RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

terça-feira, 17 de abril de 2012

PAULINHO RESOLVEU O QUE PARECIA DIFÍCIL!


AF Porto 1ª Divisão Série 1 2011/12 Jornada 30
Estádio do Futebol Clube de Perafita - Perafita – Matosinhos
Árbitro - Bruno Chasqueira
FC PERAFITA 3 ÁGUIAS DE EIRIZ 1
Ao intervalo, 0-1. Paulo Gomes (17`) Paulinho (46`,49 e 70)

A equipa de António Gaiteiro alinhou com o seguinte onze: Mata (Adriano) Marco Pereira, Tiago Silva (Cheta), Hélder Maia e Alex; Carinhas (Ivo), Sérgio Soberano e Tinaia; Lutchindo, Paulinho e Álvaro.

PERAFITA GARANTE A SUBIDA À DIVISÃO DE HONRA E ESTÁ APENAS 2 PONTOS DE SE SAGRAR CAMPEÃO DE SERIE. Embora os regulamentos digam que somente o campeão de serie é que tem direito a subir, sabe-se que a exemplo dos anos anteriores, os segundos classificados também sobem, sendo assim este encontro era primordial para o FC Perafita assegurar um desses lugares, pois a diferença pontual para o terceiro classificado, matematicamente, deixaria de ser possível após uma vitÓria neste jogo.

A equipa do Perafita, devido a importância do jogo, entrou muito nervosa, ansiosa até. Tirando partido disso os visitantes que na única bola que fizeram chegar perto da área do FC Perafita, aos 17 minutos, conseguiram ganhar uma grande penalidade, muito bem convertida deixando, assim, ainda mais ansiosos todos os elementos da equipa visitada. O FC Perafita não parecia ser a mesma equipa, com um futebol desgarrado sem fio de jogo e muito inconstante, nunca na primeira meia hora conseguiu criar perigo algum para os visitantes. No entanto à passagem da meia hora de jogo as coisas melhoraram, começou a sair o futebol com mais qualidade dos visitados, a posse de bola cresceu favoravelmente aos visitados e as jogadas de perigo começaram a aproximarem-se da área defendida pela equipa de Águias de Eiriz.

II PARTE À PERAFITA

o FC Perafita que trocou Carinhas por Ivo e acertou algumas posições e marcações iniciou o segundo tempo com muita garra. Álvaro é rasteirado à entrada da área, dando origem a um livre frontal, chamado a converter Paulinho desfere um remate com muita mestria, como só ele sabe, fazendo a bola entrar na baliza dos visitantes sem apelo nem agrado, grande golo, estava reposta alguma justiça no marcador. Novamente pela direita, Marco Pereira endossa o esférico para Tinaia, este cruza para Paulinho, que é ultrapassado pelo defensor dos visitantes que na ânsia de perturbar o avançado da casa cabeceia para o interior da sua própria baliza, estava feita a reviravolta em apenas 4`minutos. Neste reinicio de jogo Lutchindo, Paulinho e Álvaro eram autênticos quebra-cabeças para a defensiva dos visitantes. Tinaia sofre falta na zona intermediaria do terreno, em zona frontal à baliza dos visitantes, mais uma vez, Paulinho chamado a converter este livre directo, não perdoou, rematando com força e muito colocado levando a bola a fazer um arco completamente indefensável, estava consumado o resultado.
De salientar que aos 88 minutos entrou Adriano, guarda redes, ainda com idade júnior, mas que faz parte do plantel sénior do FC Perafita, ficando assim também ele ligado a esta magnifica subida de Divisão.

TRIO DE REGRESSO FRENTE À OLIVEIRENSE


Trio prepara regresso

O Leixões regressou ontem ao trabalho e deu início à preparação do jogo com a Oliveirense. As recuperações de Feliciano, Hernâni e Fausto são a prioridade, já que ainda trabalham com limitações. Jumisse treinou ontem, e viaja hoje para Moçambique, devendo regressar até sexta-feira.

OJOGO

SUPOSTA AGRESSÃO DE FERRER AO ÁRBITRO, FOI ADIADA PARA DIA 26 ABRIL (recollher mais provas)


A suposta agressão do jogador FERRER a Paulo Pinto árbitro da partida SCS HORA vs ATAENSE, foi levada presente ao Juiz do tribunal de Matosinhos, Juiz que adiou a sessão para recolher mais provas

A audiência ficou adiada para dia 26 de Abril

O Jogador tem como testemunha o Presidente do SCS Hora, Vasco de Carvalho, o treinador Jorge Marinho, conhecido no mundo do futebol por Joca.

FERRER " Nem sei se lhe toquei na cara. O árbitro está a acusar-me de algo que não fiz":

VASCO CARVALHO “ Não existiu agressão. O jogador apenas quis desviar o cartão da sua própria cara, consequência disso mesmo é provável que lhe tenha tocado na cara.” Defende o presidente do SCS Hora.

PADROENSE FC vs CD CINFÃES, ENTRADA LIVRE PARA O JOGO DA MANUTENÇÃO

Jogo decisivo para garantir a manutenção do Padroense F.C. na II Divisão Nacional

A faltarem duas jornada para o final do Campeonato, o Padroense F.C. prepara-se para receber o C.D. Cinfães, no próximo domingo às 16 Horas.
Este jogo é decisivo para garantir a manutenção do Padroense F.C. na II Divisão Nacional.

Para apoiar a equipa em mais este embate, a Direcção do Padroense F.C., liderada por Germano Pinho, decidiu abrir as portas do seu Estádio a todos os seus Sócios, Simpatizantes e à comunidade em geral.

Assim, o Padroense F.C. convida TODOS a estarem presentes, PARA ENCHEREM O ESTÁDIO do Padroense F.C., e apoiarem a sua equipa!

PONTO IMPORTANTE PARA AS CONTAS DA MANUTENÇÃO


II DIVISÃO ZONA CENTRO 28ªJORNADA
Estádio Municipal de Amarante
Árbitro – José Rodrigues (Porto)
AMARANTE 1 PADROENSE 1
Ao intervalo, 0-1, marcadores, Seabra (9) e César (66)

AMARANTE: Celso, Tiago Silva, César, Carlos Castro (Rui Rodrigues), Bispo, Tiago Martins (Rochinha), Bruno Alves, André Martins, Nélson Campos (Miguel), Marquinhos e Diogo Lamelas. Treinador Arlindo Gomes

PADROENSE: Marco, Paulinho, Batista, Vítor Lobo, Miguel, Daniel (Ricardo), Mariano e Seabra, Bruninho, Benvindo (Gazela) e Penantes. Treinador Augusto Mata.


Um ponto importante para as contas da manutenção, foi o saldo que os BRAVOS DE MATOSINHOS, conseguiram nesta deslocação a Amarante.
Na primeira parte do encontro, a equipa do Padroense, foi a equipa mais ofensiva, criando diversas situações de finalização, algumas delas com bastante perigo. Mas só conseguiu “violar” as redes à guarda de Celso por uma vez, e no início do jogo, aos 9`minutos por intermédio do médio Seabra. A primeira parte não terminou, sem que antes a equipa de Matosinhos, ficasse reduzida a dez elementos por expulsão de Batista.

A jogar com dez desde o minuto 42`, momento crucial para a viragem do jogo, a equipa do Padroense foi remetida ao seu último reduto, fortemente pressionada pelos amarantinos. Concentrada mais em não deixar que as suas redes fossem violadas, a equipa de Matosinhos, baixou o bloco e passou a jogar em contra-ataque. Ao minuto 66` o Amarante, chega ao empate através do central César. Minuto 72`Rui Rodrigues é expulso, e o equilibriu volta ao Municipal de Amarante, nas forças e na qualidade de jogo. Três minutos depois é a vez de a equipa da casa ficar em desvantagem numérica, e partir deste momento a equipa de Matosinhos, por via das circunstâncias, volta para cima do jogo, e ameaça seguir na frente com a obtenção do 2º golo, que não aprece até ao final do desafio. Em cima do minuto 90+3, em período de descontos, Gazela é também expulso, num jogo que teve 14 cartões (4 vermelhos) mostrados pelo protagonista do jogo, Sr. José Rodrigues árbitro do encontro.

A próxima jornada, pode revelar-se decisiva para a equipa de Matosinhos, recebe no Padrão da Légua a equipa do Cinfães, vencendo a equipa do Padroense, garante a manutenção.

fotos DOMINGOS LOBO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC