domingo, 30 de outubro de 2016

RESULTADOS DOS JOGOS DO FUTEBOL SÉNIOR DE MATOSINHOS

 
Ledman Liga Pro 13ª Jornada 
LEIXÕES SC 0 Académico de Viseu 1 

 Divisão D´ Elite AF Porto 8ª Jornada 
Gondim – Maia 0 PADREONSE 2 
LAVRENSE 2 Pedrouços 3 
LEÇA FC 1 S Rio tinto 1 

 Divisão d Honra da AF Porto 5ª Jornada 
Aparecida 1 FC INFESTA 2 
D LEÇA BALIO 1 Vila Fc 2 
FC PERAFITA 1 Alfenense 0 

1ª Divisão AF Porto Serie 1 - 4ª Jornada 
Pedroso 4 OS LUSITANOS 1 
FC Foz 1 CUSTÓIAS FC 5 

2ª Divisão AF Porto Serie 1 - 4ª Jornada
Gervide 0GD ALDEIA NOVA 1 
SENHORA DA HORA 9 Escola 115 2

4 JOGS 4 VITÓRIAS GDAN SOMA E SEGUE NO COMANDO

 
4ª jornada da serie 1-2ª Divisão AF Porto 
 Estádio Municipal da Lavandeira, Vila Nova de Gaia, 
Arbitro; Nuno Matos 
Gervide 0 GDAN 1 
Ao intervalo, 0-0, Golo; Joca (60) 

GD Aldeia Nova: Guilherme, Berna, Sérgio, Quintas, Xincas, P. Rosas, Ema, D. Rosas, Joca , Zé Paulo, Simão. Treinador: João Rosas Suplentes; Vitor, Simeão, Correia, P. Vieira, Alex, Gonçalo e Dani.. 

 AC Gervide, apresentou logo de início o seu tradicional futebol raçudo, aguerrido e nada hesitante em recorre a falta para travar os seus adversários, um futebol que lhes foi favorável até o intervalo, apesar do GDAN ser a equipa a criar mais situações de perigo com um futebol mais ofensivo. Aos 30 minutos o caso do jogo, Joca marca livre, o Gr do Gervide não segura a bola (fora da pequena área) e a mesma é pontapeado para a baliza, o arbitro marca golo e o juiz de linha anula o mesmo, por carga ao guarda redes, pela confusão criada em torno do guarda redes, fica para registo o beneficio da dúvida ao lance. 

Regresso para a 2ª parte, o GDAN apresenta o mesmo onze e começa a dar mostras que queria e poderia alterar o rumo dos acontecimentos, com uma defesa bastante segura, um guarda-redes “Gui” a dar confiança aos colegas e um meio campo muito forte e sólido, era de esperar que a linha avançada iria ter a sua oportunidade de fazer estragos na baliza adversário. Minuto 10 Ema arranca em grande jogada individual pela direita leva a bola á linha de fundo, tira dois adversários do caminho, e assiste Joca para o golo, estava inaugurado o marcador. Como seria de esperar a reação do Gervide não tardou, mas a entre ajuda do bloco defensivo do GDAN não permitiu e não deu qualquer hipnose de sucesso ao seu adversário. 

Resultado final 1 a 0 para o GDAN resultado justo pelo que fez nos 96 minutos. Hoje seria injusto realçar qualquer jogador individual do GDAN, simplesmente porque a equipa trabalhou e bem em conjunto, em união e dando mostras de um enorme companheirismo entre TODOS.

GOLO DE BURA ABRE A PORTA DE SAÍDA DO MAR DE FILIPE COELHO

 
Ledman Liga Pro 13ª Jornada 
Estádio do Mar em Matosinhos 
 Árbitro: Vítor Ferreira (AF Braga). 
Ação disciplinar: Cartão amarelo para André Teixeira (90+1) e Park (90+4). Cartão vermelho direto para Jorge Silva (52) e ordem de expulsão para Nuno Santos, treinador adjunto do Leixões (72). 
LEIXÕES SC 0 Académico de Viseu 1 
Ao intervalo: 0-0. Marcador, Bura, (53 gp) 

 Leixões: Ricardo Moura, Jorge Silva, André Teixeira, João Freitas, Belly, Bruno China, Rui Cardoso, Bruno Lamas (Fatai, 58), Manuel José (Chiquinho, 58), Ludovic (Wei Shihao, 80) e Gonçalo Gregório.Treinador: Filipe Coelho. 

Académico Viseu: Rodolfo, Tomé, Park, Bura, Ricardo Ferreira, Capela, Paná, Saná (Bruno Loureiro, 90), Luisinho (Carlos Eduardo, 36), Yuri e Zé Paulo (Tiago Gomes, 76). Treinador: André David. 

Académico de Viseu, venceu e ditou o oitavo jogo do Leixões sem conhecer o sabor da vitória. 
Bura, um matosinhense na marcação de uma grande penalidade no início da segunda parte, fez o golo da vitória da equipa beirã, enquanto o Leixões ficou reduzido a dez homens por expulsão de Jorge Silva, aos 52 minutos. 

Num embate entre equipas separadas por dois pontos na zona de despromoção, foi a equipa da casa que mostrou mais consistência, ficando a dever a si própria duas ocasiões para abrir o marcador. Com o futebol direto dos visitantes a fazer mossa apenas nos primeiros minutos, foi dos locais a gestão do jogo até ao intervalo, com Manuel José (22) e Gonçalo Gergório (44), de cabeça, a fazerem a bola passar perto do travessão. 

 O Académico adiantou-se no marcador num lance envolto em polémica, já que Yuri (52), antes de ser derrubado na área por Jorge Silva, que acabou expulso, ajeitou a bola com a mão esquerda. Na conversão do penalti, Bura (53) enganou Ricardo Moura e abriu o marcador. A resposta do Leixões surgiu em dose dupla, com o Rodolfo a ter de aplicar-se entre os postes para desviar os remates de Belly (66) e Freitas (67), segurando os três pontos e a subida da equipa beirã para fora da zona de despromoção.

No final do jogo, Filipe Coelho admitiu sair do Leixões 
O treinador do Leixões, Filipe Coelho, deixou aberta a porta para negociar com a SAD a rescisão de contrato, após a derrota este domingo frente ao Académico de Viseu, por 1-0, na 13.ª jornada da 2.ª Liga.

Em declarações no final da partida, disputada em Matosinhos, na qual abandonou o relvado sob forte contestação dos adeptos, Filipe Coelho afirmou que "uma reunião com a administração da SAD pode salvaguardar os interesses do Leixões".

SC SENHORA DA HORA CILINDRA ADVERSÁRIO

 
2ª Divisão AF Porto Serie 1 – 4ª Jornada 
Complexo Desportivo SC Senhora da Hora 
Árbitro Samuel Cunha 
S C S HORA 9 ESCOLA 115 2 
Ao intervalo, 3-1, golos. Estrela (9) David (11 gp) Cesário (20), Joel (48) Ruben (57) Branco (61) Tó (70) Crista (80) Serrão (84) Pedro (86)

   
S C SENHORA DA HORA: Rumenige, Narciso, Rocha, Patrick, Pedro Teixeira, Kennedy, Joel (Artur 63), Estrela (Ricardo 79), Branco (Edmilson 63), Cesário (Serrão 79) e Ruben (Crista 79) . Treinador Pedro Vinhas. 

 
ESCOLA DE FUTEBOL 115: João Lopes, Tó, Hugo Freitas (Marcano 46), Pena Roias (Roberto 26), Goularte, Rui Marques (Dibala 46), Firmino, Pedro (Daniel 70), Casanova, Freitas e David. Treinador Fernando Freitas Alexandrino

   
Jogo que se resume praticamente à cronologia dos golos, tal foi a supremacia sobre o adversário, da turma orientada por Pedro Vinhas. Escola de futebol 115, que é orientada pelo antigo internacional portista Freitas (115) daí a origem do nome desta escola de futebol, não apresentou argumentos para contrariar o favoritismo já anunciado da turma senhorense. Vitória esmagadora que poderia ter sido ainda mais dilatada, não fosse em alguns casos a falta de pontaria dos avançados do SCS Hora, e os postes que por duas evitaram mais golos senhorenses.

fotos Anabela Delgado

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC