RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 26 de fevereiro de 2012

CUSTÓIAS TROPEÇA EM CASA!


DIVISAÕ DE HONRA AF PORTO
Estádio do Custóias FC
Árbitro Carlos Andrade
CUSTÓIAS 1 CANUDELO 2
Ao intervalo, 1-1, marcadores, Rabaça (15`) David (31) Fifas (73)

CUSTÓIAS: Márcio, Danny, Luizão, Nuno Ribeiro, Magalhães (Gandarela); Edu (Mário Rui), Renato e João Dias; Tiago Carvalho, Caramalho (Nuno Santos)e David. Treinador Paulo Silva.

CANIDELO: Danny, Fifas, Coutinho, Sérgio, Rui Pedro (Lourenço), Alex, Melo, Rabaça, Tonel, Oliveira (Ruben), Joel (Vinagre).

A equipa do Custóias, fruto das duas vitórias conseguidas nas jornadas anteriores, tinha tudo neste encontro para subir na tabela classificativa, instalando-se no meio da tabela. Mas assim não aconteceu, minuto 73 foi fatídico para as hostes custóienses. De facto a equipa da casa, esteve por cima do jogo durante 70` minutos, mas não conseguiu traduzir em golos a sua superioridade, e foi mesmo a equipa forasteira a desperdiçar as melhores oportunidades de golo nos últimos minutos.
A primeira parte decorreu sob a toada do equilibriu, sem grandes momentos de aflição, junto às áreas das duas equipas. Logo aos 3 minutos de jogo, Tiago Carvalho de cabeça quase a visava a baliza à guarda de Danny. Aos 12 minutos é a vez do capitão Luizão dar o mote protagonizando uma boa intervenção ao guarda-redes do Canidelo. Aos 15 minutos, na primeira vez que a equipa de Gaia, desce com perigo, e contra a corrente de jogo, faz golo por intermédio de Rabaça, facturando de cabeça, respondendo a um cruzamento da esquerda. Demorou algum tempo, a equipa do Custóias a reagir, e ao minuto 31`chega ao empate através de David, na sequência de um livre apontado por João Dias. As equipas iam empatadas para as cabines ao intervalo.

Na segunda parte, o cariz do jogo alterou-se completamente. A equipa do Canidelo, quase abdicou de atacar, baixando as suas linhas, dando iniciativa atacante á equipa do Custóias, explorando futebol direto nas costas da defensiva custóiense. A equipa do Custóias, lutou sempre pelos três pontos em disputa. 49 minutos, Edu é pouco expedito na decisão do lance e perde uma excelente oportunidade para dar vantagem à equipa da casa. Continua a equipa do Custóias com as despesas do jogo, e aos 63 `minutos, Magalhães tem uma boa chance de livre frontal em cima da linha, do lance nada resulta. Até que ao minuto 73`, como que caiu do céu para a equipa forasteira, que nada tinha feito para o merecer, canto do lado direito e Márcio (excelente exibição) a ter uma hesitação, que lhe foi fatal, golo do Canidelo apontado por Fifas ao segundo poste. Tempo ainda para os forasteiros, desperdiçarem duas excelentes oportunidades, aproveitando o balanceamento dos custóienses no ataque, à procura do golo da igualdade, descompensando na defensiva, a equipa do Canidelo poderia ter dilatado a vantagem, mas Márcio (que não merecia o desaire no 2º golo), negou autenticamente o golo á equipa que viajou de Gaia. Destaques nesta partida; Renato e João Dias (Custóias), foram enormes ao longo dos noventa minutos, mereciam outro resultado. Arbitragem foi razoável, manifestando alguma falta de critério na amostragem dos cartões amarelos.

INFESTA EMPATA FORA E MANTEM 2ª POSIÇÃO


Estádio dos Remédios, foi o palco do jogo.

O Infesta empatou a dois golos na deslocação a Lamego, onde defrontou o lanterna vermelha no Estádio dos Remédios. A equipa orientada por José Manuel Ribeiro, até entrou bem pois logo aos 3 minutos, colocou-se em vantagem por intermédio de Tiago Dias que respondeu bem a um pontapé de canto marcado por Vitinha I. A equipa da casa, teve que correr atrás do resultado e conseguiu empatar à passagem do minuto 25 por Freitas. Na segunda parte, o Infesta volta a entrar bem e novamente ao terceiro minuto, Braga coloca o Infesta em vantagem com um grande remate à entrada da área. Mas a equipa da casa, a precisar urgentemente de pontos para fugir ao ultimo lugar da tabela, conseguiu restabelecer a igualdade à passagem do minuto 80 por Nuno Binaia, que se redimiu de uma grande penalidade falhada no minuto anterior.

O Infesta vê assim o Cesarense aumentar a distancia pontual pois esta tarde, venceu em Serzedelo por 1-2 e vê também o Sousense a iguala-lo na segunda posição, pois venceu 1-0 o Rebordosa, embora o Infesta tenha vantagem no confronto directo. Sousense, que a par de Cesarense e Infesta, já garantiu um lugar na fase de promoção, ficando ainda por decidir para as duas ultimas jornadas, as três ultimas vagas que serão disputadas por Vila Real, Grijó, Rebordosa, Vila Meã, Serzedelo, SC Mêda e Leça.

SITE FC INFESTA

LEIXÕES - UM PONTINHO CONSEGUIDO NA SERRA.


LIGA ORANGINA 20.ª Jornada
Complexo Desportivo da Covilhã
Árbitro: Cosme Machado (Braga)
Ao intervalo, 2-0, marcadores, Fofana (15') Dominic (43') Paulo Tavares (53' gp) Hernâni (89')

COVILHÃ: Igor Araujo, Joel, Ricardo Rocha, Gegé, Dani Coelho (Zézinho), Dominic (Dani Matos), Idris, Fofana, Jorge Chula (Pimenta), Gabi e Capela. Treinador, Manuel Tulipa

LEIXÕES: Fonseca, Paulinho, Nuno Silva, Hernâni, André Carvalho (Fausto, intervalo), Florent (Pedro Santos, intervalo), Marcelo, Paulo Tavares, Feliciano (Wesllem, ), Diego Mourão e Jumisse. Treinador Horácio Gonçalves

O Leixões Sport Club somou a quarta igualdade na Liga Orangina, depois de empatar (2-2) com o Sporting da Covilhã, na cidade serrana, na 20.ª jornada do campeonato. No regresso a Matosinhos, a turma do mar, trouxe na bagagem um pontinho, resultante desta difícil deslocação. Dois golos no primeiro tempo para a equipa da casa e dois golos no segundo tempo para a equipa de Matosinhos

O SP da Covilhã entra com tudo neste encontro, e logo no primeiro minuto, faz brilhar Fonseca protagonizando a primeira de muitas defesas de golo. Aos 12’ Paulo Tavares consegue encontrar Diego Mourão que após remate obriga o guardião Igor Araújo a boa intervenção de forma a evitar o golo do Leixões. Um minuto depois, golo do SP da Covilhã, após um cruzamento de Dani Coelho, Fofana de cabeça consegue bater Fonseca, abrindo assim o primeiro golo do encontro. Após várias insistências do Leixões por Diego Mourão e por Hernâni já aos 42’ o Covilhã viria a ampliar a vantagem. Novamente na sequência de um cruzamento de Chula que Dominic não desperdiça e coloca a equipa da casa a vencer ao intervalo.

Para o segundo tempo o Leixões veio com duas alterações no onze, entradas de Fausto e Pedro Santos para os lugares de André Carvalho e de Florent. O Leixões entrou com novo espírito e a equipa subiu no terreno. Prova disso foi o penalti assinalado por Cosme Machado a sancionar uma mão na bola de Dani após um remate de Diego Mourão. Paulo Tavares, chamado a converter, não falha e reduziu a desvantagem aos 52’. Apesar do maior domínio do Leixões, a equipa da casa não deixava que o conjunto de Matosinhos conseguisse violar novamente as redes de Igor Araújo. O Covilhã que viria, no entanto, a ver-se reduzido a dez unidades por expulsão de Pimenta. Em cima dos 89’ e num contra-ataque o Leixões conseguiu empatar por intermédio de Hernâni restabelecendo justiça por aquilo que a equipa de Matosinhos fez nesta segunda metade do encontro.
Na próxima jornada o conjunto leixonense regressa a Matosinhos e recebe o Portimonense SC

RESULTADOS DE 26 DE FEVEREIRO

Futebol de Matosinhos

SP COVILHÃ 2 LEIXÕES SC 2
PADROENSE FC 1 GONDOMAR 0
SP LAMEGO 2 INFESTA 2
LEÇA FC 0 MÊDA 3
CUSTÓIAS 1 CANIDELO 2
ALFENENSE 0 PERAFITA 1
LAVRENSE 2 S. MARTINHO 3
SCS HORA 0 RIO DE MOINHOS 0
ARCOZELO 1 D L BALIO 0
LUSITANOS 4 AT. VILAR 0
RAIMONDA 1 ALDEIA NOVA 3

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC