RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 20 de novembro de 2011

SCS HORA - DERROTA INJUSTA


"Injustiça"

U D Valonguense 1-0 S.C. Senhora da Hora

Grande jogo que deu moral á equipa do Senhora da Hora, mas não pontos.
A equipa de Matosinhos apresentou-se com:
Dourado, Diogo (45 Dani), Carneiro, Leandro, Ramalho, Vilas (45 Kaka), Borges (60 Sérgio), Ricardo, Serrão, Ferrer e Alvaro.
Incido de jogo com o Senhora da Hora a demonstar que quer dar a volta aos últimos resultados, com muita atitude ofensiva encostando o Valonguense para linhas mais recuadas.Com o decorrer de jogo o Valonguense a jogar em contra-ataque consegue ir até á linha de fundo, tira cruzamento e á falta de marcação consegue fazer golo. O Senhora da Hora reage ao golo criando muitas dificuldades ao Valonguense, mas não consegue finalizar, jogadas muito bem elaborados, numa "horta". O jogo praticado pelo Senhora da Hora, merecia pelo menos a divisão de pontos, era o resultado mais justo, mas como se sabe no futebol não existe "justiça".Esta equipa, tendo a atitude que teve hoje, vai dar muitas alegrias a muita gente.

Pedro Silva

COM SINAIS POSITIVOS CUSTÓIAS RESISTE 76 MINUTOS

DIVISÃO DE HONRA DA AF PORTO
Estádio do Padroense FC

Salgueiros 3 Custóias 1
Marcadores, Bezu (16) Noura (43) Pinheiro (76 e 87)

SALGUEIROS: Ivo, Joel, Vitor Fróis, Monteiro e Cambey; Zé Augusto, Pinheiro (Alcino)e Pedrinho, Bezu (Orriça), Agi e Quim Simões (Luís). Treinador José Manuel Teixeira

CUSTÓIAS: Meneses, Pessoa, Noura, Nuno Ribeiro e Magalhães; Eduardo, Mário Rui (David)e Dias; Gandarela, Nuno Santos (Paulo Lopes) e Danny (Silveira). Treinador Paulo silva

Quem se deslocou ao Padrão da Légua para assistir a esta partida, por certo não deu como perdido o tempo que por lá passou, pois assistiu a partida bem disputada e com um vencedor incerto até ao minuto 76`.
A equipa do Custóias, que vinha de um ciclo de derrotas (5 consecutivas) nas últimas jornadas, teve uma prestação excelente. Encarando o adversário sem receio algum, olhos nos olhos, chegou mesmo a fazer acreditar que poderia vencer o encontro.


ERRO DE ARBITRAGEM NO GOLO DO SALGUEIROS


O jogo começa com toada morna, sem grandes desequilíbrios ofensivos. A equipa do Salgueiros, candidata à subida, aos 9´minutos cria uma excelente situação de golo, quando Joel atira ao poste, numa jogada de insistência, e no que concerne a oportunidades de golo para os da casa (emprestada) nos primeiros 45`minutos, fica-se por aqui. Ao minuto 16` o caso do jogo, Meneses não é lesto a efectuar a defesa e quando tem a bola nas mãos, rente ao solo, é pontapeado nas mãos e larga o esférico, ficando Bezu com a baliza escancarada para fazer o golo, sem que o árbitro que ainda olhou para o fiscal de linha, marcasse a respectiva falta atacante. A partir deste momento, assistiu-se a uma excelente reacção da equipa custóiense, unida em esforços, denotando bom entendimento entre os sectores, aos poucos foi tomando conta das operações e teve boas oportunidades para chegar à igualdade, instalando-se definitivamente no meio campo do Salgueiros. Aos 29 minutos, Danny, na pequena área quase empata, aos 39`Mário Rui cede o seu lugar ao estreante David (bons apontamentos), aos 41`minutos, Gandarela quase marca de canto direto e aos 43` o mesmo jogador, depois de passar por dois defensores do Salgueiros, assiste para o golo da igualdade com um cruzamento com conta, peso e medida para a cabeça de Noura (excelente exibição), que desviou para o fundo da baliza à guarda de Ivo. A seguir o intervalo com uma igualdade lisonjeira para a equipa da casa.


ALCINO (Salgueiros)DETERMINANTE - NOURA (Custóias)IMPECÁVEL


Para o segundo tempo, a equipa do Salgueiros regressa com Alcino no lugar de Pedrinho que ficou nas cabines e logo aos 53`cria uma boa chance de se adiantar no marcador, mas Pessoa em cima da linha afasta o esférico, evitando um golo evidente. No entretanto o Salgueiros faz nova substituição, Orriça para o lugar de Bezu, o jogo entra numa fase de claro equilibriu, com a bola a rondar as duas áreas, no Custóias, sai Danny e entra Silveira, minutos depois outra alteração custóiense, sai Nuno Santos e para o seu lugar entra Paulo Lopes. A equipa do Salgueiros, diga-se em abono da verdade, que esteve melhor no segundo tempo, facto que não é alheio a entrada de Alcino, pois imprimiu mais velocidade ao jogo da sua equipa. Mas todas as investidas atacantes da equipa de Vidal Pinheiro, esbarravam na boa organização defensiva da equipa do Custóias, com destaque para o jovem central, Noura, simplesmente impecável e o médio Dias que trabalhou imenso em prol do conjunto forasteiro. Ao minuto 76`e quando já poucos vaticinavam o vencedor do encontro, eis que o Salgueiros, bafejado pela sorte, chega ao golo, num lance em que Eduardo, muito passivo permite que a bola chegue Pinheiro e o experiente jogador a atirar cruzado ao poste mais distante da baliza de Menezes. A equipa do Custóias ainda ameaçou chegar à igualdade, quando Nuno Ribeiro de cabeça atira muito perto do alvo. Ao minuto 42 o golo que sentenciou o desfecho no marcador, lance de contra ataque, que apanha a equipa do Custóias descompensada, e a segunda Pinheiro marca, depois de uma excelente intervenção de Meneses. Final do jogo 3-1 favorável aos candidatos, justo mas a diferença mínima assentava bem ao que se passou nos 90` minutos. Não há derrotas que dêem pontos, mas há derrotas morais, e esta serviu de alento à equipa custóiense, pois em 76`minutos jamais foi inferior ao seu adversário, que tem outros objectivos.

RESULTADOS

Resultados das equipas de Matosinhos

LEIXÕES 1 STA MARIA 0

SALGUEIROS 3 CUSTÓIAS 1

LEÕES DE SEROA 1 PARAFITA 1

LEÕES DE CITANIA 2 LAVRENSE 2

VALONGUENSE 1 S C Sª DA HORA 0

DL BALIO O VLA FC 1

LUSITANOS 3 SALVADORENSE 0

ALDEIA NOVA 1 SOBROSA 1

RENATO (Padroense) DÁ NOVO RUMO Á SUA CARREIRA

Renato que jogou na equipa do Sousense, equipa que milita na 3.ª Divisão Nacional, onde realizou o seu primeiro ano de sénior, com 19 anos de idade. Atleta que fez a sua formação no Leixões S.C., onde foi capitão dos escalões por onde passou, tendo também alinhado na formação do S.C. Salgueiros. Foi contratado em Janeiro último pela equipa do Padroense.

Defesa central de formação, adaptado a lateral direito, que também desempenha a posição seis com bastante regularidade.
Renato, como esperava, não foi opção para o técnico Augusto Mata, desde a época passada, que raras foram as vezes que o jogador apareceu na equipa do Padroense, e por isso mesmo Renato decidiu dar novo rumo à sua carreira. Com 20 anos e o seu segundo ano como sénior, o atleta achou por bem sair, com o propósito de jogar com mais regularidade.

Para já o atleta, está sem clube, e para não descurar a sua preparação, o Custóias FC, tem sido sua “oficina” desde quita-feira dia 17 de Novenbro.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC