RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

terça-feira, 30 de outubro de 2018

RESULTADOS



FUTEBOL SÉNIOR DE MATOSINHOS 
   
7ª Jornada Ledman Ligapro 
AC VISEU 0 LEIXÕES 0
   
Campeonato de Portugal 9 ª Jornada série B 
LUSITANO FCV 3 LEÇA FC 0
   
Divisão d´elite 10ª JORNADA série 1 
FC INFESTA 1 AD GRIJÓ 0
VILA FC 0 PADROENSE FC 1
UD LAVRENSE 0 CANIDELO 0
   
DIVISÃO DE HONRA 7ª J -SÉRIE 1 AF Porto
FC PERAFITA 2 CUSTÓIAS 1
D. SANDINENSES 2 LEÇA DO BALIO 1
    
1ª DIVISÃO SÉRIE 1 A F PORTO Jª 4
ALDEIA NOVA 1 MOC SANGEMIL 1
OS LUSITANOS 1 RAMALDENSE 0
CRESTUMA 0 SENHORA DA HORA 2
    
PERAFITA B 3 ADR S PEDRO DE FINS 0

LEÇA VOLTA A PERDER... CRISE INSTALADA TEIMA EM NÃO SAIR


Estádio dos Trambelos (Viseu)
Árbitro: Xavier Gomes (Aveiro)
LUSITANO FC V 3 LEÇA FC 0
Ao intervalo. 0-0. Golos Tiago Gonçalves (46) Murilio (54 gp) e Uros (86)

LUSITANO: Ruca, Paulo Oliveira, Tiago Gonçalves, Márcio Rocha, Uros, Nuno Rodrigues (Marado 70) Murilo, Kiko, Hélder (Edgar 81), Digo Braz (Klysman 63), Assane. Treinador Rogério Sousa.

LEÇA: Bruno monteiro, Joel, Vítor Fonseca, Max, João Pedro , André Sousa, Jair (Medeiros 80), Teles, Diogo Pedras (Areias 70), Pedro Prazeres (Miguel Ângelo 60) e Isac. Treinador Domingo Barros

A jornada 9 do Campeonato Portugal terminou da pior maneira para o Leça FC que perdeu na deslocação ao Vildemoinhos (Viseu) por 3-0, agudizando a crise de maus resultados que atirou a formação leceira para a penúltima posição consumando a 8ª derrota consecutiva
O jogo teve início 30 minutos mais tarde, motivado por um furo na camioneta do Leça que fez com que os jogadores chegassem ao estádio com algum atraso.
Do jogo propriamente dito, pouco há a registar, apenas dizer que a vitoria é justa e poderia ter sido por números mais expressivos não fosse a grande exibição do guarda redes leceiro Bruno Monteiro.
Crise no Leça obriga a reunião de emergência e fala-se em nomes
António Pinho presidente leceiro já fez saber através da comunicação social que o grupo iria reunir esta segunda-feira à noite no sentido de «ver o que se pode fazer»para alterar o rumo dos acontecimentos. «O nosso objetivo é a manutenção porque sabemos que se descermos é difícil regressar a esta competição“, esclareceu o presidente do Leça.

foto DR 


EMPATE NO FONTELO...LEIXÕES LEVA 5 JOGOS SEM PERDER


Jogo disputado no Estádio Municipal do Fontelo, em Viseu.
7ª jornada da 2.ª Liga
Árbitro: Manuel Mota (AF Braga).
Ação disciplinar: cartão amarelo para Stephane (51), Paná (82), Gabriel (85) e Fábio Santos (90+4).
Académico de Viseu - Leixões, 0-0.

Académico de Viseu: Jonas, Tiago Almeida, André Baumer, Fábio Santos, Kevin Medina, Lucas, Latyr Fall, Paná, João Mário (Gabriel, 65), Luisinho (Ryan, 75) e Nsor. Treinador: Manuel Cajuda.

Leixões: Tony, Jorge Silva, Pedro Monteiro, Bura, Stephane (Poloni, 69), Ceitil, Luís Silva, Bernardo, Evandro Brandão, Ofori (Oudrihiri, 76) e Kukula (Erivaldo, 65). Treinador: Filipe Gouveia

A metade inicial foi muito monótona e os primeiros lance de perigo só surgiram perto do intervalo, protagonizados pelo Leixões, com Bernardo, aos 39 minutos, a ganhar posição na área e a rematar para a defesa de Jonas e, no minuto seguinte, a aparecer responder a um cruzamento de Evandro Brandão, para nova intervenção de Jonas.

O Académico Viseu só ao minuto 44 chegou com perigo à área do Leixões, em contra-ataque, com João Mário, muito veloz na direita, a cruzar e Luisinho a rematar de primeira para a defesa de Tony.
O segundo tempo não foi muito diferente com a partida a arrastar-se até aos 64 minutos, altura em que Luisinho rematou cruzado junto ao poste da baliza do Leixões.
Filipe Gouveia mexeu depois na equipa, com as entradas de Erivaldo, Oudrhiri e Poloni, a tornarem o Leixões mais ofensivo e a criar mais lances perigosos junto da área do Académico.
Aos 71 minutos, na sua melhor oportunidade, Evandro Brandão, sobre a linha de golo, não conseguiu desviar para a baliza um cruzamento da direita. Logo depois, aos 74, novamente obrigou Jonas a uma defesa difícil.
Até final, o Leixões procurou mais a baliza adversária com o Académico mais em contra-ataque, mas as defesas foram sempre mais eficazes do que os avançados.
Sextos classificados, matosinhenses encadearam o segundo empate e perderam terreno para os lugares cimeiros, embora levem cinco jogos sem perder.

Lusa 


domingo, 21 de outubro de 2018

TRANQUILAMENTE O LEIXÕES APURA-SE PARA A 4ª ELIMINATORIA DA TAÇA



Estádio do Mar, em Matosinhos.
Árbitro: João Matos (AF Viana do Castelo).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Piquet (56) e Derick (90+3).
Leixões - Amarante, 3-1.
Ao intervalo: 1-0. Marcadores: Bura, (37 gp) Evandro Brandão,( 64). Pedro Monteiro,( 81)., Muacir, (84).

Leixões: Luís Ribeiro, Jorge Silva, Pedro Monteiro, Bura, Stephane, Ceitil, Lawrence (Breitner, 67), Luís Silva, Erivaldo (Zeka, 61), Evandro Brandão e Kukula (Derick, 72). Treinador: Filipe Gouveia

Amarante: Nené, Lamelas, César, Diogo Vila, Armando, Piquet (Alex Silva, 68), Romeu, Maia (Muacir, 58), Andrezinho, Miguelito e Marquinhos (Tiago Silva, 85). Treinador: Pedro Pinto.

O Leixões, da 2.ª Liga, apurou-se este domingo para a quarta eliminatória da Taça de Portugal, após derrotar o Amarante, do Campeonato de Portugal, por 3-1, em jogo disputado no Estádio do Mar, em Matosinhos.
A equipa de Matosinhos atingiu o intervalo a vencer já por 1-0, golo de Bura, aos 37, na conversão de uma grande penalidade, e chegou aos 3-0, com tentos de Evandro Brandão (64) e de Pedro Monteiro (81), tendo a equipa de Amarante reduzido aos 84, por intermédio de Muacir.
Apesar de ter começado melhor e de ter criado perigo aos 21, após cabeceamento de Piquet, o Amarante viu o Leixões chegar à vantagem aos 37, quando Bura converteu uma grande penalidade, a castigar uma mão dentro da grande área.

Embora a equipa visitante tenha reagido e tentado a igualdade, foi o Leixões a voltar a marcar, por Evandro Brandão, aos 64, e depois por Pedro Monteiro (81).
O momento da tarde estava, contudo, guardado para Muacir, que, aos 84 minutos, recebeu à entrada da área, levantou a bola e atirou forte à meia volta para o golo do Amarante, fixando o resultado final.

Fotos Leixões SAD
Lusa.


DIVISÃO DE PONTOS JUSTA ENTRE PADROENSE E SALGUEIROS


9ª J da Divisão d´elite AF Porto Série 1
Estádio do Padroense FC – Padrão da Légua
Árbitro João Pereira
PADROENSE FC 1 SC SALGUEIROS 1
Ao intervalo 1-1, golos Jardel (31`) Josemar (35`)

PADROENSE: Moreira, Estebaínha, Fábio, Lindolfo e Taipa; Ivan, Guilherme (Juca), Leitão, Mesquita (André), Jardel (João Pinto) e Ricardo (Gorito). Treinador João Costa

SLAGUEIROS: Rui Neves, Steven, Bouças, Monteiro, Raul; Pedro Nova (Jorginho), Rui Lima, Neves (Issouf), Ruben, Josemar e Dinis (Ibeh). Treinador Daniel Portel.  

Jogo bem disputado, mas nem sempre bem jogado em que o equilíbrio foi a nota dominante ao longo dos 90 minutos, com poucas oportunidades nos primeiros 45 minutos, uma para cala lado, primeiro para o Salgueiros em que Moreira guarda-redes dos Bravos de Matosinhos se opôs com classe ao dianteiro salgueirista Dinis. Depois para o Padroense em jogada coletiva que terminou no funda da baliza com um remate de Jardel. Não durou muito a vantagem dos matosinhenses, pois 4 minutos depois aos 35`Josemar de cabeça bateu moreira e restabeleceu a igualdade.

No segundo tempo o cariz do jogo não se alterou, muito disputado a meio campo, coube a vez a Ibeh ficar na cara de Moreira, mas o guarda redes do Padrão com uma tapinha na bola tirou o pão da boca ao avançado Salgueirista, na reposta os homens da casa levam muito perigo ao ultimo reduto de Paranhos defendido por Rui Neves. De destacar também um forte remate e bem colocado desferido por Gorito que levava o selo de golo mas Rui Neves fez a defesa da tarde, em voo e com aponta dos dedos envia a bola para canto evitando o golo do Padroense

O final chegou com a repartição de pontos resultado que se ajusta ao que se passou durante os 90 minutos de um jogo bem arbitrado por João Pereira . 

Fotos de Anabela Delgado 

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

TEMOS CANDIDATO? PADROENSE SAI A SORRIR DA CIDADE MAIA


8ªJ da Divisão d´Elite AF Porto
Estádio Municipal da Maia
Árbitro Hugo Pacheco
Cartão Vermelho (Ricardinho (39`) Renato (90+2`)
MAIA LIDADOR 2 PADROENSE FC 3
Ao intervalo, 1-2 Marcadores, Guilherme (5`), Leitão (42`) Igor (44`) Mesquita (59`), Pedro Neto (89`)

MAIA LIDADOR: Miguel Paiva, Pedro Neto, João Reis (Rui Carvalho 46), Vasco Nogueira, Renato Maia (Xu 46), Igor, Ricardinho e Zhang (João Carvalho 69), Henrique (Tomás Gomes 69) Diogo Teixeira (Diogo Guimarães 46) e Cafú. Treinador Nuno Teixeira

PADROENSE FC: Moreira, Pereira, Carneiro (Ivan 46), Ricardo (Renato 62), Mesquita (Geovani 72), Leitão (João Pinto 62), Jardel (Gorito 82), Barny, Taipa e Guilherme. Treinador João Costa

Grande jogo na Maia com duas equipas que ocupam os lugares cimeiros da tabela, os Bravos de Matosinhos saíram a sorrir da cidade Maia com três pontos na algibeira. Temos candidato?  
Padroense entra melhor e logo à passagem do minuto 5 Guilherme na origem de um livre bate Miguel Paiva pela primeira vez. Os Maiatos responderam em busca da igualdade e apos algumas tentativas falhadas, Leitão faz o segundo para o Padroense, sem que antes os maiatos ficassem reduzidos a 10 elementos. Em cima do intervalo Igor reduziu para o Maia através de uma grande penalidade

No segundo tempo e a jogar em superioridade numérica os Bravos de Matosinhos desperdiçaram várias oportunidades, mas ao minuto 58 Mesquita faz o 3 golo dos matosinhenses. Os Maiatos que sempre lutaram e acreditaram ser possível não perder esta partida o melhor que conseguiram fazer foi  reduzir a vantagem em cima do apito final

fotos Jorge Peixoto 


domingo, 14 de outubro de 2018

EM DIA DE ESTREIAS LEÇA BAQUEOU FRENTE AO LÍDER


Estádio do Leça FC em Leça da Palmeira
Árbitro Duarte Oliveira
LEÇA FC 1 GONDOMAR SC 3
Ao intervalo, 1-1, marcadores, Marcos Medeiros (26 `) Vieirinha (38`) Diogo (49 e 60)

LEÇA FC: Bruno Monteiro, Joel, Alex, Max e João Pedro; André Sousa (Isaac Sissé 59) Pedro Pinto e Teles; Marcos Medeiros (Miguel Ângelo 71) , Pedro Prazeres (Areias 65) ; Diogo Pedras: Treinador Domingos Barros.

GONDOMAR SC: Yeczem, Mica, Zé Pedro, Pedro Meneses e Huguinho;  Rojas (Miccoli 75 ), Fabinho (V. Pinto 88)e Cai (Abdoulay 34) Diogo, Vieirinha, Andres . Treinador José Alberto.

O Líder entrou melhor na partida mas foi sol de pouca dura, pois a turma do Leça rapidamente equilibrou o jogo e aos 26 minutos abre o ativo com um golo de Marcos Medeiros assistido pela direita por Joel que cruzou com conta peso e medida. O jogo entra numa toada de parada e resposta com o perigo a rondar ambas as áreas, e foi o Gondomar a chegar à igualdade com um tenro de Vieirinha que finalizou de cabeça, já dentro da pequena área.
O intervalo chegou com uma igualdade que se ajustava

No segundo o tempo o cariz do jogo não se alterou, bola lá, bola cá, e depois de o Leça estar próximo do golo, Pedro Meneses salva em cima da linha de golo, foram os visitantes a consumar a reviravolta com um tento de Diogo. E quando o Leça estava perto do empate eis que o golpe fatal nas suas pretensões surge em jogada de contra golpe e finalizada mais uma vez por Diogo. Golo, o terceiro que acabaria com o jogo em termos de vencedor, pois daí até ao fim o Leça foi incapaz de incomodar muito por culpa dos gondomarenses que geriram o jogo até ao final
DESTAQUES : Max um ucraniano que veio para ficar no eixo defensivo leceiro e a estreia de Isaac Cissé ponta de lança marfinense que fez a sua estreia com a camisola verde e branca. Bruno Monteiro sem culpas nos golos sofridos exibiu-se a grande altura
Próxima jornada os leceiros vão até Vildemoinhos, Viseu para defrontar o Lusitano FCV.

Fotos de Anabela Delgado 

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

SURPREENDENTEMENTE PEDRAS E RAMALHO SAEM DO LEÇA


Anunciado em forma de comunicado pela direção do Leça FC na sua página oficial (facebook) .
A família leceira foi apanhada de surpresa com esta decisão, fazendo prever que algo se passa no seio do Leça e que outros jogadores poderão seguir os mesmos passos  

A Direção do Leça Futebol Clube informa que os atletas Sérgio Pedras e Hugo Ramalho terminam os seus vínculos desportivos com o clube.
Agradecemos aos atletas a dedicação e empenhamento colocados ao serviço do nosso clube desejando as maiores felicidades para o futuro.
A Direção,


Os jogadores confirmam também nas redes sociais que abandonam equipa que ajudaram a subir ao Campeonato de Portugal

PEDRAS «Venho por este meio comunicar a minha saída do Leça F.C.
Quero agradecer a todos os meus colegas de equipa pelo tempo maravilhoso que passamos. Aos adeptos um muito obrigado pela forma como fui recebido e acarinhado . Aos funcionários um muito obrigado por tudo...
Grande abraço»

RAMALHO « Muito bem meus amigos,aqui vai...
A partir de hoje deixo de ser jogador do Leça F.c.
Estou de consciência tranquila de que tudo fiz para que este clube conseguisse chegar a outros patamares. Agradeço a todos que tornaram isto possível.
É com baste tristeza que vos deixo neste momento.
Um grande abraço a todos.
No que precisarem estarei sempre disponível
Até sempre»  

foto DR 


terça-feira, 9 de outubro de 2018

MOREIRA EM GRANDE NÍVEL NA VITÓRIA FOLGADA DO PADROENSE


Estádio do Padroense. Padrão da Légua. Senhora da Hora
Árbitro: Miguel ribeiro
PADROENSE 3 VARZIM B 0
Ao intervalo, 1-0 Marcadores Fábio (22 e 55) Estebainha (84)

PADROENSE: Moreira, Renato, Fábio, Carneiro , Mesquita (Estebainha 65), Lutchindo (Barny 46), Jardel (Leitão 68), Lindolfo, Ivan, Juca (Ricardo 65) Taipa . Treinador João costa

VARZIM b: Ismael, Jota, António, Gonçalo e João Pedro (Moreira 67), Emanuel, Pablo, Kiko Vale (Barbosa 67), De Varga, Diegues (Rodrigo 67) e Marcos. Treinador André Carvalho

Jogo disputado entre duas equipas com posições diferentes na tabela classificativa .
Mas foi o Varzim o primeiro a criar perigo, logo  aos 9 minutos por Kiko ,mas Moreira guarda redes dos Bravos de Matosinhos opõe-se com grande defesa.
Aos 22 m um defensor do Varzim joga com a mão a entrada da área, Fábio foi chamado a converter a marcação do livre e faz o golo.
Ainda na primeira parte o avançado dos visitantes Mbarga isola-se o guarda redes Moreira opõe-se com muita classe.
Aos 45 m Lindolfo faz falta dentro da área de rigor e o árbitro Miguel ribeiro  aponta a marca de 11 metros (grande penalidade)  Moreira a grande altura, segura a vantagem da sua equipa defende para a frente e na recarga leva a melhor sobre o avançado poveiro  
Aos 55 m livre à entrada da área do Varzim e Fábio mais uma vez chamado para a cobrança, não perdoou e estava feito o segundo para o Padroense
Já na parte final do jogo Estebainha (84`) remata para a baliza e a bola toca num jogador (Moreira) do Varzim e trai o seu guarda redes fechando o jogo com o  terceiro para o Padroense.


Foto Júlio Moreira

RESULTADOS DESPORTIVOS







FUTEBOL SÉNIOR DE MATOSINHOS

6ª Jornada Ledman Ligapro
LEIXÕES SC  1 UD OLIVEIRENSE  1
Campeonato de Portugal  7ª Jornada
UNIÃO DA MADEIRA 2 LEÇA FC 1
Divisão d´elite 7ª JORNADA série 1
CANELAS GAIA 4  FC INFESTA 1
PADROENSE FC 3 VARZIM B 0
SC RITO TINTO 2 UD LAVRENSE 1
AF Porto Taça AF Porto
2ª ELIMINATÓRIA
SC SENHORA DA HORA 1 CASTELO DA MAIA 1 (4-5 penaltis)
ATAENSE 0 FC PERAFITA 3
PENAMAIOR 3  LEÇA DO BALIO  2
CUSTÓIAS FC 5 FC VILA BOA QUIRES 0
PEROSINHO 1 ALDEIA NOVA  0



 



segunda-feira, 8 de outubro de 2018

CICLO DE VITORIAS (4) INTERROMPIDO COM EMPATE CASEIRO


6ª jornada da Ledman Ligapro
Estádio do Mar, em Matosinhos.
Árbitro: António Nobre (AF Leiria).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Boukassi (21), Serginho (26), Filipe Gonçalves (37), Mathaus (80), Matheus (83) e Roniel (87).
LEIXÕES  1 OLIVEIRENSE 1
Ao intervalo: 0-1.Marcadores: Fati, (35`) Roniel,( 72´)

Leixões: Tony, Jorge Silva, Bura, Pedro Monteiro, Derick (Zeka, 46), Ceitil, Amine (Evandro Brandão, 46), Lawrence, Breitner (Matheus Costa, 66), Roniel e Kukula.  Treinador: Filipe Gouveia.

Oliveirense: Coelho, Alemão, Mathaus, Wellington, Ricardo Tavares, Filipe Gonçalves, Oliveira (Paraíba, 77), Boukassi, Serginho (Matheus, 79), Fati e Moreno (Alef Manga, 51). Treinador: Pedro Miguel.

Depois de ter feito dois avisos, aos 16 e 28 minutos, Fati surgiu aos 35 entre os centrais contrários para abrir o marcador com um pontapé colocado, correspondendo a um cruzamento da esquerda de Ricardo Tavares.
Na segunda parte, o Leixões assumiu o jogo, cresceu na partida e depois de Kukula (57') esteve perto do empate. Aos 66`m, Filipe Gouveia retira do campo Breitner e coloca Matheus Costa um defesa central para poder libertar Bura para o ataque, alteração táctica que produziu efeitos na turma leixonense. Como referência no ataque Bura lança Roniel na área, para um remate na passada a fazer o empate iam decorridos 72 minutos de jogo
Nos descontos, Ricardo Tavares (90+1'), evitou de cabeça o segundo tento do Leixões, com um desvio de cabeça na molhada, antes de Roniel (90+2') arriscar o remate à entrada da área, fazendo-a sair junto ao poste direito, desperdiçando a oportunidade de somar quarta vitória consecutiva na prova.
Próxima jornada a equipa de Matosinhos vai até Viseu para defrontar o Académico local

Foto Duarte Rodrigues 

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC