RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

PERAFITA E PADROENSE DIVIDEM OS PONTOS

 
23ª Jornada da Divisão D´Elite AF Porto 
Estádio do Futebol Clube de Perafita 
Árbitro, Fábio Melo 
FC PERAFITA 1 PADROENSE 1 
Ao intervalo, 1-1 golos André (15) João Paulo (45 +1) 

PERAFITA: Mata, moura, André Rocha e Tiga, Morgado, Marco (Areias 64), Couto, Ricardo, João Paulo e Nandinho (Queimado 76). Treinador Paulo Gentil 

PADROENSE: Matos, Renato (China 64), Pedro, Pereira, Taipa, Paulinho, Miranda, Toninho , André (Jonas 64), Kaká (Rui Carvalho 88) e Hélder (Chico 88) Treinador Augusto Mata 

 Jogo muito equilibrado em que o resultado final espelha o que se jogou em Perafita. 
Padroense entra melhor na partida, fruto da mais tranquilidade vivida em termos de classificação. Mata guarda-redes perafitense tem um intervenção que faz adiar o marcador, pois só com André pela frente foi capaz de evitar o pior para a sua baliza, mas aos 15 minutos os forasteiros abrem o marcador por André finalizando uma jogada de transição. 
À passagem dos 20 minutos jogados já o Perafita equilibra a contenda, aparecendo mais vezes no ataque, mas só de bola parada fazia com que o perigo ronda-se a baliza de Matos. Fábio Melo teve necessidade de intervenção do fisioterapeuta da casa por ter sofrido um entorse e o jogo esteve parado durante 4 minutos. 
Aos 42 minutos, Tiga ganha alinha de fundo pelo lado esquerdo, cruza ao primeiro poste e João Paulo fica a centímetros do golo. Estava dado o mote para que viria a seguir, o empate perafitense com um golo de livre direto, soberbamente marcado pelo capitão João Paulo. 

 O segundo tempo, ao cariz do jogo não se alterou, com predominância, ora por parte do Padroense, ora por parte do Perafita, o perigo escasseava em ambas as balizas. 
O Perafita com Ricardo muito mexido lá na frente ia dando água pela barba aos defensores visitantes, ganhando faltas sucessivas, algumas delas bem perigosas que os perafitenses aproveitavam para manter os padroensistas em alerta constante. O Padroense respondia com kaká, sozinho na frente, não chegava para os defensores dos azuis e brancos. 
Minuto 77, Areias é amarelado por, no entender do árbitro, simular um falta, que nos pareceu existente e passível de grande penalidade. O jogo encaminhava-se para o final sem grandes lances dignos de registo. E já em período de compensação dados por Fábio Melo, Areias é expulso por acumulação, mas Fábio Melo esteve francamente mal em expulsar o avançado, logo a seguir dá por terminado o encontro com uma igualdade registada que nos parece justa.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC