RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

terça-feira, 13 de novembro de 2012

BRUNO FREITAS (CAPITÃO) É SINÓNIMO DE HUMILDADE



Bruno Miguel Silva Freitas, nascido em 1993-07-20 (19 anos), defesa central/trinco. Passou pelos escalões de formação do Leixões SC (5 épocas), SC e Salgueiros (2 épocas) e por último o Leça FC (2 épocas). Está viver esta época a sua primeira experiencia como futebolista sénior.
 
Está a ser uma época que supera todas as espectativas, BRUNO FREITAS ou BUSQUETES, como quiserem tem sido utilizado com regularidade e no último jogo realizado pelos leceiros ostentou a braçadeira de capitão, durante os 90`minutos frente ao Pedras Rubras, que terminou com o resultado de 2-2. O dia 11 de Novembro de 2012 vai ficar gravado para sempre na memória do jogador.
 
MITCHFOOT - O que sentiste com a braçadeira de capitão da equipa principal do Leça no teu braço esquerdo?
 
BRUNO FREITAS - Não há palavras para descrever o momento que tenho vivido em vestir a camisola do Leça enche- me de orgulho, espero continuar. Foi muito gratificante para mim, ser capitão do Leça é o melhor que me podia acontecer, mas continuo e continuarei a ser um jogador como os outros, espero ajudar o clube a crescer.
 
M. - O que perspetivas para o futuro com futebolista?
 
B.F. - Tenho os pés bem assentes no chão, gosto de viver cada momento ao máximo, e continuar a trabalhar arduamente para concretizar os meus objetivos.
 
M. - Quem é o Bruno, fora do futebol?
 
B.F. - Fora do futebol estudo, estou a concretizar o 12º ano, e muitas vezes trabalho com o meu pai, mas a minha maior paixão é o futebol onde está sempre comigo 24 horas sobre 24 horas.
 
M. - O porque da alcunha de Busquetes?
 
B.F. - Tudo começou no ano passado na minha época de junior do Leça, em que jogava ou a trinco ou a central, foi ai que um dos meus treinadores Tiago, deu-me essa alcunha, desde ai os meus companheiros de equipa também aderiram e começaram a chamar-me de Busquetes.
 
M. - Qual o clube do teu coração?
 
B.F. - Sporting e principalmente o grande Leça
 
MITCHFOOT - Uma mensagem para os adeptos?
 
BRUNO FREITAS - Primeiro os agradecimentos…pausa e prosseguiu. ” Desde já agradeço a todos os leceiros que comparecem ao estádio, tanto em casa como fora, têm sido espetaculares e incansáveis, apesar do momento da equipa. Agradecer também aos grandes ULTRAS LEÇA pela entrega e o esforço que têm sempre, é muito bom ter uma claque como esta ao nosso lado. Temos trabalhado muito para melhorar a situação do clube e acredito sinceramente que vai melhorar muito. Aproveito também para agradecer a todas as pessoas que me apoiam, e prometer sempre a minha entrega, trabalho, garra e amor pelo clube".
 
MEUS COMPRIMENTOS, OBRIGADO, FORÇA LEÇA

SERGINHO (Leça FC) FC PORTO ( e não só) ESTÁ DE OLHO NELE



Não é raro ouvir que as pérolas mais preciosas são as mais difíceis de descobrir. Talvez seja o caso de Sérgio Neves, jogador do Leça FC na III Divisão Nacional.

O Maisfutebol sabe que o defesa central, de apenas 19 anos, está a ser seguido por meio mundo. F.C. Porto incluído. No passado domingo, por exemplo, o treinador da equipa B dos azuis e brancos assistiu ao vivo o empate 2-2 entre o Pedras Rubras e o clube matosinhense. Serginho, como é tratado, voltou a fazer um golo e a encher o campo. O mercado de janeiro, é certo, irá promover a saída do jogador. Além do F.C. Porto, o nosso jornal sabe que há pelo menos um clube alemão entusiasmadíssimo com o que tem visto.

Pedro Franco, treinador do Leça FC, compara Serginho a um credenciado internacional português. «Estava na Madeira quando o Pepe jogava no Marítimo B. As semelhanças são óbvias: o Serginho é rápido, agressivo e faz muitos golos nos cantos. Faz-me lembrar o Mozer também», diz Franco, também ele um antigo central, ao nosso jornal. «Já não via um miúdo com esta qualidade para fazer a posição há muitos, muitos anos. Só não joga no F.C. Porto, no Benfica ou no Sporting já na próxima época se andarem distraídos», sentencia o treinador do Leça FC.

Singrar no futebol como forma de agradecer aos pais

Ora, perante as comparações feitas pelo seu treinador, Serginho reage com cautela. E muitos agradecimentos. «Nunca duvidei de mim. Sou um jogador naturalmente confiante, mas fico orgulhoso por essas palavras do meu técnico. Revejo-me muito no Pepe», diz-nos o leceiro. Começou a jogar no Pedrouços (até aos iniciados), mudou-se para o Candal (juvenis), foi contratado e dispensado pelo Leixões. Com mágoa. «Fui o único júnior que não teve a oportunidade de treinar com os seniores.  O Leça apareceu e nem hesitei». Titularíssimo em Leça da Palmeira, Serginho está empenhado em dar razão aos seus pais. Foram eles que o autorizaram a largar por um ano os estudos. «Para apostar tudo no futebol», explica-nos o jovem. «Completei o 12º ano e fui para Desporto, no ISMAI. Por agora, congelei a matrícula». «Todos os dias» ligam ao Leça a perguntar por Serginho

Serginho tem o sonho de jogar na liga inglesa ou num dos três grandes do futebol português. As indicações que recolhemos indicam que esse sonho pode muito bem virar realidade já depois do Natal. «Estou a par disso, sei que há muitas conversas e é óbvio que não fico indiferente. Entreguei o dossier ao Pedro Cordeiro, da Soccer Promaster, e aguardo uma informação oficial. Para já quero ajudar o Leça a ganhar jogos e a subir na classificação [10º na Série B]».

Pedro Franco, o treinador, confirma que o clube tem sido abordado «por vários clubes». «Todos os dias me ligam outros treinadores. O Serginho é um rapaz muito equilibrado e estou certo de que vai chegar muito longe».

fonte MAISFUTEBOL

TIAGO CARVALHO (UDL) = A HATTRICK



Tiago Filipe Vieira Carvalho, avançado de 21 anos, natural de Matosinhos, produto dos escalões de formação do Leixões SC (5 épocas), sendo que passou pelo SCS Hora e FC Infesta nas duas últimas épocas de junior. Depois de se ter iniciado com jogador sénior em São Mamede Infesta, passou na época anterior pelo Custóias FC. No presente é jogador do plantel da UD Lavrense, titular indiscutível, é um avançado muito promissor, jogador que não dá um lance como perdido, e um finalizador nato.
Dia 11 de Novembro de 2012, vai ficar gravado a letras de ouro na memória de TIAGO CARVALHO, o jogador obteve o seu primeiro hat-trick na sua ainda curta carreira.
 
  MITCHFOOT - Queres falar-me um pouco da tua ainda curta carreira?
 
 
TIAGO CARVALHO - A minha curta carreira (sénior) começou há dois anos no FC Infesta onde encontrei algumas dificuldades pois o plantel infestista, tinha grandes jogadores tecnicamente e com larguíssima experiencia, mas aprendi muito a saber estar num balneário, volvido um ano e meio depois e por não ser opção regular e por não me ter sido dada a oportunidade de jogar na minha posição, pois o mister José Ribeiro, insistia colocar-me como defesa lateral, decidi sair para o Custoias em Dezembro de 2011. Verdadeiramente, para mim, a minha carreira (sénior) está a começar só agora, porque jogo na minha posição natural (avançado), já sinto o sabor de 90 minutos domingo após domingo, a confiança voltou, a motivação também e os golos aparecem.
 
M. - O momento que atravessas?
 
T.C. - Acho que estou num bom momento, estou confiante, tenho trabalhado bastante para poder estar a 100% em todos os jogos e ajudar o Lavrense a conseguir os objetivos.
 
M. - O que perspetivas para o futuro com futebolista?
T.C. - Espero chegar bem longe no futebol, dou tudo o que posso e está ao meu alcance, para um dia ser recompensado, já abdiquei de trabalhos profissionais por serem incompatíveis com os horários dos treinos, para nunca deixar o futebol, aposto forte nas minhas potencialidades e o gosto que tenho em jogar futebol, para um dia poder chegar ao topo.
 
M. - O que sentiste ao marcar três golos numa só parida…a que se deve este feito?
 
T. C. - Foi uma alegria enorme para mim sem duvida, senti-me bastante feliz, desde que jogo á bola federado nunca fiz três golos num só jogo. Este feito deve-se a meu trabalho diário dou tudo todos os dias, mas se não fosse a excelente equipa em que estou inserido, companheiros que me incentivam bastante, os treinadores que acreditam no meu valor e principalmente paciência que tem para comigo apoiando-me sempre. Um hatrick num jogo importante, estou bastante contente comigo mesmo e com a maltinha toda, a entrega tem sido fantástica, parabéns a todos e obrigado a todos que tem acreditado em mim.
 
M. - Fala-me sobre ti, fora do futebol, qual os teus gostos, como é que passas o teu tempo livre?
 
T.C. – Sou um cidadão comum, um jovem como tantos outros, neste momento exerço a dura profissão de trolha, tenho de ganhar algum dinheiro para fazer face às dificuldades, pois o futebol, para já, não é fonte de rendimento. Gosto bastante de passear, adoro comer, e divertir-me com os meus amigos. M. - Qual o clube do teu coração? T.C. Sou do portista desde pequenino, mas o meu coração também tem espaço para alojar o Leixões M. -
 
Uma mensagem para os adeptos?
 

T.C. - A todos os adeptos peço que venham todos os domingos ao estádio para nos apoiar é essencial termos sempre a casa cheia para termos condições de dar muitas alegrias como já fomos capazes de demonstrar.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC