RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

DE DEFESA CENTRAL A PONTA DE LANÇA, SENINHO VIROU TREINADOR

 
 Jorge Miguel Braga Pinto, 39 anos, natural do Porto, treinador de futebol no activo, que muito recentemente deixou o cargo por opção. No mundo do futebol é conhecido por SÉNINHO, tendo sido um bom avançado que fez carreira no futebol distrital, passando também pela III divisão e 2.ª B, representando clubes como: Cerco do Porto, Boavista, Salgueiros, (formação), Candal ,FC Pedras Rubras, Oliveira do Douro, Nogueirense, São Pedro da Cova, Custóias, Bougadense, Leça do Balio e Perafita e Pedrouços. SÉNINHO terminou a carreira de jogador ao serviço do Pedrouços AC na época transacta. Pedrouços AC serviu para o arranque de uma carreira de treinador que se perspectiva positiva à imagem do que foi (sério e muito profissional) enquanto jogador. 

MITCHFOOT (M) - Seninho Pinto, conta-nos um pouco da tua história no futebol enquanto jogador? 

SENINHO (S) - É uma história do qual me orgulho... Participei no Campeonato distrital e Nacional 3 divisão e 2B... Iniciei como defesa central a minha formação e no Candal já como sénior o Mister António Pedro lançou-me como avançado e penso q foi uma boa aposta tendo em conta que despertei atenção do Pedras Rubras (III) comandado pelo Mister Chaló e acabei por conseguir o 1.º título subindo a 2.ªB, nesse ano marquei 32 golos... Depois de volta ao distrital consegui mais 3 subidas de divisão Custóias, Perafita e no Pedrouços. 

 M - Terminada a carreira de jogador, sentes-te realizado, ou ficou algo que gostarias de alcançar? S - Realizado não porque qualquer jogador gostava de ter sido internacional... Mas satisfeito e orgulhoso. M - Tantos anos de futebolista, por certo vives-te momentos inesquecíveis, queres destacar algum? 

 S - Nas camadas jovens pelo Boavista ter disputado o Nacional de Juvenis Sub14 e de ter jogado no antigo Estádio da Luz e no do Nacional da Madeira no qual fomos no mesmo avião com os jogadores do FC Porto que também jogavam na Madeira nesse fim de semana... 

 M - E o momento menos bom da tua carreira? 

 S - O momento menos bons vou destacar o fato de ter perdido o título de Campeão Nacional de Sub14 no Estádio da Luz em Lisboa, a 8 minutos do fim quando o empate já nos dava o título(…) E as duas lesões (Rotura de ligamentos) graves que tive 

 M – Apesar de te teres iniciado a defesa central, foi a ponta de lança que mais destes nas vistas, como avançado, qual foi o defesa mais difícil de defrontar? S - Sem dúvida Bruno Alves (…) No campo de treinos do Estádio das Antas, na 2.ª B, num FC Porto vs Pedras Rubras onde fui marcado por ele... M – Para ti, qual o melhor jogador do mundo? 

 S – O melhor e o mais completo, Cristiano Ronaldo (CR7) Fim da carreira de futebolista, que se considera bem positiva, fica o amargo de boca de nunca ter sido internacional, mas na memória ficam os bons momentos passados de quem conseguiu uma carreira que atingiu bons patamares. No presente, Seninho vive o futebol do lado de quem tem a responsabilidade de comandar um plantel e preparar uma equipa para jogar, domingo a domingo.

   

 M - Inicias-te a carreira de treinador, como surgiu esse convite? 

 S - Iniciei no Candal, fui convidado para treinar as Escolinhas em fut11 e estive 2 anos sem curso de treinador, e ai o meu amigo Sr Costa Soares (treinador com mais títulos ganhos nas camadas jovens do FC Porto) sugeriu que tira-se o I nível(…) Segui o concelho dele pois acreditei que ele visse em mim qualidades para treinador(…) Só este ano fui convidado pelo Pedrouços para assumir os seniores e assim dei início como treinador Sénior 

 M - Sentes-te preparado para abraçar esta nova etapa no futebol? 

 S - Preparado, sem dúvida! Pela primeira vez treinador de uma equipa sénior e com as dúvidas de muita gente (...) Olhando para o trabalho que realizei em conjunto com os meus adjuntos e claro com os jogadores, sim! 

 M - Foste ao longo dos anos treinado por vários treinadores, aprendes-te com todos eles, mas tem algum em que te possas rever? 

 S - Não posso deixar de referir o Sr. Costa Soares, embora nunca tenha sido treinado por ele... Posso referir o Mister António Pedro que tinha uma forma muito própria de estar... O mister Francisco Chalo o melhor que tive... e recentemente o Mister Manuel Pinheiro e meu Amigo Gaiteiro. Em todos eles me revejo um pouco 

 M - Sais-te há bem pouco tempo do comando técnico do Pedrouços, os resultados obtidos ficaram muto próximos da excelência. O que é que falhou, qual foi o motivo que te fez abandonar um projecto que estava a dar frutos?

S – E Verdade! Os desafios que o presidente me colocou foi em 1.º lugar, limpar a imagem do clube em termos disciplinares / ganhar o torneio da Maia / passar a 2' fase da taça Brali e tentar subir de divisão (…) Disciplina: Desde o início dos jogos oficiais tivemos 1 jogador expulso (…) performance Desportiva: 9 jogos no campeonato da divisão de Honra, 5 jogos do torneio da Maia e 3 na Taça Brali (…) A equipa, os jogadores ganharam o torneio da Maia, passaram à 2.ª fase da taça Brali e no Campeonato estavam em 2 lugar a 4 pontos do 1.º, tendo em conta que já tínhamos defrontado as equipas que estavam nos primeiros 6 lugares. ( Canidelo ,Valadares, Aliança Gandra, Gens e Gondim que se encontrava em 2.º (...) Os objetivos foram conseguidos. O que me fez apresentar a minha demissão ao Presidente, foi as constantes dificuldades criadas dentro do próprio grupo, pelo diretor desportivo futebol sénior, Sr. Pinhal, que desde início não aceitou a decisão da direcção, que passou pela minha escolha em ser o treinado principal(..) Logo complicou o trabalho, tentou inclusive mandar alguns jogadores embora, para que a equipa técnica ficasse mais fragilizada(…) Alguns jogadores que eram intocáveis em anos anteriores do clube, também não ajudavam... Assim eu próprio abordei o presidente no final do jogo contra o Gens e pedi a minha demissão, porque era impensável continuar a trabalhar nestas condições, ou seja: mudar de director desportivo e dispensar 3 a 4 jogadores para continuar o bom trabalho que estava a ser realizado. Na vida por vezes temos de tomar decisões difíceis e está foi uma delas. 

 M - Vamos ter o treinador SENINHO muito tempo fora do banco dos suplentes? Já foste contactado no sentido de regressares ao banco? 

 S - Não fui contactado e, vou aguardar serenamente, se surgir a oportunidade certamente vou analisar porque sempre disse que não estava agarrado a nada e hoje ainda podia ser o treinador do Pedrouços bastava deixar essa pessoa ter protagonismo nas minhas opções e na própria gestão do clube. 

 M - O que perspectivas para o futuro enquanto treinador? 

 S - Fazer o que gosto, ser humilde e, repare que nunca referi que fui eu ganhei o torneio da Maia, porque entendo que devemos por sempre em 1.º lugar o clube e, só depois os interesses dos jogadores (...) Eu sou assim e o que foi conseguido nunca referi que fui eu mas sim os jogadores ou " nos"... Só assim consigo estar bem e pensar no futuro. 

 M - Qual o melhor treinador do mundo? 

 S - Gosto do Guardiola mas o Mourinho está mais a frente... 

 M - Quem é o Seninho fora do futebol?

S - Sou uma pessoa normal(...) Sou proprietário de um Óptica em Campanha (Sandroptica) e acompanho o meu filho Ricardo no Boavista nos sub 13. 

 M - Qual o clube do teu coração e qual o teu prato preferido? 

 S – FC Porto (…) Gosto de comer bem... gosto de Arroz de Pato entre outros 

 M - Estamos a viver a quadra natalícia, vem aí o ano novo, queres deixar uma mensagem a todos os amantes do futebol? 

S -  Um mensagem de esperança, para que 2014 entre cheio de saúde para todos e que venha carregado de êxitos desportivos.

JOÃO VIEIRA PINTO AVANÇADO SAI DO FC INFESTA

João Pedro Vieira Gonçalves Pinto (20 anos) natural de Matosinhos, primo do malogrado e saudoso Zé Beto guarda-redes internacional dos 80/90, infelizmente já falecido. 

João Vieira Pinto, avançado (Extremo Esquerdo), já não está vinculado ao FC Infesta. Jogador formado entre Leixões SC e FC Infesta, este é o seu segundo ano de senior, a época passada representou o SC Senhora  Hora. 

JOÃO VIEIRA PINTO está livre de compromisso e disposto a envergar outra camisola e, aguarda contactos para que isso seja possivel

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC