RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

quarta-feira, 14 de março de 2012

PADROENSE SOMA 3 PONTOS EM JOGO DE REPETIÇÃO


II Divisão Zona Norte 12 ª Jornada

OLIVEIRA DO BAIRRO 0 PADROENSE 4

PADROENSE: Marco, Tonel, Ricardo (Bruno Pereira), Vítor Lobo e Miguel; Paulinho, Nuno Paulo, Mariano (Brandão) Seabra, Bruninho e Penantes (Gazela). Treinador Augusto Mata

Ao intervalo, 0-1, Marcadores, Bruninho (2) Nuno Paulo e Gazela

Um jogo, em que a equipa do Padroense manifestou toda a superioridade sobre o Oliveira do Bairro, e mais se acentuou a partir do meio do primeiro tempo, quando a equipa visitada ficou reduzida a dez elementos por expulsão por duplo amarelo de um seu jogador. Na segunda parte, os golos apareceram com naturalidade, dando expressão à mais valia técnica e tática da equipa que viajou de Matosinhos. Três pontos mais na tabela classificativa para os BRAVOS de MATOSINHOS, estando agora com cinco pontos acima da linha de água.

LEIXÕES vs FREAMUNDE - Florent e Hernâni ainda em dúvida


Florent e Hernâni ainda em dúvida

O treinador Horácio Gonçalves ainda não sabe se pode contar com Florent e Hernâni. Os dois jogadores recuperam de lesões musculares e estão em dúvida para a receção ao Freamunde. Já Luís Silva continua ao serviço da Seleção Nacional sub-20, que realiza amanhã o último particular com a Finlândia, em Aveiro.

OJOGO

JOGOS PARA DIA 18 DE MARÇO

CULBES DE MATOSINHOS

Liga Orangina 2011/2012 Jornada 23
LEIXÕES vs FREAMUNDE

II Divisão Zona Centro 2011/12 Jornada 24
OPERÁRIO vs PADROENSE às 16:00

AF Porto Divisão Honra 2011/12 Jornada 26
CUSTÓIAS vs VILARINHO

AF Porto 1ª Divisão Série 1 2011/12 Jornada 27
PERAFITA vs MAIA LIDADOR
ALINÇA DA GANDRA vs UD LAVRENSE

AF Porto 1ª Divisão Série 2 2011/12 Jornada 27
DL BALIO vs CRESTUMA
PEROSINHO vs SCC HORA

AF Porto - 2ª Divisão Série 1 2011/12 Jornada 27
SALVADORENSE vs OS LUSITANOS
CCD SOBROSA vs ALDEIA NOVA

FC Infesta e Leça FC descansam, terminada que está a 1ª fase
Todos os jogos se realizaram às 15:00 exceção feita à equipa do Padroense que será às 16:00 nos Açores.

PERAFITA MAIS PERTO DA SUBIDA À DIVISÃO DE HONRA


Campo pelado, com boas dimensões, mas com muitas pedras soltas, o que poderia, a qualquer momento provocar ferimentos e mesmo lesões graves para com os atletas. No entanto, estes obstáculos, juntamente com o empenho da equipa visitada, deixava transparecer que este jogo iria ser muito difícil para o Líder.
O encontro iniciou-se com o FC Perafita a ganhar de imediato ascendente sobre o seu adversário, com muita posse de bola, acompanhada com uma circulação da mesma que retirava qualquer atitude atacante que os visitados pudessem querer incutir no encontro. O Livração, optou, logo, desde o inicio do encontro por um futebol direto, que não criava perigo para as redes defendidas por Artur, mas conseguiram ganhar alguns cantos que não produziram perigo algum. Com a passagem dos primeiros 15 minutos iniciais, o jogo passou a ser desenrolado no meio campo defensivo dos visitados. Foi durante este período, que se prolongou, praticamente, até ao intervalo, que as melhores oportunidades surgiram, todas para o lado dos visitantes, que cada vez mais encostavam os locais à sua grande área, e muitas vezes para dentro desta. Mas as oportunidades criadas não deram o resultado esperado pelos visitantes, pois no capitulo da finalização algo não corria como esperado, neste período sobressaem Paulinho; Sérgio Soberano e Tinaia, que não conseguiram concluir boas situações de golo criadas pela qualidade do futebol apresentado, a única ressalva aponta para a inadaptação ao terreno pelado, com muitas pedras que dificultava na altura do ultimo passe.

Com o inicio da segunda parte o rumo do encontro manteve-se, com o FC Perafita a procurar o golo e os locais, defendendo-se como podiam, tentavam sair em contra ataque, tentando aproveitar algum erro defensivo. O tempo passava e o FC Perafita carregava cada vez mais no acelerador, criando cada vez mais perigo na área do Livração, adivinhava-se o golo, no entanto, como na primeira parte, as oportunidades goravam-se na finalização. Na cobrança de um canto, na direita, apontado por Paulinho, cobrado para o segundo poste, onde surge Trajano a cabecear para o interior da pequena área, onde Hélder Maia, assiste Álvaro, para este encostar para o golo inaugural da partida, o mais difícil estava feito e diga-se que era já há muito merecido. Quando se esperava uma reação mais efetiva por parte dos visitados ao golo sofrido, aconteceu o contrário a reação surgiu do lado oposto, ou seja do lado dos visitantes que continuaram com o seu futebol característico, muita posse de bola e circulação constante, criando sempre muito perigo ao último reduto do Livração, neste período salienta-se Lutchindo, um autentico quebra cabeças para toda a defensiva local e Tinaia, que viria a ser preponderante, mais à frente. Numa recuperação de bola, no centro do terreno de jogo, é gizado um lance de transição rápida, a bola é endereçada para Lutchindo que desmarcando-se, flecte para a esquerda e já dentro da área, com o guarda redes do Livração a fechar o angulo, faz um passe de morte para Tinaia finalizar, fazendo assim o golo do descanso para o líder. A partir deste momento, o encontro refreou um pouco, em virtude do controlo do mesmo ser ainda da parte dos visitantes, fazendo-o com muita mestria e classe, nunca dando chance de o adversário incomodar o guardião Artur. No final do encontro ressalta a qualidade e a categoria do futebol apresentado pelo FC Perafita, que foi sempre superior ao seu adversário, uma palavra para a equipa da casa, que se apresentou algo nervosa, fruto da necessidade de pontos para fugir aos últimos lugares da tabela. Relativamente à equipa de arbitragem, fez uma atuação onde não se pode apontar erros grosseiros, por isso sem interferência no resultado do encontro.

FC PERAFITA: ARTUR; TIAGO SILVA (MOURA); TRAJANO; HELDER MAIA e ALEX; CARINHAS; SERGIO SOBERANO (JOEL) e TINAIA; LUTCHINDO; PAULINHO e ALVARO (IVO)

LUIS SILVA cumpre 3ª internacionalização nos SUB 20

Luís Silva ajuda Portugal a vencer a Finlândia

O futebolista do Leixões Sport Club Luís Silva representou hoje, pela terceira vez na carreira, uma selecção nacional, no caso a de sub20. Um orgulho natural para o próprio atleta, mas também para todo o universo Leixonense. Frente à equipa da Finlândia, num jogo particular realizado em Coimbra, que terminou com a vitória de Portugal (2-1, com golos de Aldair e Pipo), o médio do nosso Clube foi titular e alinhou os primeiros 61’ da partida. O n.º 11 da equipa matosinhense quase marcou o seu primeiro golo pela selecção, mas, aos 41’, o guarda-redes finlandês defendeu com os pés o remate do nosso bebé. Depois de ter em Janeiro se ter estreado como internacional português, o médio Leixonense, de 19 anos, voltou a merecer a confiança do seleccionador nacional, Ilídio Vale.

Luís Silva – um verdadeiro bebé do Mar, pois, desde as escolinhas, nunca defendeu outro emblema que não o do nosso Clube – está concentrado no Luso, podendo voltar a defrontar a Finlândia na quinta-feira (16h00), no segundo jogo amigável dos sub20 nacionais, marcado deste vez para o Estádio Municipal de Aveiro.

site oficial LEIXÕES SC

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC