RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

LEIXÕES TOMBA TONDELA E SEGUE EM FRENTE NA TAÇA


Estádio do Mar, em Matosinhos. 
Árbitro: João Sousa (AF Porto). 
Cartão vermelho Ricardo Costa (53) 
Leixões - Tondela, 3-2 (após prolongamento).
 Ao intervalo: 0-1. No final do tempo regulamentar: 2-2.
 Marcadores: Pedro Nuno (14) Murilo (47) Breitner (70) Kukula, (84) .Bruno Lamas, (95) 

 Leixões: Jet, Jorge Silva, Wei, Ricardo Alves (Youssouf, 73), Belly (Okitokandjo, 61), Stephen, Saná (Breitner, 51), Bruno Lamas, Derick, Evandro Brandão e Kukula.Treinador: João Henriques. 

 Tondela: Ricardo Janota, Fahd Moufi, Nick Ansell, Ricardo Costa, Pité, Claude Gonçalves, Bruno Monteiro, Pedro Nuno (Hélder Tavares, 57), Miguel Cardoso (Joca, 96), Murilo (Tyler Boyd, 74) e Tomané. Treinador: Pepa. 

 O Leixões, da II Liga, reeditou o triunfo da época passada sobre o Tondela, da divisão principal, e venceu por 3-2, após prolongamento, o jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal em futebol. Somando por vitórias os seis jogos disputados em casa esta época, o Leixões entrou forte, mas viu-se surpreendido, quando Pedro Nuno (14) apareceu sem marcação e marcou após canto cobrado por Murilo. Explorando a ansiedade dos locais, o Tondela controlou o jogo e podia ter marcado em diversas ocasições, mas o Leixões também dispôs da sua oportunidade para empatar, aos 44, quando Stephen, de fora da área, fez a bola passar sobre a barra. 

A segunda parte começou animada, com o Tondela a fazer o 2-0 por Murilo (47), assistido da linha de fundo por Tomané, mas, aos 53, sofreram uma grande contrariedade, quando Ricardo Costa foi expulso por acumulação de cartões. O Leixões cresceu no jogo e, depois de boas oportunidades de Belly (58) e Derick (61), reduziu por Breitner, aos 70, na conversão de um livre direto. A pressão dos locais valeu o empate aos 84 minutos, quando Kukula, assistido por Breitner, fez o golo, acabando Bruno Lamas, no prolongamento (95), por completar a reviravolta, com um remate de fora da área e sentenciar a eliminatória. 

 Conferencia de imprensa 

 João Henriques (treinador do Leixões): "Ao intervalo, disse-lhes que na nossa casa somos nós a mandar. Somos uma equipa muito unida. Hoje, a vitória é deles. Excederam-se depois de nunca termos estado em desvantagem na nossa casa. O sentimento de injustiça com que chegámos ao intervalo passou para dentro de campo e esse foi o momento da viragem do jogo. O 2-0 foi o momento que mostrou o caráter da nossa equipa. Arriscámos nas substituições e, a partir daí, fomos cada vez mais ofensivos." 

 Pepa (treinador do Tondela): "Parabéns ao Leixões pela vitória. Foi superior. A expulsão condicionou-nos, mas não vai servir para justificar. A culpa é minha. É uma frustração muito grande. Tínhamos o sonho de ir o mais longe possível. Foi um revés muito grande. Pusemo-nos a jeito. É uma dor grande sair da taça desta forma. A imagem que ficou aqui não é da minha equipa, mas também nos aconteceu de tudo."

Sem comentários:

Enviar um comentário

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC