RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 9 de janeiro de 2011

"Em breve poderemos ter novidades" Augusto Inácio

"Fomos a melhor equipa em campo, num terreno difícil. Não é um bom resultado, devido à nossa derrota no último jogo, mas a culpa dos empates e das derrotas é sempre do treinador, nunca dos jogadores. Hoje tivemos o jogo controlado até ao nosso golo. Quando se sofrem golos como o segundo e o terceiro fica muito difícil conseguir reagir, mas tivemos alma, também alguma sorte, e conseguimos uma merecida reacção, que nos dá um ponto. Estamos a três pontos do nosso objectivo e ainda não acabou a primeira volta, embora esperasse, nesta altura, estar melhor. Vamos tentar melhorar. Temos tido grandes dificuldades em termos ofensivos nos últimos jogos, devido à falta de opções, mas estamos no mercado e em breve podemos ter algumas novidades"
http://leixoes-sc.blogspot.com/

ERROS DITAM DERROTA LEÇEIRA

Serzedelo - 3 - Leça FC - 2
Intervalo: 1-0
Marcadores: Sílvio (43`), Fábio (58`) e Bruno Sousa (87`); Sérgio Silva (54`) e José Soares (72`)
O Leça FC desperdiçou uma excelente oportunidade para alcançar os três pontos no primeiro jogo de 2011 ao perder por 3-2 frente ao Serzedelo, num jogo emotivo e intenso principalmente na 2ª parte. A equipa leceira foi a primeira a criar perigo, aos 7 minutos, por intermédio de Sérgio Silva, que dentro da área, rematou ao lado da baliza do Serzedelo. A equipa da casa respondeu no minuto seguinte mas Maurício falhou o alvo por centímetros. Aos 16 minutos, João Pedro proporcionou a defesa da tarde ao G.R. Miguel ao executar um forte remate a mais de 35 metros. A partir deste momento, o Leça FC desapareceu em termos ofensivos na primeira parte e a equipa da casa passou a ter mais posse de bola mas sem grande perigo. O minuto 43 foi fatídico para Festas, que no seguimento de um cruzamento inofensivo, largou a bola e proporcionou ao defesa-central Sílvio o primeiro golo da partida. Na segunda parte, o Leça FC surgiu mais afoito no ataque e Sérgio Silva igualou a partida, após remate ao poste de Tiago André. Ainda os leceiros festejavam o golo e Fábio, de cabeça, repunha a vantagem para a equipa da casa, aproveitando uma falha defensiva do Leça FC. Aos 70 minutos Sérgio Silva surgiu isolado à entrada da área do Serzedelo mas foi rasteirado por Filipe Ká, que recebeu ordem de expulsão e na sequência do livre, José Augusto enviou a bola à trave. Dois minutos depois, José Soares repôs a igualdade num excelente golpe de cabeça, após livre marcado por José Augusto. A jogar com mais uma unidade, o Leça FC criou mais perigo mas num lance infeliz de José Soares, primeiro não conseguiu dominar a bola correctamente dentro da área e depois deixou-se antecipar pelo adversário e tocou no pé deste, penalty assinalado que resultou no golo de Bruno Sousa aos 87 minutos. Até final da partida assistiu-se a um total domínio leceiro mas insuficiente para igualar a partida. Foram três pontos à disposição do Leça FC que este desperdiçou com erros pouco habituais. Boa arbitragem, apenas manchada por um fora-de-jogo mal tirado a Ricardo Teixeira quando este partia isolado em direcção da baliza do Serzedelo.
http://lecafccamadasjovens.blogspot.com/

CUSTÓIAS, COM DEZ ELEMENTOS, DE VIRADA VENCE PEDROUÇOS

Soado mas justo.
A equipa do Custóias F.C. recebeu e bateu no seu reduto, a equipa do Pedrouços por duas bolas a uma. Num jogo em que a primeira parte, o equilibriu foi a nota dominante, de referir que a equipa custoiense ficou reduzida a dez elementos muito cedo(25m)por expulsão do seu médio Magalhães, que não se sabe muito bem porquê, pois o que foi dado observar, foi o treinador do Pedrouços a forçar a mesma diante o 4º árbitro. ao intervalo o resultado de 0-0 espelhava o que se passou no terreno.
Na segunda parte, foi a equipa do Custóias que apareceu mais determinante em vencer a partida, mas teve o reverso da medalha aos 50m com o golo dos visitantes, a partir deste momento, a equipa matosinhense foi à procura do prejuízo, e não deu descanso as hostes dos forasteiros e chegou ao golo do empate, por Ramalho iam decorridos 70m de jogo, para dar o golpe fatal, que lhe valeu muito justamente os três pontos, aos 88m por Márcio. Excelente reacção da equipa de Matosinhos, que se viu privada de um jogador, mas mesmo assim, conseguiu de virada uma excelente vitória, Resultado Final 2-1

CUSTÓIAS: Rui, Bruno Pacheco, Bruno Mendes, Luisão e Pedro; Pacheco, Magalhães, Penantes ( Márcio ), Tonanha, Ramalho, Vasconselos ( Cerejo ).
Treinador Manuel Pinheiro. Golos do Custóias, aos 70m por Ramalho e aos 88m por Márcio.

Infesta empata em Pedras Rubras


Numa primeira parte sem grande historia, foi o Pedras Rubras a primeira equipa a criar um lance de perigo quando num cruzamento da esquerda, surgiu ao segundo poste o central Fernando que cabeceou junto ao poste. O Infesta era uma equipa mais organizada com a bola nos pés e o triângulo da frente entre Serge, Vitinha II e Paulinho, apoiados por Vitinha I, criava muitos lances de ataque pelas alas, mas o ultimo passe quase sempre não saia na perfeição. Num lance confuso à passagem da meia hora, Tiago Dias aparece pela esquerda e em lance individual, não conseguiu bater o guardião Humberto que defendeu para canto. Quase a fechar a primeira parte, Vitinha I remata forte de fora da área e a bola passa rente ao poste esquerdo, dando inclusive a sensação de golo aos adeptos do Infesta. Já na compensação, o Pedras Rubras beneficiou de um livre pela esquerda, onde o jogador da casa cruzou para a área, não sofrendo qualquer desvio e a bola, bateu caprichosamente na barra. O empate a zero, era um resultado justo para aquilo que se passou nos primeiros 45 minutos.
Na segunda parte, o Infesta começou a tomar conta do jogo e aos 54 minutos, um remate de Paulinho bate na barra de Humberto. Azar para o avançado mamedense que hoje sentiu-se muito sozinho lá na frente mas um minuto depois, José Manuel Ribeiro colocou Pedro Nuno na equipa, para o lugar de Rui Franco. A equipa soltou-se mais e tomou conta do jogo por completo. Aos 58 minutos, um remate perigoso de Serge, passou junto à barra da baliza de Humberto. Quando o Infesta começava a cheirar o golo, a figura da partida passou a ser a equipa de arbitragem com demasiados erros, nomeadamente foras de jogo e faltas mal assinaladas e por assinalar, sempre a prejudicar o Infesta. O Pedras Rubras com estas "ajudas", conseguiu equilibrar a partida e criou alguns lances de perigo. Aos 84 minutos, Paulinho pegou na bola pela esquerda, flectiu para o meio e rematou à baliza. A bola sofreu um pequeno desvio do defensor do Pedras Rubras e a bola passou rente ao poste direito. O arbitro marcou pontapé de... baliza. A fechar o encontro e com o Pedras Rubras encostado às cordas, um passe de António a rasgar a defensiva dos visitados, colocou a bola à mercê de Armando que sofreu uma carga dentro da área, mas o arbitro mandou seguir.
O resultado foi justo, mas a haver vencedor seria o Infesta pelas oportunidades que criou na segunda parte.
Uma palavra de agradecimento a todos os adeptos do Infesta que se deslocaram até ao bonito Estádio Municipal de Pedras Rubras. Cerca de 150 adeptos que fizeram mais barulho e festa do que o mesmo numero de adeptos que o Pedras Rubras tinha a apoiar. Assim vale a pena ir ao futebol.
http://fc-infesta.blogspot.com/

COM EXIBIÇÃO ESFORÇADA, PADROENSE CONSEGUE UM PONTO PRECIOSO

PADROENSE BRINDA OS SEUS ADEPTOS COM UM “PONTINHO” NO FINAL.
A equipa do Padroense (3º), deslocou-se esta tarde ao campo de jogos Dr. Marques Santos na cidade da Sertã, para aí defrontar a equipa do Sertanense, 2º classificado do campeonato da II divisão zona norte.
O jogo foi-se desenrolando numa toada lenta e de muito equilibriu, sem oportunidades de golo para ambos os lados, o relvado muito mal tratado, também não ajudou a que se realiza-se um espectáculo de futebol de primeira água, o que muito justificavam os intervenientes. Chegou-se ao fim do primeiro tempo, sem se ouvir os gritos que é apanágio de quando a bola beija as redes.
Na segunda parte, mais do mesmo, jogo muito disputado a meio campo e o equilibriu era a nota dominante. As equipas receavam-se mutuamente, mas valeu pelos últimos 20 minutos, altura em que a equipa da casa chegou ao golo aos 77m, as condições do terreno iam se degradando, cada vez mais era difícil praticar bom futebol, mas a equipa matosinhense não desistiu de procurar um resultado positivo, e com muito espírito de sacrifício, muito querer e muita raça à mistura, conseguiu ser feliz aos 90+3m, marcando o golo que lhe valeu um ponto precioso nesta difícil deslocação, tirando também partido da derrota do líder Tondela em casa frente ao Espinho por duas bolas a zero e aproximando-se perigosamente do primeiro lugar. O golo da equipa do Padrão da Légua foi marcado pelo jovem atleta Vila ex infesta, na sequência de um pontapé de canto marcado por Mariano. Resultado justo 1-1.

VILA, o jovem jogador, tornou-se no herói do jogo ao marcar o golo mesmo no fim.

PADROENSE: Marco, Paulinho (Bosingwa 81 minutos), Armando (Sérgio 87 minutos), Vila e Vítor Lobo; Daniel, Mariano, André Simões; Silva (Miguel 78 minutos), Marcão e Bruninho.
Treinador: Augusto Mata.
Golo do Padroense: Vila aos 90+3
Expulsões - Nada a registar

PERAFITA E LAVRENSE EMPATAM, NUM JOGO MUITO TÁTICO


EMPATE NO DERBI MATOSINHENSE
PERAFITA 0 LAVRENSE 0
O estádio do Perafita, foi palco esta tarde, de um jogo fraco de qualidade e paupérrimo quanto baste.
Tarde primaveril, nada condizente com o jogo cinzento proporcionado pelas duas equipas. Começa melhor a equipa da casa, que mesmo aos 6 minutos e na sequência do livre apontado por Paulinho do lado direito, Tiago remata de cabeça ao poste esquerdo da baliza de Beleza que já estava batido. As equipas agarradas à componente táctica, encaixadas uma na outra, mostraram, em demasia respeito uma pela outra, oportunidades de golo foi coisa que não se viu, antes mesmo de findar a primeira parte a equipa visitante atirou à trave, num livre directo apontado por Hugo Almeida.

Na segunda parte, mais do mesmo, jogo equilibrado e sem oportunidades de golo para ambos os lados. Paulo Gentil técnico perafitense, aos 55 minutos tenta mexer com o jogo, agitando-o com transições rápidas, fazendo entrar em campo Jorginho, e no preciso momento que aposta no ataque, fazendo entrar Gandarela, vê Serrão ser expulso do encontro por acumulação de amarelos, repensada a estratégia, Gandarela recua para médio defensivo, porque a hora é de segurar o empate. A equipa Lavrense, não se fez rogada, e responde com as entradas de Nuno Santos e o médio Machado, diga-se sem resultados práticos, pois de nada valeu as alterações feitas por Mendes técnico lavrense. Resultado final, acabou como começou, zero para cada lado, o que espelha fielmente o que se passou no terreno de jogo.


PERAFITA: Artur, Nuno Miguel, Tiago, Helder Maia e Serrão; Carinhas, Tinaia, Paulinho e Fábio; Peixe e Nandinho
Treinador : Paulo Gentil
Substituições: Sai Carinhas entra Jorginho aos 55m, Sai Nandinho entra Gandarela aos 70m e aos 80m sai Peixe e entra Zé Miguel.

LAVRENSE: Beleza, Ruca, Paulo Alberto, Laranjeira e Nuno Ribeiro; Artur, Postiga, Tiago; Álvaro, Hugo Almeida e Pisco.
Treinador: Mandes
Substituições: aos 73m sai Tiago entra Nuno Santos e aos 78m sai Postiga e entra Machado.

Freamunde-Leixões, 3-3: Bébes empatam no final

O Freamunde desperdiçou este domingo uma vantagem de dois golos frente ao Leixões, repetindo-se a história do último jogo da Liga Orangina, e acabou empatado 3-3, num encontro eletrizante da 13.ª jornada.
A equipa de Augusto Inácio entrou melhor e, depois de um primeiro aviso de Tiago Cintra (rematou à trave aos 11 minutos), adiantou-se no marcador aos 29, num cabeceamento de Oliveira, que beneficiou de um mau alívio de Alonso.
A formação local, que até podia ter inaugurado o marcador quando Maciel, aos 5 minutos, falhou a emenda à boca da baliza, acabou por dar a volta ao resultado em cinco minutos: João Rodrigues marcou os dois golos, aos 39 e 43, num cabeceamento e de num remate de fora da área.
O Freamunde entrou melhor na segunda parte e voltou a marcar praticamente no reatamento, aos 47 minutos, quando Tarcísio, lançado ao intervalo, emendou a assistência de João Rodrigues, que pareceu estar em posição irregular.
O jogo parecia estar resolvido, mas, à semelhança do que sucedeu frente ao Estoril-Praia, na última jornada, os locais não conseguiram manter a vantagem e quebraram, com golos de Rui Pedro (80 minutos) e Félix (85).
Até ao apito final, as duas equipas lançaram-se no ataque e podiam ter acontecido mais golos, concretamente por Larry e Felix, num final de jogo emocionante.
Com este resultado, o Freamunde, há seis jogos sem perder, passou a somar 14 pontos, mantendo-se nos lugares difíceis da classificação e a 4 pontos do Leixões, 5.º posto.

Freamunde: Tó Figueira, Raviola, Luís Pedro, Hélder Sousa, Serginho, Alonso (Tarcísio, 46), Luiz Carlos, Júnior Maranhão, Maciel (Marcelo, 64), Marco Matias e João Rodrigues (Larry, 81).

Leixões: Ricardo, Jean Sony, Nuno Silva, Danilo, Tininho, Cauê, Fábio Espinho, Pedro Santos (Feliciano, 46, Laranjeiro, 68), Rui Pedro, Oliveira e Tiago Cintra (Felix, 63).

Árbitro: Marco Ferreira (Madeira).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Nuno Silva (17), Pedro Santos (27), Fábio Espinho (37), Maciel (59), Cauê (60), Júnior Maranhão (70 e 86), Tininho (87) e Hélder Sousa (90). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Junior Maranhão (86).

http://www.record.xl.pt/

RESULTADOS DESPORTIVOS DAS EQUIPAS DE MATOSINHOS


Resultados desportivos das equipas de Matosinhos


FREAMUNDE 3 LEIXÕES 3
SERTANENSE 1 PADROENSE 1
SERZEDELO 3 LEÇA 2

PEDRAS RUBRAS 0 INFESTA 0
CUSTÓIAS 2 PEDROUÇOS 1

PERAFITA 0 LAVRENSE 0
SENHORA DA HORA 2 MAIA LIDADOR 0
S.P.RATES 2 LEÇA DO BALIO 1

LUSITANOS 4 S. ROMÃO 3

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC