RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

PERAFITA VENCE E CONVENCE! (firme na perseguição)


Jornada 17 da 1ª Divisão de Honra da A.F.Porto
Estádio S. Martinho - Santo Tirso
S. MARTINHO 1-3 FC PERAFITA
Ao intervalo, 1-0, golos Quim (29) Paulinho (61 e 71`) e Tinaia (88`)
 
FC PERAFITA: Artur, Nuno R., Tiago M., Raimundo, B. Magalhães, Viana, Hélder Silva, Tinaia, Paulinho, Lutchindo e Cheta. Suplentes: Mata, Alex, Luís, Pedrinha, Rafa e Nandinho. Treinador António Gaiteiro
 
 
O Perafita, entrou no jogo consciente da sua importância e desde do início mostrou ao que vinha, assumiu o jogo e foi à procura do golo, no entanto, a primeira situação de perigo pertenceu ao S. Martinho, que aproveitou uma desatenção defensiva, e um dos seus avançados a rematou por cima da baliza de Artur. Mas aos 29 minutos os visitados chegam ao golo por intermédio de Quim. Com o Lutchindo e o Paulinho a dar grande profundidade ao jogo atacante dos perafitenses, os visitantes responderam, nomeadamente por Cheta e Tinaia, que com um pouco mais de sorte podiam ter feito golo. Daniel Cheta, que depois de uma excelente jogada apareceu na cara do guarda-redes adversário, mas sofreu um toque do defesa do S. Martinho, que foi o suficiente para Cheta não conseguir a melhor trajetória.
 
 
O intervalo chegou com 1-0 no marcador a favor dos homens de verde e branco.
 
  No segundo tempo, o FC Perafita, continuou a mostrar que vinha às terras dos “jesuítas”, não para saborear o seu doce tradicional, que é ex-líbris da cidade, mas sim para levar para casa os três pontos.E numa jogada de ataque perafitense, eis que no que parecia já perdido o lance, visto que o guardião do S. Martinho parecia ter controlado a bola. Cheta insiste em pressionar e o guardião acaba por fazer “borrada” e largar a bola para os pés de Cheta, este parte em direção à baliza e é puxado pelos pés.O árbitro da partida não teve duvidas e assinalava a grande penalidade. Chamado a converter, Paulinho não perdoa e faz assim o golo do empate perafitense. Mas, o perigo para a baliza do perafita, também ainda não tinha acabado. Numa jogada pela direita do ataque do S. Martinho, o atacante da casa remata com toda a força, mas a bola acabaria nas mãos do “rei” Artur. O guardião do FC Perafita, depois da grande defesa chuta a bola com toda a sua força e acaba nos pés de Cheta que mais uma vez isolado de frente para a baliza, sofre nova falta do guardião de Santo Tirso que acabaria de ser expulso com a mostragem do segundo cartão amarelo e vermelho logo a seguir. Mais uma vez, Paulinho chamado à marcação do penalti e desta vez “enfia” no meio da baliza. Com Pedrinha já em campo e em boa forma, numa jogada de grande nível, coloca nos pés de Paulinho, este com um passe de “morte” coloca nos pés de cheta, que remata com tanta violência que o guardião da casa não consegue segurar e deixa para Tinaia encostar para o golo. Estava feito o 1-3. O S. Martinho passou a jogar um pouco mais próximo da baliza, perafitense na procura de amenizar os estragos, masresultado não se alterou até ao final do jogo.
 
Notas finais para assinalar dois aspetos positivos: o número de adeptos que estiveram presentes para  assistirem ao desafio, e o bom trabalho da equipa de arbitragem liderada por Nelson Pascual.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC