RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

DAVID PINTO ex “ OS REPESENSES “ É REFORÇO DO CUSTÓIAS

David Pinto, médio ofensivo, esquerdino, é um atleta que se revela muito concentrado nas tarefas a realizar, com grande capacidade nas situações de 1x1 e com facilidade de remate com o pé esquerdo.
David Pinto é um atleta com formação no Clube de futebol Os Repesenses (AF Viseu).
É mais um jovem com capacidades para representar o Custóias FC, seguindo as linhas de orientação dos responsáveis custóienses na construção do plantel 2011/2012.

NINGUEM PÁRA ESTE PERAFITA

Realizou-se ontem, em S. Martinho de Bougado, mais uma “etapa” desta maratona que é o campeonato da 1ª Divisão da A.F.P. Numa tarde muito quente, num rectângulo de jogo muito bem tratado, embora pudesse ter sido mais regado, as equipas do BOUGADENSE e do FCPERAFITA, entraram em jogo com o mesmo objectivo, os três pontos em disputa.

O BOUGADENSE entrou em campo com a sua equipa bem estruturada, partindo para o ataque com passes muito longos a tentar surpreender a equipa adversária, quando perdia a posse de bola recuava as linhas e esperava no seu meio campo defensivo, tentando assim retirar espaço que poderia surgir nas suas costas, factor que denunciou um a boa avaliação da forma como joga o FCPerafita. O FCPerafita iniciou a partida com a sua boa troca de bola entre linhas, conjugando com aberturas constantes para os flancos, onde Nandinho e Paulinho tentavam surgir, para dar seguimento ao futebol possível face á boa coordenação defensiva do BOUGADENSE. Algum nervosismo apoderou-se de alguns dos jogadores do FCPerafita, exemplo disso foi certamente a primeira substituição elencada por António Gaiteiro, trocando Tiago Silva por Marco Pereira, conseguindo não só equilibrar o futebol defensivo, mas também ganhando mais acutilância, nas saídas para o ataque.

No inicio da segunda parte surgiu um FCPerafita diferente, entrou Raimundo para o lugar de Alex, o jogo do FCPerafita começou a ser mais prático, principalmente nas transições defesa-ataque, conseguindo com isso descompensar a bem colocada defensiva do BOUGADENSE. Iniciou-se a um período de jogo em que o FCPerafita ganhou ascendente, para não mais o perder, boa circulação de bola, constantes tentativas de rasgar, com passes rasteiros, a defensiva dos visitados, que começava agora a dar espaços cada vez mais alargados à linha avançada do FCPerafita. Assim num passe cumprido efectuado por Raimundo, para o flanco direito, encontrou Paulinho com algum espaço, este olhando para as posições dos seus colegas, encontrou Tinaia numa desmarcação perfeita nas costas dos centrais do BOUGADENSE, para assim rematar para o golo inaugural, que diga-se já se justificava e também se adivinhava. Este golo teve o condão de fazer levantar o animo, que já nesta altura era muito das hostes do FCPerafita e fez com que a equipa da casa não conseguisse se levantar após tal efeito. Assim aproveitando o ritmo alto que vinha a instalar na partida, o FCPerafita não baixou as linhas continuou a pressionar a defensiva do BOUGADENSE, criando boas situações para aumentar o score, o que viria acontecer na marcação de um canto no lado esquerdo, Paulinho cobrou tenso ao segundo poste onde Marco Moreira serviu na perfeição Cheta, que em plena pequena área, cheio de oportunismo, aproveitou para cabecear para o fundo das redes fazendo assim o resultado final.

FCPERAFITA: MATA; TIAGO SILVA (MARCO PEREIRA); HELDER MAIA; TRAJANO e ALEX (RAIMUNDO); MARCO MOREIRA; IVO e TINAIA; NANDINHO (LUTCHINDO); PAULINHO e CHETA.

MARCADORES: TINAIA 75’ e CHETA 80’

GERMANO PINHO DEIXA UMA PALAVRA DE CONFIANÇA.



Germano Pinho Presidente do Padroense FC

“Esta época, aliás a exemplo de outras anteriores, começamos a nossa prestação, ao nível da equipe sénior, com resultados menos bons e exibições um pouco descoloridas. É comum, nestas circunstâncias aparecerem, rapidamente, os profetas da desgraça, colocando tudo em causa e valorizando o pequeno arbusto, em desfavor da imensa floresta que é o Padroense, hoje.”

PALAVRA DE CONFIANÇA

“Sinto-me na obrigação e no dever de a todos os meus amigos, sócios e simpatizantes deste grande clube deixar uma palavra de confiança. A nossa fé, a nossa determinação e também a nossa ambição não tem limites e como tal o que quero dizer e realçar é que com a competência dos nossos técnicos, o querer e determinação dos nossos jogadores e o apoio e incentivo dos nossos sócios, para além, obviamente do saber e dedicação dos dirigentes, vamos, todos, dar a volta Á situação e fazer uma época á altura dos nossos desejos e do histórico do Clube, nos últimos anos. Conto com todos, levaremos o Clube ao lugar que é o seu.”
Germano Pinho in FACEBOOK

LEÇA DO BALIO EMPATA EM CASA DE CANDIDATO.


I DIVISÃO AF PORTO SERIE 2 – 4ª JORNADA
Estádio de Valbom
Ataense 1 Leça do Balio 1

D LEÇA DO BALIO: Hugo, Carlitos, Rita (Filipe), Virgílio, Ruben; Pimentel, Kaka (João), Estrela (Paulo) e Barros; Ismael e Areias. Treinador, Freitas

Inicio de jogo num campo em mau estado com a relva muito alta e incerta. O Leça do Balio entrou bem no jogo com o seu futebol apoiado e sucessivas troca de bolas tendo aos 14m após um cruzamento do lado direito Areias, remata de primeira para uma excelente defesa do guardião do Ataense. O Leça estava por cima e a qualquer momento esperava-se o golo. Golo que aconteceu mas a favor do Ataense contra a corrente do jogo ao minuto 18 na cobrança de um canto sobre o lado esquerdo o avançado só teve de encostar. O Leça ainda carregou mas sempre de forma pouco esclarecida com algumas perdidas de bola na saída da área.

VIRGILIO MARCA E HUGO SEGURA EMPATE

Entrava-se para a segunda parte com o Mister Freitas a fazer a primeira mexida, saia Estrela e entrava Paulo. Entrada forte por parte do Leça que logo aos 56m iguala a partida após canto cobrado por Ruben onde aparece VIRGILIO a cabecear com grande defesa do guardião da casa para na recarga o mesmo jogador com um toque de calcanhar fantástico fazer o empate. Seguiu-se mais uma vez algumas perdidas com jogadores do Leça, isolados a não conseguirem dilatar o marcador e como quem não marcar está sujeito a sofrer, contra ataque do lado esquerdo, já no período descontos, por parte do Ataense, com a equipa a pedir fora de jogo onde não existe e HUGO a fazer uma grande defesa e a segurar o empate.

VITÓRIA COM RAÇA E MUITO QUERER



I DIVISÃO A F PORTO SERIE 1- 4ª JORNADA
Complexo Desportivo Lavrense
Árbitro: Manuel Silva
U D Lavrense 2 Livração 1
Ao intervalo, 0-1 golos Carriço aos 34, João Diogo gp aos 49,e Wilson aos 90+2

LAVRENSE: Miguel Mota, Dani, Cuca, Ribeiro (Jota) e Renato; João Diogo, Wilson e Ivo (Diego); Heldinho, Pedro Nuno (Hugo Almeida) e Tiago Pulga. Treinador, Hugo Reis

LIVRAÇÃO: Sanhudo, Moreira, Zé Carlos (Vitinha), Carriço, Barbosa, Leão, Tiago Antunes, Rochinha (Jota), Pedro, Perri e Hugo. Treinador, Rui Matos.


Quem teve a oportunidade de presenciar este encontro, por certo ficou bastante satisfeito com o espectáculo produzido pelas duas equipas.
Cedo se percebeu que a equipa Lavrense, tinha pela frente um difícil obstáculo, para contornar e levar de vencido. A equipa de Matosinhos, aos poucos foi se instalando no meio campo do Livração, em que o tridente ofensivo do Lavrense (Héldinho, Pedro Nuno e Tiago Pulga), com constantes mudanças de posição, na tentativa de desposicionar a boa organização defensiva dos forasteiros, criando alguns desequilíbrios, sem contudo criar situações de golo claras. O Livração, equipa mais musculada e bem posicionada no terreno ia criando perigo através de lances de bola parada, exemplo disso, aos 23 minutos, Miguel Mota falha a intercepção, a bola sobra para Carriço que mais não fez do que acertar na barra. Respondem os da casa, com Pedro Nuno, a atirar por cima, quando em boa posição. Os visitantes estão outra vez a beira de marcar, Carriço falha escandalosamente, para dois minutos depois, chegar ao já merecido golo que abriu o marcador, numa jogada de contra-atque, iam decorridos 34 minutos de jogo. Ao minuto 38 a equipa do Lavrense, quase chega ao empate, Heldinho desperdiça aquele que seria o golo da igualdade. Ao intervalo o resultado de 0-1 favorável aos forasteiros, premiava a equipa com melhor discernimento em campo

HUGO ALMEIDA IMPORTANTE NO VOLTE-FACE


Na etapa complementar, o técnico Hugo Reis, deixa nas cabines, Pedro Nuno e trás para o jogo Hugo Almeida, diga-se em boa hora, pois foi decisivo no volte face verificado. Com esta substituição a equipa da casa começa a fazer mossa na defensiva visitante, até em tão muito bem posicionada. Aos 49 minutos, numa jogada de insistência do ataque lavrense, derrube de um avançado e grande penalidade prontamente assinalada pelo o árbitro da partida, João Diogo, chamado a converter, não vacilou e restabelece a igualdade. Explorando bem as alas, apostando na velocidade de Tiago Pulga e Heldinho, a equipa do Lavrense leva o perigo à baliza dos forasteiros. À passagem do minuto 70, a equipa visitante equilibra a contenda, e bola lá, bola cá, o perigo era constante junto ás duas balizas. Hugo Almeida, tem um bonito remate, à meia volta, que Sanhudo responde com segurança, encaixando bem. O Jogo entra num ritmo alucinante, o que demonstra bem a frescura de ambas as equipas, física e mental na procura do golo, golo que viria a surgir para os da casa em cima do minuto 90+2, Dani muito bem na partida, ganha a linha de fundo e mete a bola na pequena área, aparecendo Wilson a empurrar para o golo, que diga-se merecido e que valeu os três pontos em disputa

Em suma um excelente espectáculo de futebol, em que a qualidade da equipa Lavrense ficou bem patenteada. Uma palavra para os visitantes, nunca se deu por entregue, demonstrando que é uma das boas equipas deste campeonato, o que vem valorizar mais a vitória do conjunto Matosinhense.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC