RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 4 de novembro de 2019

VANTAGEM NUMÉRICA FOI PREJUDICIAL AO PADROENSE

10ª. jornada Divisão D´Elite série 1 
Estádio do Padroense FC - Padrão da Légua - Senhora da Hora 
Árbitro: Miguel Fonseca 
PADROENSE 0 OLIVEIRA DO DOURO 1 
Ao intervalo, 0-0, golo Tiga (69) 

PADROENSE: Moreira, Li, Kang, Fábio, Balito, Xoura, Jinho, Ricardo (Estebainha 74), Pedro Oliveira, (Gorito 74) Mesquita e Cacheira (Jardel 74). Treinador João Costa 

OLIVEIRA DO DOURO: Hélder Costa, Ruizinho, Hélio e Jorge Pereira, Tiga, Chico (Bruno Teixeira 79), Tiago Ribeiro, China (Bonny 61) e Joazinho, Edi Valentim,  Pereirinha (Paulinho Teixeira 79) . Treinador Manuel Pinheiro. 

Jogo de fraco nível técnico, com as equipas a lutarem muito pelo pontos em disputa.
Entrou melhor a equipa do Padroense, com mais posse de bola e mais insistente no ataque, aos 13 minutos o caso do Jogo, Caheira é derrubado por Tiga dentro da área de rigor, penalti que fica por marcar a favor dos Bravos de Matosinhos.  O jogo entra numa fase de equilíbrio, disputado a meio campo e sem grandes lances de perigo. 
A etapa complementar começou praticamente com a expulsão de Ruizinho por duplo amarelo (53).
A partir deste momento Manuel Pinheiro reajusta a sua equipa recuando Chico para lateral direito e dando a iniciativa ao Padroense, explorando o contra ataque e o momento certo para atacar.
 O Padroense em superioridade numérica revelou alguma dificuldade no jogo ofensivo,sem grande discernimento errando muitos passes não foi capaz de tirar partido de ter mais um homem em campo. O Oliveira do Douro que soube manter a sua área livre de perigo, ao minuto 69 e na sequência de um pontapé de canto faz o único golo do encontro por Tiga beneficiando este de uma falha de marcação limitando-se a empurrar a bola para a baliza de Moreira. 
Os últimos 20 minutos o Padroense bem insistiu no ataque despejando bolas para a área ficando perto da igualdade quando Hélio desvia para a baliza de Hélder Costa que evitou o autogolo com uma soberba defesa que contou com ajuda do travessão 

AROUCA VENCE LEÇA DESINSPIRADO

Estádio Municipal de Arouca 
9ª Jornada do Campeonato Portugal Série B 
Árbitro: Carlos Macedo (Braga) 
AROUCA 3 LEÇA FC 0
Ao intervalo, 0-0, Golos, Fábio Fortes (56 e 73) Adilio (63) 

AROUCA: Victor Braga, Thales, João Basso, Benny, Assane Baldé, Marco Soares, Abdas Ibrahim, André Salvador (Henrique 90+2)Adilio (Valdo Té 81) Elísio (David 71), Fábio Nunes. Treinador Henrique Nunes. 

LEÇAFC: Cristiano, Zé Carlos, Pecks, Cláudio e Paulo Lopes, Samuel Teles (Kevin Lopez 69), Nélsinho, Bruno Simões (Vieira 81), Isaac Boakye, Pedro Prazeres (João Paulino 61) Adilson. Treinador Domingos Barros 

Os Locais venceram com justiça e confirmaram a liderança isolados, frente a um Leça deserto  de ideias e nada aguerrido fazendo o pior jogo da temporada. 
Primeira parte controlada pela equipa do Arouca frente a um Leça que praticamente não  incomodou o adversário. 
Na etapa complementar os Locais foram letais, sendo que o Leça entrou melhor equilibrando o contenda e criando mesmo a melhor oportunidade, o Arouca num resalto de bola aproveita e faz o primeiro da partida embalando para uma vitoria gorda frente a um Leça que apesar de ter mais bola nunca foi capaz de criar perigo. 

Domingos Barros no final do Jogo 

«O nosso pior jogo desde o início do campeonato, na primeira parte fomos inexistentes e poucos duelos ganhamos. Na 2ª entramos melhor no jogo , conseguindo manter o equilíbrio na partida, tendo sido nossa a oportunidade, contudo, num ressalto o Arouca chega ao golo, e a partir desse momento apesar de termos sempre mais bola, nunca fomos capazes de criar perigo.  O Arouca foi a única equipa neste campeonato que até ao momento foi superior em largos períodos do jogo. Temos de levantar a cabeça, trabalhar de forma competente para continuar a somar pontos, rumo ao nosso objetivo e concerteza iremos dar uma resposta positiva na próxima semana» 

Fotos DR. 

"REMONTADA" CONFIRMA ESTATUTO DE CANDIDATO

Estádio Municipal Dr. Jorge Sampaio, em Vila Nova de Gaia. 
9ª Jornada Segunda Liga (Ledman liga pro) Árbitro: David Silva (AF Porto). 
Ação disciplinar: cartão amarelo para João Pedro (37), Ferraresi (45+2), Marius (45+3), Rui Silva (49), Madi Queta (81) 
FC Porto B - Leixões, 1-3. 
Ao intervalo: 1-2. Marcadores, Vítor Ferreira, (12 g p), André Claro, (17), João Graça, (19). Harramiz,(66). 

 FC PORTO B: Mouhamed Mbaye, Tomás Esteves (Musa Yahaya, 46), Ferraresi, Gonçalo Brandão (Taddeus Nkeng, 76), Luís Mata, Afonso Sousa (Tony Djim, 61), Vítor Ferreira, Mor Ndiaye, Fábio Vieira, Madi Queta e Marius. Treinador: Rui Barros. 

 LEIXÕES: Stefanovic, Vítor Bruno, Pedro Pinto, João Pedro, Rui Silva, João Graça (Enoh, 84), Luís Silva, Amine, Braga (Poloni, 71), André Claro (Júnior Sena, 65) e Harramiz. Treinador: Carlos Pinto.
 
O Porto chegou cedo à vantagem através de uma grande penalidade, a punir falta sobre Madi Queta, que nos pareceu claramente ter sido fora da área. Vítor Ferreira não desperdiçou a oportunidade e inaugurou o marcador. 
Em desvantagem, os leixonenses intensificaram a pressão, que acabou por dar resultado. Em menos de dois minutos, a formação de Matosinhos deu a volta ao resultado, aproveitando da melhor forma um momento de desnorte do FC Porto. 
Aos 17 minutos, após um cruzamento de Braga na direita, André Claro, na pequena área, 'fuzilou' e repôs a igualdade. Quase dois minutos depois João Graça, ex-FC Porto, assinou a reviravolta, após um momento de desatenção da defesa 'azul e branca'. 
Ainda antes do intervalo, Fábio Vieira teve a oportunidade de repor a igualdade, com um excelente remate de primeira de fora da área, com a bola a bater na trave. 
No segundo tempo a partida ficou mais morna, com o Leixões a gerir da melhor forma a vantagem, conseguindo impedir que os 'dragões' revertessem a situação. O Leixões ainda voltou ao marcar, aos 66 minutos, desta vez devido a uma falha clara da defesa portista e do guarda-redes. Gonçalo Brandão atrasou a bola para Mbaye, que fez um mau alívio, permitindo a Harramiz fazer o terceiro. 

Fotos Duarte Rodrigues
 Mário Mitch

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC