RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 4 de junho de 2018

JOGÃO DE BOLA! GOLOS EMOÇÃO E POLÉMICA. FIRMA PEDRAS VOLTA A DECIDIR


5ª Jornada do Paly off de acesso ao Campeonato de Portugal
Estádio do Leça em Leça da Palmeira.
Árbitro João Gonçalves AF Porto
LEÇA FC 4 VALADARES GAIA FC 3
Ao intervalo, 1-2 . Golos João Beirão (16), Fábio Rola (38), Sérgio Pedras (42 e 52 gp) Diogo Pedras ( 67 e 90+2) Rafa (85)
Cartão vermelho João Beirão (57)

LEÇA FC : Gabi, Joel, Vitor Fonseca, Ramalho e Paulo Lopes (Alex 75), Marcos Silva, Pedro Pinto, Sérgio Pedras (João Castro 90+4), Areias (Noura 90+4), Diogo Pedras (Cheta 90+4) e Zé Carlos (Caio 75). Treinador Domingos Barros. 

VALADARES GAIA: Fábio Carvalho, Rui Pedro (Rato 70), Álvaro, Bruno e Vitor Lobo; Fabinho, Jonathan ( Osório 50) Paulinho, Fábio Rola (Carlos Pinto 50), João Beirão e Joãozinho (Rafa 70) Treinador Paulo Campos.  

Jogão de bola em Leça da Palmeira, com golos (7) emoção e polémica.
Muito público nas bancadas de um estádio com todas as condições para prática do futebol.
Jogo de carácter decisivo mais paras as aspirações dos gaienses, que entram nesta partida conscientes das dificuldades e com cautelas e pragmatismo, chegaram à vantagem de duas bolas tirando partido de alguma apatia da turma leceira.  O Leça ainda reduziu antes do intervalo por Sérgio Pedras, golo que serviu de tónico para o segundo tempo.

Segundo tempo a equipa leceira entra com tudo e chega à igualdade ao minuto 52 de novo por Sérgio Pedras a converter uma grande penalidade.  Ao minto 56, o caso do jogo, João Beirão pelo lado esquerdo entra na área e ao passar por Vítor Fonseca, cai no terreno (Tocado pelo defensor leceiro? Ou simulação? Eis a questão!) João Gonçalves bem colocado marca falta ao atacante e mostra-lhe o amarelo, o 2º e a consequente expulsão. Três minutos depois o caldo entornou em Leça da Palmeira, Zé Carlos foge pela esquerda e já dentro da área é derrubado por um gaiense, João Gonçalves aponta a marca de 11 metros, os protestos da equipa visitante não se fizeram esperar, muita discussão à mistura que desconcentrou o avançado Sérgio Pedras que desperdiçou a oportunidade de passar para a frente do marcador.

A reviravolta aconteceu pelo inevitável Diogo Pedras à passagem do minuto 67. A jogar em superioridade desde o minuto 57, o Leça parecia ter o jogo controlado, mas a reacção da boa equipa do Valadares aconteceu ao minuto 85, jogando um futebol direto, de um livre apontado por Paulinho ainda no seu meio campo, resultou o golo da igualdade apontado por Rafa que na recarga bateu Gabi sem apelo nem agravo. Já em tempo de compensação Diogo Pedras volta a marcar fruto da insistência leceira no ataque.


Com este triunfo os Leceiros ficam muito perto do CP, precisando para isso de um ponto  na ultima jornada, em Paredes.

Fotos de Anabela Delgado

PADROENSE PERDE A TAÇA NA LOTARIA DOS PENALTIS

Estádio Manuel D. F. M. Moreira - Rebordosa, Paredes
Final da Taça da AF Porto “ Gaiense” 2017/18
Árbitro José Beça AF Porto
SC Rio Tinto 0-0 Padroense FC
* Desempate nas grandes penalidades (4-3)


SC RIO TINTO:  Matos, Simão, Jorge Pereira, Boni, Macieira (c) (Pedro 76) Andrezinho, Carlos Sousa (Careca  75), João Novais, Ricardinho, Bruno Teixeira e Maga (Diogo 65): Treinador Pedro Ferreira.

PADROENSE : Moreira, Renato (Freitas 84) , Meneses, Fábio, Taipa, Xoura, Carneiro (Cacheira 60), Ivan (André 84), Medeiros, Pedro Oliveira (C) (Bruno 84), Mesquita. Treinador João Costa
A festa do futebol da maior associação de futebol do pais, teve lugar no passado sábado em Rebordosa.

Tarde de sol com muitos adeptos, entre eles várias individualidades e agentes desportivos , mas um jogo sem grande motivos de interesse. Equipas muito concentradas e que pouco arriscaram, não dando espaços para os dequilíbrios ofensivos, mesmo assim  4 minutos de jogo Mesquita isolado pela direita teve tudo para fazer golo. Mesquita tenta o alvo de novo à passagem do minuto 19 mas a bola sai por cima, 34 minutos é a vez de Medeiros a emitar o seu colega. Bem organizados defensivamente o SC Rio tinto  tem a sua chance aos 36 minutos nos pés de Ricardinho, mas Moreira impõem-se garantindo o nulo.

Na etapa complementar a equipa de Pedro Ferreira, vem com outra atitude, conseguindo comandar as operações e criando mais oportunidades que o seu adversário. Ricardinho de novo e Maga estiveram muito perto de abrir o activo. Bruno Teixeira de com um bonito golpe de Cabeça, faz Moreira brilhar a grande altura. Na parte final do jogo, Central Fábio do Padroense atira forte para defesa apertada de Matos e em cima do final do jogo Pedro Freitas dentro da área pelo lado esquerdo depois de ter tirado a bola a Simão, fica a centímetros do golo.  
A decisão veio nas grande penalidades Final decidida nas grandes penalidades,   no SC Rio tinto falhou a grande penalidade Boni. No Padroense FC, Desperdiçaram as Grande penalidades Freitas e Medeiros.  O Penalti decisivo foi convertido por Ricardinho

SC Rio Tinto vai participar na Taça de Portugal na próxima época.

Fotos de Anabela Delgado 

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC