RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

terça-feira, 20 de setembro de 2011

LUSITANOS, VITÓRIA DA ATITUDE E DO QUERER


2ª DIVISÃO AF PORTO

Aguas Santas 2 – Lusitanos 3
Campo do Águas Santas - Maia
Árbitro: Hugo Cardoso
Ao intervalo, 1-1,marcadores: Carlos Manuel(13 e 90+2), Bikenka(26), Ricardo Silva(50gp), Narciso(67)

Águas Santas: Hugo, Paulinho, Vítor China,Júlio, Bruno Filipe (Machado), Narciso, Castro (Flávio), Bikenka, Taborda (Pitucha) Treinador Jorge Mendes.

Lusitanos: Tiago, Sergio Coelho, Guerra, Sérgio Teixeira (Cordeiro),Hugo Tarrelo, Carlos Manuel, Meneses, Carlos Miguel, Ricardo Lopes, Paulo (Nuno Silva) e Ricardo Silva (Costinha).Treinador Marco Aleixo.

A primeira de muitas!
Grande jogo, grande atitude, grande entregue, grande vontade de vencer, foi com estes argumentos que a equipa do Lusitanos levou de vencida esta partida, lutando contra a adversidade do campo, o vento forte que se fazia sentir e a equipa do Águas Santas, que demonstrou ser uma equipa muito complicada a jogar em casa e muito aguerrida na luta pelo melhor resultado.
O jogo começou com as duas equipas a tentarem um tipo de futebol diferente, o Águas Santas com um futebol mais directo e de pontapé para a frente, tentando aproveitar o vento forte que se fazia sentir a seu favor, enquanto o Lusitanos procurava um futebol de bola no chão, de troca de bola entre sectores, o que lhe valeu algumas jogadas de bom recorte. O 1º golo do Lusitanos apareceu na sequência de um canto, no minuto 13, com o Carlos Manuel (o homem do jogo) a aparecer a cabecear dentro da área, dando assim vantagem para a equipa do Lusitanos, vantagem bem merecida, pela forma como o jogo estava a decorrer, vantagem essa que foi desfeita, passado algum tempo, no minuto 26, tendo o Águas Santas, aproveitado em mais uma bola enviada, directa do G.R. do Águas Santas, para a frente e com a ajuda do vento, com muita desatenção e descoordenação entre a defesa e o G.R., apareceu o avançado a cabecear para a baliza deserta.

Na 2ª parte tudo se alterou, já que o Águas Santas não conseguia continuar a fazer o seu jogo mais directo, já que estava contra o vento e assim mais se acentuou o futebol elaborado do Lusitanos, que viria a beneficiar da 1ª grande penalidade logo no inicio, a punir um derrube dentro da área, grande penalidade superiormente convertida por Ricardo Silva, dando assim vantagem à equipa do Lusitanos, vantagem que poderia ser mais dilata passados mais 5 minutos, em outra grande penalidade, a punir mais um derrube dentro da área, desta feita Ricardo Silva ao tentar colocar a bola mais alta, acabou por atirar por cima. O jogo continuou com o mesmo ritmo e com sinal mais do Lusitanos, quando numa jogada de ataque do Águas Santas, acabou por surgir o golo do empate, através da marcação de uma grande penalidade, a castigar um derrube do defesa do Lusitanos. Até ao final assistimos ao ataque constante da equipa do Lusitanos, na procura da vitória, ainda que reduzidos a 10 elementos, já que o Hugo Tarrelo, tinha recebido ordem de expulsão, na sequencia do 2º amarelo levado numa jogada em que aparentemente foi derrubado dentro da área, mas o arbitro entendeu como simulação e foi já no período de descontos 90+2m, que o Lusitanos viria a marcar o golo da vitória, num remate de longe de Carlos Manuel (quem mais poderia ser), beneficiando do vento a favor e repondo assim alguma justiça no resultado final.


JORGE CORDEIRO

Sem comentários:

Enviar um comentário

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC