terça-feira, 1 de novembro de 2016

LEANDRO CUNHA DEIXA A UD LAVRENSE

Leandro Cunha apos a derrota (6ª) na divisão d´elite, no reduto do SC Rio Tinto, anunciou a sua saída da equipa de Lavra na sua página Facebook oficial.
 
Mister Leandro deixa passar no seu discurso alguma mágoa de não o deixarem levar o clube a bom porto (Manutenção na Elite) dizendo mesmo que sempre cumpriu os objectivos e como tal este seria também alcançado. Acrescentando também que ficará para sempre ligado ao clube, ligado directamente ao maior feito até então conseguido pelo clube de Lavra.
 
  Leandro Cunha que subiu à Divisão d´Elite deixa equipa com um score muito medíocre, 9 jogos apenas uma vitória essa na primeira jornada…a equipa já não conhece o sabor da vitória há 8 jogos pelo meio um empate caseiro frente ao Gondim(3ªJ) e outro no dérbi matosinhense disputado em Leça da Palmeira (6ªJ), 8 golos marcados, 16 sofridos, estes os números que não permitiram a sua continuidade.

DESCONCENTRAÇÃO APROVEITADA POR PAULINHO TEIXEIRA QUE FEZ HATTRICK

Divisão d´Elite Pro Nacional AF Porto 9ª jornada 
Estádio do Padroense Árbitro Tiago Loureiro 
PADROENSE 1 OLIVERIA DO DOURO 3 
Ao intervalo.0-2, Golos Paulinho Teixeira (5, 13, 50) Barbosa (73) 

PADROENSE: Beleza, Meneses, Miranda, Ricardo (Mateus 23), Mesquita, Medeiros (Barbos 63), João Pinto, André (Pereira 63), Paulinho, Ivan (Alex 46) e Taipa. Treinador. 

OLIVEIRA DO DOURO: Artur, Pesanha, Espincho (Canedo 74) , Rui Carvalho, China, Kaká (Crsitiano 63), Paulinho Teixeira (Eiras 74), Nando, F Gabriel (Pereira 28), Nuno Pinto (Edgar 74) e Fabinho. Romulo Silva.

   
 Padroense que até tem apresentado argumentos para fazer um campeonato com os primeiros lugares sempre na mira, pagou hoje muito caro a entrada quanto a nós muito displicente e aos 13 minutos já perdia por -0-2. E quem tem na sua equipa um jogador como Paulinho Teixeira, tem tudo, o Oliveira do Douro rapidamente resolveu o jogo a seu favor, primeiro num remate enrolado e o segundo na transformação de uma grande penalidade cometida no vértice da área( (Falta de derrube de Meneses a China, ele que vestiu a camisola do Padroense a época passada. A perder por 0-2, a equipa de Augusto Mata foi à procura do prejuízo, tomando conta do jogo e sempre em posse da bola lá foi dominado o jogo sem contudo criar grande perigo, pois todas as suas investidas esbarravam na bem organizada defensiva gaiense. Excepção feita em cima do intervalo, quando na sequencia de um pontapé de canto Mesquita esteve perto do golo.

   

O segundo tempo abriu com uma excelente oportunidade de Meneses para reduzir mas o central remata forte mas ao lado. 50 minutos outra vez Paulinho Teixeira a fazer um golaço (remate de fora da área com grande colocação) concretizando o Hattrick. Responde o Padroense que sempre esteve na posse da bola, com Mateus na cara de Artur que defende com segurança. Mesquita ele bisou na jornada anterior, esteve perto de atingir o alvo quando de cabeça remata fraco e à figura de Artur. Aos 73 Barbosa na sequência de um livre reduz para o Padroense. O Oliveira do Douro que a vencer não fez mais do que de alguma forma, gerir o jogo e o resultado, juntando linhas e explorando o contra ataque. Resultado justo que penaliza e serve de aviso à jovem equipa do Padroense para que no futuro não cometa a mesma desconcentração inicial.

LEÇA DO BALIO CEDE EM CASA FRENTE AO VILA

 
Divisão Honra AF Porto, jornada 5 .  
Complexo Desportivo de Leça do Balio, em Matosinhos. 
Árbitra: Sílvia Pereira. 
D LEÇA DO BALIO 1 VILA FC 2
 Ao intervalo, 0-0 golos Miguel Mendes (77), Diogo (85) e Rafa (90+2gp). 

LEÇA DO BALIO: Pedro; Guedes, Cardigos, Cunha e Tiago Costa (Pedro Reis, 46); Carlos Diogo, Malta e Pedro Gomes (Davi, 75); Grade (Sousa, 75), Ricardo e Rafa; Treinador: Prof. Manuel Gonçalves. 

Vila FC: Fábio; André Fonseca, Miguel Mendes, Pedro Oliveira (Rui Carmo, 75) e Basílio; Neves, Nuno Sousa e Diogo; Jorginho, João Diogo, e Rodri. Treinador: António Remelgado. 

O Desportivo Leça do Balio voltou a perder no seu estádio, desta vez perante o Vila, que somou três pontos. A equipa da casa entrou em campo com vontade de vencer, mas na verdade não conseguiu traduzir essa vontade na qualidade do seu jogo. Sem forma de desbloquear a tática adversária no primeiro tempo os aurinegros praticamente não incomodaram o guarda redes visitante. 

No segundo tempo a partida continuou equilibrada com ligeiro ascendente para a equipa do Vila, que aproveitou a sua maior experiência para se colocar em vantagem no marcador aos 77 minutos por intermédio de Miguel Mendes, aproveitando uma falha defensiva. A equipa orientada pelo Professor Manuel Gonçalves tentou reagir aproximando-se da baliza contrária em procura do empate na partida e esteve perto do golo por intermédio do avançado Ricardo. Passados oito minutos do primeiro golo visitante, num contra ataque o Vila fez o segundo golo e praticamente arrumou com a partida. No período de compensação Rafa de grande penalidade reduziu a desvantagem no marcador.
Na próxima jornada o Leça do Balio desloca-se a Vila Nova de Gaia, ao reduto do último classificado, para defrontar o Leverense.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC