RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

sábado, 16 de outubro de 2021

LEÇA DO BALIO B PERDE EM SOBRADO

O Leça do Balio B perdeu em Sobrado por 3-0 em jogo da sexta jornada da Série 1 da 2.ª divisão distrital.

O  11 inicial de Carlos Pinheiro foi: Careca, Miguel Pereira, Pate, Miguel Silva, Cassio, Calisto, Ferreira, Diogo Leite, Diogo Rocha, Tiago Silva e Ferraz.

Os balienses sofreram golo aos 3 minutos, sendo que os jogadores, equipa técnica e staff dos balienses protestaram que o lance do golo era proveniente de um fora de jogo. 

Aos 20 sofrem o 2.° golo com uma bola nas costas da defesa baliense. 

Ao intervalo realizam duas alterações, entrando Gustavo para o lugar de Tiago Silva e Chico para o lugar do Diogo Rocha. 

O terceiro do Sobrado surgiu de um canto onde houve muita passividade da equipa baliense. 

Segundo informações recolhidas, aos 20 minutos da 2.ª parte o jogo ficou interrompido por um ato de racismo de um adepto da equipa da casa sobre Pate, sendo que o mesmo foi substituído por Bateira.

A formação baliense foi em busca do resultado sendo que um lance em que a bola entrou da baliza foi anulado e depois o staff, equipa técnica e jogadores balienses reclamam um penálti que não foi interpretado da mesma forma pelo árbitro. 

Entretanto, entrou Lourosa para o lugar do Miguel Silva e Nuno para o lugar do Ferreira.

O Leça do Balio B sétimo classificado com sete pontos, sendo que na próxima jornada defronta o Ventura em casa no próximo sábado às 15:00.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

ISSUF SISSÉ EX-S-19 DO LEÇA REFORÇA BOTAFOGO CABANAS

O avançado da Guiné-Bissau Issuf Sissé ex-sub-19 do Leça reforça o Botafogo Cabanas por uma temporada, tendo rubricado um contrato válido por uma época.

Issuf Sissé já tem sido aposta nos últimos encontros ao serviço do Botafogo Cabanas de Palmela.

Issuf também esteve no Ramaldense e Maia Lidador.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino


BUBACAR EMBALÓ EX-S-23 DO PADROENSE REFORÇA SÃO PAIO

O defesa da Guiné Bissau Bubacar Embaló (ex-sub-23 do Padroense) reforçou o São Paio dos distritais de Braga por uma temporada, revelou o clube na FPF.

Bubacar Embaló foi aposta dos sub-23 do Padroense na época passada.

Embaló já participou em cinco encontros ao serviço do São Paio na presente temporada.


Fonte da Foto: Padroense


Diogo Bernardino

ANTRUEJO E IURI EX-INFESTA REFORÇAM ERMESINDE

Os jovens Igor Antruejo e Iuri Moutinho (ex-Infesta) reforçam o Ermesinde por uma temporada, tendo rubricado um contrato válido por uma época, revelou o emblema na FPF.

Antruejo fica no escalão sénior após duas temporadas no Infesta. Este representou o Alfenense, Castêlo da Maia e Pedras Rubras.

Iuri Moutinho esteve cinco épocas e meia nos escalões de formação do Infesta, sendo que pelo meio esteve uma temporada e meia no Pedrouços.

Iuri fica no escalão junior.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

PEDRO AREOSA EX-INFESTA REFORÇA FOLGOSA

O jogador Pedro Areosa (ex-Infesta) reforça o Folgosa para esta temporada, com um contrato rubricado por uma época, revelou o emblema maiata na FPF.

Pedro Areosa na época 2019/2020 jogava nos juniores do Infesta. 

Areosa esteve no Maia Lidador, Nogueirense, Folgosa e Pedras Rubras.


Fonte da Foto: FPF


Diogo Bernardino

ANDRÉ SILVA E MARCELO SILVA EX-LAVRENSE REFORÇAM VILAR DO PINHEIRO

Os jogadores André Silva e Marcelo Silva ambos ex-Lavrense reforçam o Vilar do Pinheiro por uma temporada, tendo rubricado um contrato válido por uma época, revelou o emblema na FPF.

André Silva esteve três temporadas nos escalões de formação do Lavrense tendo terminado na época 2011/2012. 

Marcelo Silva esteve quarto temporadas nos escalões de formação sendo a última na temporada 2014/2015. Este esteve no Ramaldense, Pasteleira e Padroense.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

EXCLUSIVO: ERICK E PIERRY REFORÇAM S-23 DO CUSTÓIAS

O defesa Erick Mafra e o avançado Pierry Santos (ex-Valecambrense) reforçam os sub-23 do Custóias por uma temporada, tendo rubricado um contrato válido por uma época, soube em exclusivo o Mitchfoot.

Os dois brasileiros foram contratados ao Valecambrense onde jogaram nas últimas duas épocas.

Ambos juntam-se ao plantel orientado por Sérgio Pinto.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

CARLOS REGRESSA E SANTOS RENOVA PELO CUSTÓIAS

O defesa brasileiro Carlos Pereira está de regresso e o jovem médio André Santos renova por mais uma temporada, revelou o emblema matosinhense na FPF.

Carlos Pereira esteve as últimas temporadas no Custóias e está de volta e já tem sido aposta de Mário Rui Ferreira.

André Santos está na sua 10.ª temporada no Custóias e esta é a primeira em que faz parte do plantel sénior. Santos já tem sido aposta de Mário Rui também.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino 

NIVALDO REFORÇA SENHORA DA HORA

O jogador caboverdiano Nivaldo reforça o Senhora da Hora por uma temporada, tendo rubricado um contrato válido para esta época, revelou o clube senhorense na FPF.

Nivaldo já foi a jogo em alguns jogos esta temporada ao serviço do Senhora da Hora.


Fonte da Foto: FPF


Diogo Bernardino

EXCLUSIVO: VÍTOR HUGO REFORÇA VENTURA SC

O médio Vítor Hugo (ex-Cerveira) reforça o Ventura SC por uma temporada, tendo rubricado um contrato válido por uma época, soube em exclusivo o Mitchfoot.

Vítor Hugo faz a sua primeira inscrição sénior na temporada.

Vítor Hugo já foi a jogo na última partida contra o Vilar do Pinheiro.


Fonte da Foto: Ventura SC


Diogo Bernardino

JOÃO ABREU EX-ALDEIA NOVA REFORÇA FOLGOSA DA MAIA

O jogador João Abreu ex-Aldeia Nova reforça o Folgosa da Maia para esta temporada, tendo rubricado um contrato válido para esta época, revelou o emblema maiata na FPF.

João Abreu esteve no Aldeia Nova na época 2017/2018 ao serviço dos juniores.

Além do Aldeia Nova esteve no Folgosa e no Maia Lidador.


Fonte da Foto: FPF


Diogo Bernardino

JEAN LUNZ REFORÇA ALDEIA NOVA

O extremo brasileiro Jean Lunz (ex-Custóias) reforça o Aldeia Nova para esta temporada, com um contrato válido por uma época, revelou o emblema matosinhense.

Jean Lunz na época passada foi aposta em vários encontros do Custóias e nesta mantém-se em Matosinhos mudando-se para o Aldeia Nova.

Jean já representou o Pedroso, Pasteleira, Castro Daire e Infesta.

O avançado já foi a jogo no dérbi matosinhense com o Perafita.


Fonte da Foto: FPF


Diogo Bernardino

EXCLUSIVO: GLEYBSON RENOVA POR MAIS UMA TEMPORADA PELO VENTURA

O avançado brasileiro Gleybson renovou por mais uma temporada pelo Ventura, com um contrato válido para esta época, soube em exclusivo o Mitchfoot.

Gleybson na época passada foi aposta de Pedro Miranda em muitos jogos e vai continuar-lo a ser nesta.

Gleybson já foi a jogo no último encontro com o Vilar do Pinheiro.


Fonte da Foto: Redes sociais do jogador.


Diogo Bernardino

EXCLUSIVO: JOSÉ MORAIS REFORÇA VENTURA SC

O defesa central/trinco José Morais reforça o Ventura SC para esta temporada, com um contrato rubricado por uma época, soube o Mitchfoot em exclusivo.

José Morais representou os juniores do Senhora da Hora na época 2017/18 e nos juvenis do Lusitanos.

José Morais já foi a jogo no último jogo com o Vilar do Pinheiro.


Fonte da Foto: Redes sociais do jogador


Diogo Bernardino

LEIXÕES SEGUE EM FRENTE NA TAÇA APÓS SEGUNDA PARTE DE LUXO

Estádio do Mar

3.ª eliminatória da Taça de Portugal

Árbitro: Bruno Costa (AF Viana do Castelo)

Leixões 5-1 Lank Vilaverdense


Ao intervalo: 1-0

Marcadores: Yuri (42), Kiki (51), Jefferson Encada (63), José Pedro (65), Thalis (74) e Luan (76)

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Gabi (53), Ruizinho (71), Jefferson Encada (89) e Thalis (90)


Leixões SC: Stefanovic; João Amorim; Gustavo França; Léo Bolgado; Moustapha Seck (Luisinho, 78); Christophe (Thalis, 55); Ben Hassan; Diogo Leitão (George, 70); Kiki; Sapara (Jefferson Encada, 55) e Yuri (Luan, 70)

Treinador: José Mota


Lank Vilaverdense: Pedro Freitas; Nandinho; Zé Pedro Cepeda; Laércio; Gaby (Edmilson, 75); Armando (Miguel Baptista, 59); Ruizinho (Tomás Gama, 89); Diogo Silva (Bruno Silva, 59); José Pedro; Gonçalo Teixeira e André Soares (André Tavares, 89)

Treinador: Ricardo Silva


O Leixões segue em frente na Taça de Portugal com uma mão-cheia de golos em que o Vilaverdense encarou o desafio, olhos nos olhos e os matosinhenses com uma segunda parte de luxo, continuam na prova rainha do futebol nacional.

José Mota fez algumas alterações em relação ao jogo com o Feirense com as entradas de Stefanovic, França, Diogo Leitão, Kiki e Yuri. 

O Lank Vilaverdense tentava explorar com as suas ganas e com qualidade uma boa reação ao estilo de jogo do Leixões. O Vilaverdense nos primeiros 15 minutos nunca foi inferior ao Leixões, a encarar olhos nos olhos o adversário e a mostrar o porquê de estar com um belo início no Campeonato de Portugal.

Aos 11 minutos gorou-se a primeira grande oportunidade de perigo com Diogo Leitão com um belo passe a desmarcar Yuri que venceu no frente a frente com o defesa, mas Pedro Freitas a sair das redes e a não ter medo a ir com tudo para agarrar a bola.

O Vilaverdense portava-se muito bem no encontro, criando algumas dificuldades, sendo que o Leixões estava lento no desenvolvimento das suas jogadas e não conseguia criar muitos lances ofensivos. 

Os 'bebés do mar' tinham que puxar pelos galões para conseguir os objetivos que pretendiam e ter mais controlo com bola.

José Mota deu indicações para que a equipa suba as linhas, pressione mais o portador da bola, seja mais rápido nos processos ofensivos e consiga criar mais ataques à baliza de Pedro Freitas.

O Leixões não estava consistente em campo, 'meio adormecido', algo lento, algo previsível, não conseguindo ligar ataques ou efetuar cócegas na área do Vilaverdense. 

Kiki aos 33 teve uma bela oportunidade nos pés, onde fez o mais difícil que era ganhar espaço para rematar, tinha Sapara no coração da área para passar a bola, mas preferiu tentar a sua sorte, com Pedro Freitas a realizar uma boa defesa. 

Ocasionalmente o Vilaverdense pelos corredores laterais, tenta criar bons lances ofensivos, não desmontando em termos defensivos, com as linhas juntas, não permitindo ao Leixões conseguir com fluidez ao último terço. 

O Leixões começou a dar mais velocidade nos seus ataques ofensivos e aos 41 Pedro Freitas negaria o primeiro golo após uma bela triangulação criada pelos leixonenses com finalização de Sapara e no lance seguinte os matosinhenses inaugurariam o marcador.

Num pontapé de canto, Diogo Leitão coloca a bola com régua e esquadro ao primeiro poste para Yuri de cabeça colocar a bola no fundo das redes. Primeiro golo do brasileiro com a camisola do Leixões esta temporada.

O golo permitiu que o jogo fluísse com mais qualidade e as duas equipas começaram a melhorar os seus processos de jogo, numa primeira parte que foi na sua maioria monótona com raros lances de perigo.

No reatar da partida, o Leixões não podia pedir melhor início, aos 51 numa jogada de insistência os 'bebés do mar' chegariam ao segundo. 

Kiki numa bela jogada perde a bola no coração da área, mas Diogo Leitão recupera, remata à trave e na recarga o extremo aumenta a vantagem leixonense.

Thalis tentou a sua sorte aos 62 minutos, mas logo a seguir Miguel Batista teve tudo para reduzir, falhando um golo cantado, com a baliza escancarada. Na resposta a formação de José Mota chegaria ao terceiro.

Num contra-ataque rápido, pelos corredores laterais, Kiki com bom controlo de bola coloca-a redondinha para os pés de Jefferson Encada que só tem de a colocar no fundo das redes.

O Vilaverdense não se dava por vencido e conseguiria reduzir aos 66 minutos com José Pedro num lance de transição ao segundo poste a cabecear em ângulo difícil para o fundo das redes. A formação bracarense continuava a acreditar e aos 68 Stefanovic teve de se aplicar a um remate de Teixeira.

Thalis entrou com tudo na partida e aos 74 com um livre sublime bate com qualidade Pedro Freitas. 

Logo a seguir Luan aos 76 no sítio certo, à hora certa após cruzamento de Seck coloca o resultado com contornos de goleada.

Até final o Leixões geriu o encontro para consumar a qualificação para a quarta eliminatória da Taça.

O Leixões segue em frente na próxima eliminatória, sendo que regressa ao campeonato na próxima sexta-feira às 18:00 vai ao terreno do Vilafranquense.


Fonte da Foto: Leixões SAD


Diogo Bernardino

segunda-feira, 11 de outubro de 2021

LEIXÕES REGRESSA AOS TRIUNFOS COM EXIBIÇÃO DE GALA

Estádio do Mar

8.ª Jornada II Liga

Árbitro: Edgar Silva (AF Porto)

Leixoes 2-0 Feirense


Ao intervalo: 0-0

Marcadores: Sapara, (55) e Kiki (68).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Bruno (7), Arthur (19), Calasan (29), Sidney Lima (41) e Wendel (90+1).


Leixões: Beunardeau, Calasan, Leo Bolgado, Nduwarugira, João Amorim, Ben Hassan, Morim (Mory Bamba, 89), Sapara (Diogo Leitão, 89), Seck (Gustavo França, 77), João Oliveira (Kiki, 25) e Wendel.

Treinador: José Mota


Feirense: Arthur, Sidney Lima, Ícaro Silva (Tiago Dias, 79), Bruno, Diga (João Oliveira, 53), Samuel Teles (Oche, 65), Fábio Espinho (Jorge Teixeira, 65), Latyr, Zé Ricardo (Ogwuche, 79), Washington e Vargas.

Treinador: Rui Ferreira


O Leixões regressou aos triunfos com uma exibição de gala, dando uma sapatada nos maus resultados, realizando a melhor prestação até ao momento na temporada.

José Mota fez várias alterações em relação ao último encontro com as entradas de Calasan, João Amorim, Morim, Seck e João Oliveira.

Os 'bebés do mar' com um sistema de três centrais dominaram a maior parte do encontro onde o flanco esquerdo por Seck e Sapara esteve a um alto nível.

Os matosinhenses queixaram-se logo aos seis minutos, com o árbitro a assinalar uma falta colada à grande área do Feirense, em zona lateral, protestando os adeptos, staff, jogadores e equipa técnica do Leixões que pediam grande penalidade. Após a recolha de várias informações durante a partida a falta era mesmo dentro da grande área, ficando um penálti por assinalar.

O Leixões estava por cima no jogo conseguindo chegar ao último terço com frequência através de cruzamentos. 

O caldo ficou entornado aos 19 minutos quando Arthur saiu da grande área para intercetar um passe longo, saltou e embateu em João Oliveira, derrubando-o. Os adeptos voltam a protestar muito, queriam vermelho, mas o árbitro deu apenas amarelo.

João Oliveira sofreu um traumatismo da face, contraído no jogo, de que resultou uma fratura. O jogador foi transportado ao Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, onde se encontra estável e sob observação.

O Leixões ameaçava o golo e aos 23 Christophe esteve perto de inaugurar o marcador. O Feirense acabou por conseguir crescer no jogo e aproximar-se com perigo da baliza de Beunardeau aos 28 minutos por Zé Ricardo com a bola a desviar num adversário e passa pertíssimo da baliza de Beunardeau e aos 31 Kevin Vargas atira para o fundo da baliza de Beunardeau, mas o lance é de imediato anulado por posição irregular.

Sapara e Zé Ricardo tiveram bons lances de perigo até ao final da primeira parte, mas o nulo mantia-se.

O Campeão do Mundo de futsal, por Portugal, o matosinhense Tiago Brito foi, ontem, homenageado pelo Leixões.

Nildo Petrolina colocou um ponto final na carreira de futebolista. Uma grave lesão antecipou o adeus aos relvados.

O Feirense conseguiu iniciar a segunda parte com qualidade com dois lances que causaram algum frísson à baliza de Beunardeau, mas aos 49 Sapara inspirado e endiabrado remata ao poste com uma bomba, teria sido um golo espetacular. 

O extremo nigeriano do Leixões ia acabar por coroar a sua exibição aos 55 minutos com um excelente golo, sendo que foi por ali fora na ala esquerda, fugindo a adversários, rematou de ângulo apertado e atirou para o fundo das redes.

Aos 61 o Leixões volta a aproximar-se da baliza adversária, não aparece por pouco o desvio de Wendel e aos 62 Arthur com uma intervenção extraordinária a um livre de Sapara impedia o segundo golo que apareceria num momento caricato do guardião dos fogaceiros.

Aos 68 o guarda-redes Arthur Augusto fez uma fífia, Kiki roubou-lhe a bola, foi por ali fora na direção da baliza aberta e só teve de colocar a bola no fundo da baliza. 

Na reta final o Feirense abdicou de um dos centrais para poder chegar com mais perigo ao ataque com a introdução de novos elementos ofensivos, mas sem sucesso, pois a formação leixonense conseguia gerir o resultado.

O Leixões 10.º classificado com 11 pontos regressa à Taça de Portugal para receber o Lank Vilaverdense no próximo sábado às 15:00.


Fonte da Foto: Duarte Rodrigues


Diogo Bernardino

LAVRENSE E CUSTÓIAS EMPATAM EM DÉRBI BEM DISPUTADO

Complexo Municipal de Lavra

5.ª Jornada Série 1 Divisão de Honra

Árbitro: Joana Oliveira

Lavrense 1-1 Custóias


Ao intervalo: 1-0

Marcadores: Mesquita (23) e André Lucas (75)

Ação disciplinar: Cartão vermelho para Luís Mika (60) e Jeovany (75)


Lavrense: Bruno Monteiro, Gonçalo Vieira, Rodrigo Coelho, Salvador (Ruizinho, 62); João Baptista (Kiko, 78); Barreira; Guilherme (Malú, 78); Mesquita; Trivelas; Zé Paulo (Azevedo, 62) e Luís Mika

Treinador: Hugo Reis


Custóias: Humberto; Santa Cruz; Zé D'Angola; Ricardo Moreira; Carlos; Santos (David, 64); Jeovany; Patrick; Gabi (Meneses, 64); Fábio Loureiro e André Lucas (Alan, 79)

Treinador: Mário Rui


Um jogo sem grandes oportunidades de golo, mas, um dérbi matosinhense equilibrado, com belos momentos de futebol de parte a parte.

Hugo Reis fez uma alteração em relação ao último jogo com a entrada de Baptista no lugar de Azevedo.

Mário Rui fez apenas uma alteração com a entrada de Santos no lugar de Ivo Passos.

Numa primeira parte em que o Custóias teve a primeira grande oportunidade de golo, que acaba por não ser concretizada pelo Gabi, após excelente intervenção do Guarda-redes do Lavrense. 

O Lavrense nesta primeira parte com mais alguma bola, acaba por chegar ao golo através da marcação de um canto direto.

Mesquita, depois de no início da partida perder uma grande ocasião na cara do guarda-redes para realizar o 1.º golo aos 23.

Na segunda parte, após reduzidos a 10 jogadores o Lavrense por Mika aos 60 e o Custóias por Jeovany aos 74 o Custóias subiu de qualidade no jogo, mais agressivo e intenso com bola.

O Custóias acaba por chegar ao empate através de um remate potente de Huguinho, que o Guarda-redes defendeu para a frente e Lucas na recarga cabeceia para o fundo das redes aos 75. Já a terminar a partida, excelente cruzamento de Alan para Moreira que cabeceia ao lado.

O Lavrense primeiro classificado com 13 pontos vai ao terreno do Inter Milheirós e o Custóias 10.º classificado com seis pontos recebe o Leça do Balio em dérbi matosinhense. Ambos os jogos acontecem domingo às 15:00.


Fonte das Fotos: Lavrense e Custóias 

ALDEIA NOVA TRIUNFA NO DÉRBI MATOSINHENSE

Complexo Desportivo Aldeia Nova

4.ª Jornada Série 1 1.ª divisão

Árbitro: Alexandre Machado

Aldeia Nova 3-0 Perafita 


Ao intervalo: 1-0

Marcadores: Peneda (27); Tiago Carvalho (65) e Adão Careca (70)


Aldeia Nova: Nandinho, Rui Sousa, Pedro Cardigos, Ricardo Dias (André Batista, 10), Fábio Castro, Ricardo Carvalho (Mazola, 65), Miguel Magalhães, Nélson (Kell, 46), Rui Peneda (Jean, 65), Tiago Carvalho e Adão Careca (Pedro Rodrigues, 75)

Treinador: Hélder Dores


Perafita: Diogo Medeiros; Alexandre Silva; Francisco Guerra, José Adriano, Pedro Silva (Pinto, 38), Diogo Oliveira, Lourenço Vilas, Gonçalo Santos (Diogo Brandão, 65), Rúben Sousa, David Torres (Alysson, 72) e João Silva

Treinador: Sandro Mendes


O Aldeia Nova triunfou no dérbi matosinhense ao vencer o Perafita por 3-0, num jogo em que se defrontaram em ritmo médio. 

Hélder fez três alterações com as entradas de Pedro Cardigos, Nélson e Rui Peneda.

Sandro Mendes fez seis alterações em relação ao último encontro para o campeonato.

O Aldeia Nova teve três oportunidades, sendo que duas delas foram bem paradas pelo guarda-redes do Perafita e o golo marcado por Peneda aos 27 minutos. 

Dias aos 10 minutos teve que sair por lesão muscular.

O intervalo fez bem e as duas equipas começaram a ter mais oportunidades e logo na bola ao centro Tiago Carvalho tenta fazer golo e boa defesa do guarda-redes do perafita. 

O ritmo foi descendo sendo que o Aldeia foi mais eficaz sendo que chega ao segundo golo por Tiago Carvalho aos 65.

O Perafita através de contra-ataques tentava chegar ao golo. 

O terceiro golo do Aldeia nasce de uma grande jogada terminado por Careca aos 70.

Depois do 3-0 o ritmo foi quase nulo limitando a gerir o resultado.

O Aldeia Nova quatro classificado com oito pontos recebe o Torrão no próximo domingo às 15:00 e o Perafita 15.º classificado com três recebe o Vandoma no mesmo dia e hora.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino 

SENHORA DA HORA VOLTA A PERDER AO CAIR DO PANO

Complexo Desportivo do Senhora da Hora

4.ª Jornada Série 1 1.ª divisão

Árbitro: Rui Moreira

Senhora da Hora 1-2 Ramaldense 


Ao intervalo: 1-0

Marcadores: Nivaldo (29); Soares (55) e Branco (90+17)

Ação disciplinar: Cartão vermelho para Nivaldo (62)


Senhora da Hora: Matheus Bova, Bruninho (China, 105), Duarte, Brendo Marins, Yuri (Leandro, 68); Guilherme; Pedro Marlon; Renato; Nivaldo; Pedro Branco (Isaías, 61) e Dioguinho (Guedes, 38)

Treinador: Leandro


Ramaldense: Talison; Pipi; Melo; Brito (Brás, 90); Branco; Zé Gui; Julio (Padrão, 68); Paulinho; Soares (Rúben, 90); Paulo Ferreira e Tomás (Araújo, 68)

Treinador: Nuno Pinheiro


O Senhora da Hora voltou a perder ao cair do pano desta vez com o Ramaldense em casa que cresceu no jogo na segunda parte, depois de uma primeira parte repartida.

A formação orientada por Leandro fez duas alterações com entradas de Pedro Branco e Dioguinho.

Na primeira parte o destaque vai para o golo aos 28 minutos por Nivaldo com um golaço pela técnica e pela qualidade através dos vários slaloms para materializar em golo.

Na segunda parte depois de várias ocasiões chegar ao golo o Ramaldense conseguiu o empate aos 55 por Soares.

O jogo esteve parado durante 20 minutos devido à lesão de um jogador do Ramaldense.

O Ramaldense ganharia supremacia no meio-campo após a expulsão de Nivaldo a meio-campo num lance em que houve muita confusão.

A equipa de Nuno Pinheiro chegará ao segundo golo após um alívio do central que fez Ricochete e Branco apanha a bola e realiza chapéu ao guardião do Senhora da Hora.

O Senhora da Hora, 13.º classificado com três pontos no próximo domingo às 15:00 vai ao terreno do Sobreirense.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

LUSITANOS TRIUNFA EM JOGO DE MUITO QUERER E VONTADE

Parque de Jogos do Lusitanos Santa Cruz

4.ª Jornada Série 1 1.ª divisão

Árbitro: Diogo Araújo

Lusitanos 2-1 Baltar 


Ao intervalo: 0-0

Marcadores: Martim (58), Zé Miguel (67) e Samory Semedo (88)


Lusitanos: João Trindade, Diogo Duarte, Paulo Marinho, Pedro Pinto, Mané, Gonçalo Azevedo (Telmo, 46), Ivo, Rúben Queirós (Huguinho, 76), Paulo Sousa (Dani, 46), Martim e Zé Miguel (Casaca, 76)

Treinador: Albino Guerra


Baltar: Diogo Ribeiro, Eduardo Pereira, Francisco (Ricardo Carvalho, 75), Hélder Soares, João Moreira (Rúben Sousa, 75), José Silva, Miguel Carvalho (João Gomes, 82), Ricardo Santos, Samory Semedo, Tiago Moreira e Vítor Rocha (Nuno Carvalho, 82)

Treinador: Joel Oliveira


O Lusitanos triunfou num jogo de muito querer e vontade para conquistar os três pontos, perante um adversário a ter em conta até ao final do campeonato. 

Albino Guerra fez apenas uma alteração com a entrada de Martim no lugar de Huguinho.

O Baltar que apesar de desfalcado de peças fundamentais na equipa apresentou-se em campo pronto a dificultar a vida ao Lusitanos, numa primeira parte repartida. 

Logo após o reatamento Martim fez o primeiro golo do jogo aos 50 minutos embalando a equipa para uma exibição de querer e chegar. Aos 67 Zé Miguel chega ao segundo. 

Não seria de esperar outra coisa senão uma reação do Baltar ao resultado negativo e aos 88 a reduzir o placard.

O Lusitanos terceiro classificado com oito pontos vai ao terreno do São Félix da Marinha no próximo domingo às 15:00.


Fonte da Foto: Lusitanos


Diogo Bernardino


LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO



LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA


FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS


PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS


CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA


FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS


D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC