RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 29 de maio de 2011

PADROENSE PERDE A OPORTUNIDADE DE SUBIR JÁ! MAS SÓ DEPENDE DE SI PARA O CONSEGUIR.


Local: Estádio da Tapadinha, Lisboa
Árbitro: António Augusto Costa (Aveiro)

BOTELHO ESTEVE INTRANSPONIVEL


O Atlético garantiu a subida à Liga de Honra de futebol, após vencer Padroense, no Campo da Tapadinha, em Lisboa, por 1-0, em jogo referente à quarta jornada do playoff de subida à II liga. A equipa do bairro de Alcântara soma seis pontos, o Padroense é segundo classificado com quatro e a União da Madeira apenas um.
A equipa do Padrão da Légua – Matosinhos, ainda tem uma forte possibilidade de subir de divisão, dependendo apenas de si própria. Nesta mini-campeonato de três equipas sobem os dois primeiros classificados.
A equipa do Padroense, só perdeu o 1º rand no assalto à II liga, os matosinhenses em nada foram inferiores ao seu antagonista, chegando mesmo a ameaçar de que poderia garantir em Lisboa a subida de divisão.

ATLÉTICO ENTRA FORTE


O encontro de carácter decisivo para os homens de Alcântara, teve um inicio fulgurante da equipa do Atlético, que logo aos 7 minutos beneficiou de uma grande penalidade, por uma suposta falta de armando sobre Isias dentro da área, mas Marco Branco, em tarde de muito acerto, não permitiu que o Atlético se adiantasse no marcador. Volvidos 2 minutos, a equipa de Lisboa adianta-se no placard com um auto golo de Mariano, infeliz na abordagem ao lance e desvia de cabeça para a sua baliza, na sequência de um pontapé de canto do lado esquerdo do ataque alcantarense apontado ao primeiro poste por Paulo Sérgio. Aos 16 minutos cabeçada de Vítor lobo e Botelho, que esteve intransponível a negar o golo ao matosinhense. Aos 32 minutos é a vez de Mário Costa, desferir um remate muito colocado e Botelho mais uma vez a negar o golo Padroense, seis minutos depois, Bruninho dispara, mas bola sai ao lado do poste da baliza do Atlético. Chegada ao intervalo com o atlético na frente do marcador, fruto de uma entrada muito forte, apanhando a equipa do Padroense algo adormecida.

PADROENSE REENTRA MELHOR


Na segunda parte, o cariz do jogo alterou-se completamente , é a vez dos Bravos de Matosinhos entrarem fortes no jogo, beneficiando de um melhor controlo de bola, a equipa de Matosinhos foi á procura de um resultado positivo, já com Marcão em campo, no lugar de Mário Costa a equipa de Matosinhos, tem uma boa chance de igualar a partida com um remate forte, aos 53 minutos, que Botelho responde com uma magnifica defesa, a equipa do Atlético que demonstrava muito respeito pelo adversário, numa jogada de contra ataque quase matava o jogo com o segundo golo, quando Laurindo, com o guarda-redes Marco, fora dos postes atira ao lado aos 73 minutos. O Padroense não desarma e parte sempre para o ataque com vontade de dar a volta aos acontecimentos, apesar de contar com o avançado Silva, francamente desinspirado, sofre duro golpe nas suas pretensões, quando vê Bruninho ser expulso do jogo, com vermelho direto por protestos, iam decorridos 84 minutos, mas mesmo em inferioridade numérica pertenceu a Vítor Lobo outra oportunidade de igualar a partida, quase fazendo o golo aos 87 minutos de jogo, nos seis minutos de desconto dados pelo árbitro o Atlético, cerrou fileiras e com muito querer, não deixou fugir a subida de divisão. Resultado final , 1 para o Atlético 0 para o Padroense. Para os matosinhenses, nada está perdido, pois pode conseguir a tão almejada subida no próximo encontro a realizar no próximo Sábado na Ilha da Madeira frente ao União.

ATLÉTICO: Botelho, Carlitos, Rolão, João Meira e João dias; Aires (Sérgio Brás), Laurindo, Saramago e Paulo Sérgio (Filipe Falardo) Ailton, Rudi. Treinador António Pereira

PADROENSE: Marco, Bosingwa (Paulinho), Armando (Sérgio), Vila e Vitor Lobo; Daniel, André Simões e Mariano; Silva, Bruninho e Mário costa (Marcão). Treinador Augusto Mata.

Ao intervalo, 1-0,Golo, Mariano (9`pb)
Cartão Vermelho, Bruninho (84)

Augusto Mata, treinador do Padroense.
O Atlético entrou forte de inicio e foi feliz na obtenção do auto golo, na 2ª parte estivemos melhor, mas o guarda-redes, Botelho esteve inspirado.

Sem comentários:

Publicar um comentário

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC