RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

sábado, 12 de setembro de 2015

EMPATE COM MUITAS DUVIDAS...

 
6ª JORNADA DA SEGUNDA LIGA 
Estádio do Mar, em Matosinhos. 
Árbitro: Pedro Campos (Porto). 
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Rateira (24), Joseph (27), Cadinha (41), Niang (53), Gonçalo Graça (87) e Nassim (93). 
LEIXÕES 1 V GUIMARÃES B 1 
Ao intervalo: 0-0.Golos: Niang (59), Denis, (73 g p) 

LEIXÕES: Ricardo Moura, Yuanyi Li, Pedro Pinto, Diogo Nunes, João Pedro, Rui André (Ricardo Barros, 80), Rui Cardoso, Cadinha (Bruno Lamas, 70), Gonçalo Graça, Rateira (Alemão, 46) e Niang. Treinador: Manuel Monteiro. 

GUIMARÃES B: Miguel Oliveira, Arrondel, Denis, Pedro Henrique, Dalbert, Helinho, Joseph, Tyler, Xande Silva (João Correia, 65), Bruno Mendes (Areias, 82) e Vieira (Nassim, 68). Treinador: Vítor Campelos. 
 
Empate ingrato e injusto do Leixões (1-1) na 6.ª jornada da Segunda Liga. Num jogo em que só o Leixões quis vencer, o Guimarães B, chegou à igualdade através de um penálti muito duvidoso 

 O Leixões foi sempre uma equipa coesa e solidária ao longo de todo o jogo, como havia pedido Manuel Monteiro, e merecia ter ficado com os três pontos, perante um adversário que se limitou a ter o controlo do jogo durante alguns períodos, sem que isso alguma vez significasse perigo para a baliza leixonense. De resto, Ricardo Moura não fez uma única defesa nos 90 minutos, nem sequer no lance mais perigoso dos minhotos, a terminar a primeira parte, quando Bruno Mendes rematou ao lado. A supremacia Leixonense devia ter sido traduzida com mais golos, de forma a não ficar à mercê de um eventual lapso defensivo, mas tal não aconteceu… 

O senegalês, em jogo de estreia, esteve assim nos lances que ditaram o desfecho do encontro, primeiro abriu o activo aos 59` Niang, fez estalar a alegria nas bancadas, sentimento que, pouco depois, deu lugar a frustração (e muita contestação!) quando o juiz concedeu a referida grande penalidade por pertença falta do senegalês. Até ao final, o Leixões procurou intensamente a vitória, colocando muita gente nos movimentos ofensivos, com Bruno Lamas (89') a encher o pé à entrada da área para desvio para canto de Miguel Oliveira, acabando o empate por imperar. 

 Conferência de Imprensa
 
Manuel Monteiro "Num jogo de sentido único o Leixões foi a única equipa que quis vencer. O nosso guarda-redes não fez uma única defesa ao longo de todo o jogo e nós fizemos tudo para conquistar os três pontos. O Vitória empatou num lance muito duvidoso. Estivemos algo ansiosos na primeira parte, mas fizemos uma segunda parte muito boa. Gostaria de ter vencido, como é óbvio, mas não posso deixar de estar satisfeito com os meus jogadores, porque, a jogar assim, vamos vencer muitas vezes. A finalizar, quero agradecer aos nossos adeptos, porque, uma vez mais, foram fantásticos e ajudaram-nos imenso ao longo de todo o jogo." 

Vítor Campelos "Jogo bem disputado e controlado por nós na maior parte do tempo. Tivemos algumas oportunidades, mas decidimos mal no último terço do campo. Não tenho dúvidas no penálti: o Nassim driblou o jogador do Leixões que depois lhe deu com o joelho na coxa. Gostei de voltar a esta casa, onde já trabalhei."

Sem comentários:

Enviar um comentário

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC