencer por 1 – 0, deixou-se empatar e foi já muito perto do fim que o Perosinho volta de novo à condição de vencedor. Já em período de descontos dados pelo árbitro da partida e quando todos pensavam que a equipa custóiense sairia derrotada deste encontro, eis que Cerejo empata a partida bisando no encontro 
Com este resultado a equipa do Custóias vê fugir para cinco pontos, o líder Alfenense e vê aproximar-se o terceiro classificado Folgosa da Maia que dista a apenas um ponto

DE REPENTE ACENDE-SE COM TODO O MÉRITO A LUZ DA PERMANÊNCIA


INFESTA SOMA 5 TRIUNFOS NOS ÚLTIMOS 6 JOGOS 
A equipa infestista derrotou esta tarde o FC Pedras Rubras por números esclarecedores. 

A visita do Pedras Rubras, terceiro classificado do campeonato, ao terreno do Infesta, não se afigurava nada fácil para a equipa de Formoso. Porém, dois golos nos primeiros 10 minutos da partida e um penalti defendido por Miguel quando o resultado ainda estava em 2-0, foram os lances determinantes que ditaram a conquista dos três pontos para o Infesta. 
Golos de Bertinho (4), Mário (10 Vitinha (77 gp)) 

Quando todos os o anunciavam como candidato numero um à descida à divisão de honra, inclusive a grande maioria dos seus adeptos, já se conformavam…, eis que a turma orientada por António Formoso, conjuntamente com a sua equipa técnica, dá um sinal bastante forte de que podem contar com eles na luta pela manutenção. O futebol de Matosinhos, congratula-se com este facto, que só mesmo os seus atletas e seus comandantes acreditavam! Justiça lhes seja feita pois nunca desistiram…

LEÇA DO BALIO PERDE FORA E PERDE TAMBÉM A LIDERANÇA

 

2ª DIVISÃO SÉRIE 1 A F PORTO JORNADA 24
Campo de jogos do Monte Córdova, em S. Tirso. 
Arbitro: Eduardo Cardoso. 
MONTE CÓRDOVA 1 LEÇA DO BALIO 0 
Ao intervalo: 0-0. 

 LEÇA DO BALIO: Miguel Mota, Seixas, Cardigos, Diogo e Carlitos, Futy, Filipe Barata, Carlos Diogo, Grade; Filipe Bento e Caramalho.. jogaram ainda: Ivo, Joãozinho, Serginho e Edú. Treinador: Mário Heitor. 

A formação do Leça do Balio não conseguiu passar na difícil deslocação a Monte Córdova, perdendo por uma bola a zero sofrendo o golo da derrota já perto do final da partida aos 88 minutos. Mário Heitor com muitas dificuldades em formar um onze devido às inúmeras lesões que tem afectado o plantel Baliense, o que claramente tem enfraquecido esta equipa, mesmo assim os homens de Matosinhos entraram determinados no jogo, jogando um futebol mais directo em relação ao habitual devido ao terreno pelado, apostando na velocidade de Grade e Filipe Bento. Apesar do maior domínio dos Balienses no primeiro tempo quase sempre jogado no meio campo do Monte Córdova, faltou objectividade no ultimo terço do terreno para descobrir o caminho para o golo. O monte Córdova durante o primeiro tempo raramente incomodou Miguel Mota, chegando o intervalo com o nulo no marcador. 

No segundo tempo a formação comandada por Mário Heitor entrou mais uma vez determinada em mostrar o seu futebol e poder abrir o marcador. Apanhou uma equipa do Monte Córdova bem organizada com jogadores experientes que jogavam com muita garra, que aproveitaram o adiantamento da equipa Baliense no terreno para em contra ataque incomodarem Miguel Mota, dispondo de duas boas oportunidades para abrirem o marcador. Com o meio campo auri-negro a não funcionar como o habitual não conseguindo ter bola e com a equipa a não conseguir criar oportunidades claras de golo Mário Heitor mexeu na equipa para tentar criar mais dinamismo no ultimo terço, mas sem resultados evidentes. Já na parte final, aos 88 minutos, quando a equipa Baliense jogava com dez elementos, devido à expulsão do capitão Carlitos por acumulação de amarelos e procurava a todo o custo o golo da vitória num rápido contra ataque, o avançado do Monte Córdova Marco Lopes conseguiu passar pela defesa Baliense e à saída de Miguel Mota não perdoou e fez o golo da vitória dos homens de S. Tirso, para delírio dos seus adeptos.

 Castigo muito pesado para a equipa de Matosinhos, bem acompanhado pelos seus adeptos nesta deslocação, que apesar de não estarem ao nível que habituaram os seus adeptos não mereciam sair do campo de Monte Córdova com uma derrota.

MATOSINHENSES MARCAM PASSO! ESTÁ DIFÍCIL PARA O LEIXÕES…


Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada. 
Árbitro: Luís Ferreira (Braga). 
Santa Clara - Leixões, 2-0. 
 Ao intervalo: 1-0. Marcador: 1-0, Hugo Santos, 43 minutos. 2-0, Miguel Lourenço, 67'.
 Ação disciplinar: Cartão amarelo para Grafite (27'), Novais (60'), Jefferson (72') e Nuno Silva (89'). 

SANTA CLARA: Serginho, Paulo Arantes, Accioli, Miguel Lourenço, Igor, Seddiki (Malafaia, 85'), Jefferson (JP,72'), Pedro Cervantes, Pacheco, Hugo Santos e Tiago Leonço (Ruizinho, 82'). Treinador: Horácio Gonçalves. 

 LEIXÕES: Chastre, Nuno Silva, Novais, Moreira, Cadinha (Pedras, 57'), Anderson, Materazzi, Grafite (Nelson Agra,74'), João Pedro, Oto'o, Xavier. Treinador: Jorge Casquilha. 

 A formação leixonense entrou bem mas foram os da casa a conseguir a primeira ocasião de perigo. Seddiki, aos 5', numa jogada individual, rematou por cima da baliza defendida por Chastre. O Leixões respondeu aos 10' através de um livre. O Leixões respondia através de jogadas de transição rápida com Cadinha a cruzar para Moreira que enviaria a bola ao lado da baliza açoriana. Ainda antes do intervalo a equipa da casa adiantou-se no marcador através de Hugo Santos que aproveitou, aos 43', um mau alivio da defensiva leixonense vindo a ampliar a vantagem aos 67' através de um potente remate de Miguel Lourenço que Chastre, ainda se esticou, não conseguiu defender. Já antes, aos 54', Chastre teve um papel preponderante ao evitar o golo que surgiria de cabeça por Pacheco após livre de Pedro Cervantes. Repetiria a proesa aos 77' após remate colocado de JP. A perder por 2-0, o Leixões não desistiu e Moreira, de cabeça, após livre de Pedras (83') assim como Novais (88' e 90'+2) bem tentaram um outro rumo para a formação do Continente. O

Os jogos da Liga2 Cabovisão regressam já no próximo sábado com o Leixões SC a receber a equipa B do Marítimo em jogo marcado para as 16h00.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC