RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

DÉRBI COM PULMÃO, GOLOS E MUITA EMOÇÃO


2ª Jornada Divisão de honra AFP
Complexo Desportivo Leça do Balio
Árbitro: Armando Mendes
Arbitragem excelente sem influencia no resultado
LEÇA DO BALIO 2 LAVRENSE 3
Ao intervalo, 1-1 Golos, Barreira (40) André Ribeiro (42), Mesquita (73), Hugo (82) e Hulk (87)

DL BALIO: Diogo, Hugo, Queimado, Tiago, Bruno Damas (Daniel 75) André (Nélson Batista 75), Luís (Marco Ferraz 75), Francisco (Zé Henriques 83), Félix, Carlos Diogo e Fábio Loureiro. Treinador Júlio Silva

UD LAVRENSE: Padrão, Fradinho, Trivelas, Mesquita,  Zidane (Hulk 79), Valmor Henrique (Léo 79), Barreira, Batista, Fábio Ferreira (Noverça 79) Luís E anunciação (Gandarela 46) . Treinador Nuno Gonçalves.

 Grande jogo disputado em Leça do Balio, com muita emoção, golos e a incerteza do resultado final até ao fim.
Muita entrega por ambas as equipas, com a equipa Lavrense a entrar melhor, jogando com a bola pelo chão e impondo velocidade, pelo outro lado, um jogo mais direto, tornando o espetáculo muito atrativo em ritmo de parada e resposta.
Os visitantes chegam ao golo através de bola parada, Parreira desvia de cabeça abrindo o marcador. Praticamente na resposta e de forma rápida apanhado a defensiva Lavrense na “curva” os da casa igualam a partida por intermédio de André Ribeiro.
No segundo tempo a toada não se alterou, bola lá e bola cá…chegou a vez de Gandarela em lance individual a descobrir Mesquita que de fora da área bate de novo o guardião Diogo.
O Leça do Balio não desarma e por duas vezes esteve perto de empatar mas Padrão segura a vantagem dos visitantes. Depois de tanta insistência no ataque os Balienses chegam à igualdade por Hugo. Quando já todos se preparavam para dividir os pontos, eis que Hulk já em período de descontos faz o golo dando os três pontos à sua equipa, conseguindo o pleno de vitórias em duas jornadas.      

COM HONRAS DE TELEVISÃO, LEÇA VENCE E ASSUME LIDERANÇA ISOLADO



Estádio do Leça em Leça da Palmeira
4ª Jornada da Série B do Campeonato Portugal  
Árbitro: Marco Cruz (Porto)
LEÇA 1 VALADARES 0
Ao intervalo 0-0 Golo  Isaac (78)

LEÇA FC. Cristiano, Zé Carlos, Pecks, Cláudio , Paulo Lopes, Teles, Nélsinho, Bruno Simões,  Pedro Prazeres (Vieira 66), Isaac (Jair 89), Adilson. Treinador Domingos Barros

VALADARES GAIA: Igor, Júnior, Quishini, André Cosme, Vitor Lobo (Cristiano 75), Fábio, Pedro Silva, Jonathan (George 54), João Sousa, Taofiq, João Beirão (João Rodrigues 62). Treinador Alexandre Ribeiro

Em encontro com honras de televisão (Canal 11 com a chancela da FPF) Leça engalanou-se e fez jus à condição de equipa 100 % vitoriosa na série B.
Vindo de uma derrota em Gondomar para a Taça de Portugal (O Leça foi repescado para a 2ª eliminatória)  Venceu o Valadares Gaia por uma bola a zero com tento Leceiro a ser apontado por Isaac.

Esquecendo por completo a derrota em Gondomar (mal menor pois o Leça continua na prova) a equipa de Domingos Barros entrou forte e determinado, num jogo de parada e reposta. Zé Carlos primeiro e depois Pecks estiveram à beira de marcar para os leceiros. Enquanto os visitantes apenas por uma vez ameaçaram a Baliza do Leça com bastante perigo.
O segundo tempo a toada foi de equilíbrio, sempre com o Leça com os olhos focados na Baliza de Igor, espreitando a melhor oportunidade, que surgiu à passagem do minuto 78, e aí Isaac não se fez rogado e fez o único golo do encontro.    



Domingos Barros no rescaldo da vitória
 “Encontramos um Valadares muito bem organizado, a tentar impedir o nosso jogo interior e a procurar ganhar os duelos nos corredores. Fomos pacientes, nunca nos desorganizamos, desgastamos bastante o adversário e com alguma naturalidade chegamos ao golo. Vitória justa da nossa equipa

Fotos Leça FC 

“A” GRAÇA CHEGOU NO FIM

2.ª Liga, à quinta jornada 
 Estádio Santos Pinto, na Covilhã 

 Árbitro: João Malheiro Pinto (AF Lisboa). 
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Harramiz (18), Adriano (54), Deividson (58 e 86), Rui Silva (64), Zarabi (65), Kukula (82) e João Graça (90+5). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Deivison (86) 

 Sporting da Covilhã-Leixões, 2-3. 
 Ao intervalo: 0-0. Marcadores: André Claro, (47) Deivison,(60). Burra, (67). Adriano, (73). João Graça, (90+2). 

 Sporting da Covilhã: Carlos Henrique, Tiago Moreira, Brendon, Zarabi, Soares (Joel Vital, 78), Gilberto, Mica Silva, Adriano, Jean Batista (Deivison, 56), Bonani (Leandro Pimenta, 90) e Kukula. Treinador: Filó. 

 Leixões: Stefanovic, Rui Silva, Bura, João Pedro, Vítor Bruno (Junior Sena, 71), Amine, Luís Silva, Poloni, Braga, Rodrigues (André Claro, 46) e Harramiz. Treinador: Carlos Pinto. 

Leixões impõe ao Covilhã a primeira derrota (2-3) na 2.ª Liga. 

 Os cinco golos foram marcados na segunda metade e João Graça fixou o resultado final, aos 90+2 minutos, quando os 'leões da serra' estavam a jogar em inferioridade numérica. Os serranos, que somavam por vitórias os quatro jogos disputados, e o emblema de Matosinhos, na segunda metade da tabela, apenas com uma vitória, entraram em campo cautelosos e ambos preferiram não correr riscos. A formação orientada por Carlos Pinto entrou melhor, mas as ocasiões de golo na primeira parte foram protagonizadas pelos 'leões da serra'. Ao minuto 25, Adriano Castanheira obrigou Stefanovic a intervir e, na recarga, Kukula, com a baliza à mercê, foi perdulário, e, aos 31, em resposta a um canto batido por Gilberto, Kukula cabeceou por cima. Já perto do descanso, um remate de fora da área de Mica Silva desviou em Vítor Bruno e a bola passou rente ao poste. No primeiro minuto dos descontos Adriano Castanheira obrigou Stefanovic a uma defesa apertada.

O reatamento começou com o Leixões a inaugurar o marcador, por André Claro (47 minutos), acabado de entrar em campo e depois de um ressalto feliz. O golo tornou o jogo aberto, mais dinâmico e o Sporting da Covilhã chegou à igualdade por Deivison (60 minutos), assistido por Bonani, mas o emblema de Matosinhos voltou a ganhar vantagem aos 67, num lance com muita gente na área, onde João Pedro, Brendon e Bura saltaram e a bola entrou, com o central a festejar. Os locais voltaram a reagir e Adriano Castanheira, que no início da partida recebeu o troféu de melhor jogador de agosto da II Liga, rematou de primeira de fora da área, em arco, e repôs a igualdade, aos 73 minutos. Os serranos ficaram reduzidos a 10 jogadores depois da expulsão de Deivison, por acumulação de cartões amarelos, aos 86 minutos, e, já nos descontos, aos 90+2, João Graça, outro jogador saído do banco, selou o triunfo do 'onze' de Matosinhos. 

 Fotos Duarte Rodrigues

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC